Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/857
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Terrenos e acrescidos de marinha: um estudo de caso do arqueoalagado do Piri, Belém-PA
metadata.dc.creator: SILVA, Jordana Maciel da
metadata.dc.contributor.advisor1: MONTEIRO, Sury de Moura
metadata.dc.contributor.advisor-co1: CELESTINO, Edmir Amanajás
Issue Date: 6-Feb-2018
Citation: SILVA, Jordana Maciel da. Terrenos e acrescidos de marinha: um estudo de caso do arqueoalagado do Piri, Belém-PA. Orientadora: Sury de Moura Monteiro. Coorientador: Edmir Amajás Celestino. 2018. 57 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Oceanografia) - Faculdade de Oceanografia, Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2018. Disponível em: http://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/857. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: O arqueoalagado do Piri, Belém-Pa, inserido na região considerada pela Secretaria de Patrimônio da União como área de terreno de marinha, tem sua “posse” questionada pela Prefeitura Municipal de Belém. Entraves jurídicos alavancam uma série de questionamentos, pois os critérios para a determinação da cota topográfica básica dos terrenos não contemplaram áreas que possuem aterros. A indecisão jurídica quanto a “posse” causa prejuízos aos moradores dessa região situada na orla marítima e área de “baixada” na 1ª Légua Patrimonial da cidade. Assim, este trabalho investigou os critérios de definição de terrenos e acrescidos de marinhas utilizados pela União na regularização dos lotes urbanos sobre o Arqueoalagado do Piri, Belém-PA. Para isso foi efetuado levantamento cartográfico da área, aplicação de questionários e leitura de referências acerca do tema. Inseguranças técnicas e jurídicas são percebidas em diversos procedimentos adotados na determinação e manutenção de tais terrenos sob a tutela da União. Incertezas também permeiam a população a cerca de quais tributos (IPTU e/ou taxa de ocupação) e para quem (Município e/ou União) devem pagar os impostos. É dever do Município e da União mobilizar ações educativas sobre o tema, apontando quais as implicações no cotidiano dos residentes na área, para que se possa concentrar esforços em uma melhor gestão do espaço.
Abstract: The flooded tonnage of Piri, Belém- Pa, inserted in the region considered by the Secretaria de Patrimônio da União as a sea area, has it “possession” questioned by the Prefeitura Municipal de Belém. Legal barriers leverage a series of questions, since the criteria to determine the basic topographic quota of the lands do not contemplate areas that have landfills. The legal indecision regarding “possession” causes damage to the residents of this region located on the seafront and “lowland” area in the 1stLégua Patrimonial of the city. Thus, this work investigated the criteria for defining land and marine resources used by the União in the regularization of urban plots on the Piri flooded tonnage, Belém-PA. For this, cartography of the area was carried out, application of questionings and reading of references about the theme. Technical and legal insecurities are perceived in various procedures adopted in the determination and maintenance of such land under the União protection. Uncertainties also permeate the population about wich taxes (IPTU and/or occupancy rate) and for whom (Município and/or União) must pay the taxes. It is the duty of the Município and the União to mobilize educational actions on the subject, pointing out the implications for the daily lives of residents in the area, so that efforts can be focused on better management of the space.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::OCEANOGRAFIA
Keywords: Gerenciamento costeiro
Terrenos de marinha
Arqueoalagado do Piri
Belém - PA
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Faculdade de Oceanografia - FAOC/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_TerrenosAcrescidosMarinha.pdf1,9 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.