Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/901
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Modelagem e imageamento sísmico da Bacia do Jequitinhonha
metadata.dc.creator: SOUZA, Igor de Jesus Sousa
metadata.dc.contributor.advisor1: LEITE, Lourenildo Williame Barbosa
Issue Date: 28-Mar-2017
Citation: SOUZA, Igor de Jesus Sousa. Modelagem e imageamento sísmico da Bacia do Jequitinhonha. Orientador: Lourenildo Williame Barbosa.2017. 78 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Geofísica) - Faculdade de Geofísica, Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2017. Disponível em: <http://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/901>. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: O presente trabalho teve por objetivo, a modelagem, o processamento e o imageamento sísmico da Bacia sedimentar do Jequitinhonha. Neste sentido, destacamos a necessidade do entendimento físico, matemático e computacional dos métodos e processos envolvidos. O método de modelagem foi baseado na teoria do raio, que está diretamente relacionado ao métodos de processamento (NMO e CRS). Os métodos de processamentos foram o NMO e o CRS com a finalidade de localizar interfaces especulares e zonas de difração, onde se credenciou o que apresentou melhor definição visual; sendo assim, o CRS delineou melhor os refletores nas seções CRS-empilhada e CRS-migrada. Um estudo inicial foi a representação da velocidade no domínio sísmico, 𝑣(𝑡), e no domínio geológico 𝑣(x). A distribuição de velocidades das ondas P, 𝑣𝑃 , (podendo-se acrescentar a informação tão desejada das ondas S, 𝑣𝑆), é fundamental para as fases do processamento e migração que busca uma imagem do subsolo disponível à interpretação geológica. Como detalhe de uma modelagem futura a destacar é a de estruturas objetivas 3D visando a modelagem numérica de bacia sedimentar que, além da informação de velocidades P e S, é fundamental o conhecimento da distribuição de densidade na subsuperfície, e com este conhecimento, ou atribuição adicional através de modelos empíricos, se pode ir além dos processos de migração e realizar a predição de tensão, deformação e a variação de pressão na subsuperfície. Esta variação de pressão define zonas de baixa e alta pressão que se comporta como bombeamento natural para o acúmulo de fluidos (óleo, gás e água). Também, além desse processo de bombeamento natural, se faz necessário as condições geológicas necessárias à geração, regime térmico e trapeamento de óleo e gás.
Abstract: The present work had aimed at an evaluation of the seismic modeling, processing and imaging of a line of the marine part of the Jequitinhonha Basin. In this sense, we emphasize the need for the physical, mathematical and computational understanding of the methods and processes involved. The modeling method was based on ray theory, which is directly related to the modeling and processing methods (NMO and CRS). The processing methods were the NMO and CRS in order to locate specular interfaces and diffraction zones, where the method with the best visual definition was accredited; thus, the CRS delineated better the reflectors in the CRS-stacked and CRS-migrated sections. An initial part of this study was the velocity model representation in the seismic domain, 𝑣(𝑡), and in the geological domain 𝑣(x). The distribution of velocities of the waves P, 𝑣𝑃 , (where can be added the so desired information of the S waves, 𝑣𝑆), is fundamental for the parts of the seismic processing and migration that looks for a geological interpretation. As a detail of a future modeling to be highlighted is of 3D structures Jequitinhonha Basin, aiming at numerical modeling of the basin, where is necessary the knowledge of the P and S velocities, and the density distribution in the subsurface. Usually this additional and detail knowledges are constructed by empirical models, that results in the possibility of going beyond the migration processes and realize the pressure prediction, deformation and stress distribution in the subsurface. The pressure variation defines zones of low and high pressure that behaves like natural pumping for the accumulation of fluids (oil, gas and water). In addition to the natural pumping process, it is required geological conditions such as oil and gas generation, thermal regime, and confined trapping.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOFISICA
Keywords: Bacias sedimentares
Tomografia sísmica
Prospecção - Métodos geofísicos
Jequitinhonha - MG
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Faculdade de Geofísica - FAGEOF/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_ModelagemImageamentoSismico.pdf9,5 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.