Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/982
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Estrutura populacional de Petrolisthes armatus (Decapoda: Porcellanidae) em recifes de Sabellariidae no litoral Amazônico
metadata.dc.creator: CARDOSO, Edma Mayara Pereira
metadata.dc.contributor.advisor1: PETRACCO, Marcelo
metadata.dc.contributor.advisor-co1: SILVA, Daiane Evangelista Aviz da
Issue Date: 3-Oct-2016
Citation: CARDOSO, Edma Mayara Pereira. Estrutura populacional de Petrolisthes armatus (Decapoda: Porcellanidae) em recifes de Sabellariidae no litoral Amazônico. Orientador: Marcelo Petracco. 2016. 42 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Oceanografia) - Faculdade de Oceanografia, Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2018. Disponível em: http://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/982. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Aspectos reprodutivos e a estrutura populacional do anomuro Petrolisthes armatus foram estudados em recifes de Sabellaria wilsoni (Polychaeta: Sabellariidae) em uma praia arenosa da Ilha de Algodoal-Maiandeua, nordeste do Pará. Ao longo de um ano (maio de 2008 a abril de 2009), coletas mensais foram realizadas em uma mancha de recife (900 m2). Em cada mês, 16 fragmentos foram retirados com um amostrador cilíndrico (10 cm de diâmetro e 30 cm de altura) e cada amostra teve seu volume mensurado através de deslocamento em proveta. Os indivíduos foram identificados sexualmente e medidos (largura da carapaça). Para as fêmeas ovígeras, os ovos foram contados e classificados quanto ao desenvolvimento embrionário. Foram analisados 3.536 indivíduos, no qual 1.039 foram machos, 310 fêmeas, 916 fêmeas ovígeras e 1.271 juvenis. Para P. armatus foi encontrada razão sexual 1,2:1 machos para fêmeas, com desvio significativo, fato que pode estar relacionado com fatores comportamentais e de migração diferencial entre sexos. Em média machos foram maiores que as fêmeas, encontrados em maior proporção em classes de maior (maduros) e menor (imaturos) tamanho. Fêmeas foram mais frequentes em classes de tamanho intermediário, considerado de organismos adultos (>LC menor fêmea ovígera). Quando comparado com outros habitats intertidais rochosos, recifes apresentaram maior densidade de organismos e proporção de juvenis. A densidade da espécie foi maior em recifes erodidos encontrados no período seco, época de maior temperatura e salinidade. A fecundidade encontrada esteve abaixo da registrada em ambientes subtropicais e temperados, variando de 8 a 449 ovos, com maior ocorrência de fêmeas ovígeras de 5-6 mm de LC. P. armatus apresentou reprodução contínua,com picos de reprodução no período seco, em virtude de maior temperatura e salinidade da água, e início do chuvoso, devido a disponibilidade de larvas e espaço para colonização nos recifes, já que no período seco os fragmentos rochosos estão expostos, tornando o ambiente favorável à espécie. Os resultados mostram que os recifes são importantes habitats para P. armatus, utilizados durante suas várias fases do ciclo de vida, como áreas de assentamento, crescimento e reprodução.
Abstract: The populational structure and reproductive features of the anomuran Petrolisthes armatus were studied on a Sabellaria wilsoni (Polychaeta: Sabellariidae) reef at a sandy beach in Algodoal-Maiandeua Island, northeast of Pará. During a year (May 2008 to April 2009) monthly samplings were carried out on a reef zone (900 m²). On each month, 16 fragments were removed with a cylindrical sampler (10 cm diameter and 30 cm height). Samples had their volumes measured and then packed in plastic bags, labeled and fixed with saline formalin 5%. In laboratory, the reef fragments were separated on a sieve (0.3 mm of mesh size) and the organisms counted and separated. Individuals were sexed and measured (carapace width, CW). For ovigerous females, the eggs were counted and classified according to the embryonic development. A total of 3.536 individuals were analyzed: 1.039 males, 310 non-ovigerous females, 916 ovigerous females and 1.271 juveniles. The sex-ratio was 1,2:1 (males:females), with significant deviation, which may be related with behavioral aspects and differential migration between sexes. Most males were larger than females and were more abundant in the larger (mature) and smaller (immature) size classes. Females were more frequent in intermediate size classes, at which they are considered mature organisms (> CW smallest ovigerous female). When compared to other rocky intertidal habitats, reefs have higher density of organisms and proportion of juveniles. Density was higher in eroded reefs, which were found in the dry season, periods of high temperature and salinity. The estimated fecundity was inferior to that recorded in subtropical and temperate environments, ranging from 8 to 449 eggs, with higher occurrence of ovigerous females in the size class (CW) 5-6 mm. P. armatus presented continuous reproduction with reproduction peaks in the dry period, because of higher temperature and salinity of the water, and the beginning of rainy period, due to the availability of larvae and space for reef’s colonization. The results show that reef environments are important habitats for P. armatus, used during different stages of its life cycle as settlement areas, and for growth and reproduction.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::OCEANOGRAFIA
Keywords: Caranguejo
Zoologia
Poliqueta
Ilha de Algodoal - PA
Pará - Estado
Amazônia Brasileira
Maiandeua - PA
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Faculdade de Oceanografia - FAOC/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_EstruturaPopulacionalPetrolisthes.pdf1,82 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.