Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/999
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Especialização
Title: Diagnóstico preliminar do abastecimento de água no núcleo Nova Marabá na cidade de Marabá/PA: uma contribuição à gestão dos recursos hídricos
metadata.dc.creator: SILVA, Valfredo Gomes da
metadata.dc.contributor.advisor1: SANTOS, Raimundo Nonato do Espírito Santo dos
Issue Date: Feb-2010
Citation: SILVA, Valfredo Gomes da. Diagnóstico preliminar do abastecimento de água no núcleo Nova Marabá na cidade de Marabá/PA: uma contribuição à gestão dos recursos hídricos. Orientador: Raimundo Nonato do Espírito Santo dos Santos. 2010. 25 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Gestão Hídrica e Ambiental) – Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2010. Disponível em: http://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/999. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Este estudo, de caráter científico pela sua metodologia, teve como objetivos centrais apresentar um diagnóstico do abastecimento de água do núcleo Nova Marabá, como subsídio para o programa de gestão dos recursos hídricos desta da cidade de Marabá. Metodologicamente, seguiu-se a técnica da pesquisa bibliográfica com a inclusão da caracterização do meio físico, através do clima, hidrografia, vegetação, geologia, hidrogeologia e solo; da visita ao escritório e ao sistema de captação de água e tratamento da COSANPA, onde se obteve importantes informações e se constatou no local, o grau de deterioração do sistema; e do inventário de poços perfurados na área. A caracterização hidrogeológica foi feita através do cadastro de poços construídos por empresas em Marabá e região, as quais nos forneceram dados que nos possibilitaram a conhecer os sistemas aqüíferos da área em questão. Foram identificados três sistemas hidrogeológicos: o aqüífero constituído pelas rochas metamórficas da Formação Couto Magalhães, o Itapecuru, considerado o principal aqüífero portador de água subterrânea por ser constituído por rochas porosas e o aqüífero aluvionar, formado por areias, argila e cascalho. Verificou-se através dos dados coletados através dos perfis dos poços, que a geologia do bairro Nova Marabá é caracterizada por rochas da Formação Couto Magalhães e que a vazão desses poços diminui conforme o aumento da profundidade. Foram cadastrados 67 poços rasos e tubulares profundos, sendo que os poços profundos incidem no cristalino de rochas metamórficas com vazões pequenas e variáveis. Constatada a falta de água nas residências, a população busca alternativas para suprir essa deficiência. Elege o SAI, como Solução Alternativa Individual e o SAC, como Solução Alternativa Coletiva. O primeiro refere-se à construção de poços nas residências e o segundo são poços construídos normalmente em escolas e postos de saúde, onde a população, principalmente de baixa renda faz uso dessa água. Mesmo sabendo das diversas vantagens das águas subterrâneas sobre as águas superficiais em termos de abastecimento público, constata-se que no bairro Nova Marabá, em razão de suas características hidrogeológicas, o abastecimento de água a população terá de ser através de captação de água superficial.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS
Keywords: Abastecimento de água
Diagnóstico
Gestão de recursos hídricos
Marabá - PA
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source.uri: http://www.biblioteca.ig.ufpa.br/index.php/ghai/51-gha19
Appears in Collections:Especialização em Gestão Hídrica e Ambiental (GHA) - IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCCE_DiagnosticoPreliminarAbastecimento.pdf5,37 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons