Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/843
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Análise morfológica e cefalométrica de pacientes diagnosticados com síndrome da apneia obstrutiva do sono
metadata.dc.creator: PEREIRA, Amanda Letícia Pinto
metadata.dc.contributor.advisor1: BRANDÃO, Gustavo Antônio Martins
Issue Date: 21-Aug-2018
Citation: PEREIRA, Amanda Letícia Pinto. Análise morfológica e cefalométrica de pacientes diagnosticados com síndrome da apneia obstrutiva do sono. 2018. 20 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Faculdade de Odontologia, Instituto de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Pará, Belém, 2018. Disponível em: <http://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/843>. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Objetivo: Esse estudo trata-se de uma avaliação do padrão de crescimento crânio facial, espaço aéreo faríngeo e posição do osso hioide em pacientes diagnosticados com Síndrome da Apneia Obstrutiva do Sono (SAOS), correlacionando esses fatores com as variáveis idade, gênero e índice de massa corporal (IMC), objetivando traçar um padrão morfológico que seja preditor para a síndrome. Métodos: Foi utilizado o prontuário de 26 pacientes diagnosticados com SAOS. Os dados cefalométricos analisados orresponderam ao padrão de crescimento facial anteroposterior, espaço aéreo faríngeo superior e inferior e posição anteroposterior e vertical do osso hioide. Além dos dados cefalométricos, foi coletado também o gênero, idade, IMC, formato do palato duro e padrão facial. Resultados: 50% da amostra foi composta por homens e 50% por mulheres, onde a média de idade e IMC foi de 50,5 e 27,8 respectivamente. A maioria dos pacientes teve o perfil e o biotipo facial classificados em reto e mesocefálico, o que caracteriza um perfil harmônico. Todavia, segundo a análise dos dados cefalométricos, 50% da amostra apresenta uma relação mandibular de classe II. Todos os pacientes apresentaram algum tipo de alteração nos dados cefalométricos. Conclusão: 1) A apneia obstrutiva do sono tem forte relação com alterações crânio facial, principalmente quando combinadas com fatores como IMC elevado e idade avançada. 2) A maioria dos pacientes apneicos possuem uma relação maxilomandibular de classe II. 3) Homens apneicos com idade entre 60-70 anos e com sobrepeso, tendem a ter menor dimensão do espaço aéreo posterior superior em relação as mulheres. 4) Mulheres apneicas entre 60-70 anos com sobrepeso tendem a ter menos dimensão do espaço aéreo posterior inferior quando comparadas aos homens.
Abstract: Objective: This study is an evaluation of the facial skull growth pattern, pharyngeal air space and position of the hyoid bone of patients diagnosed with OSA, correlating these factors with the variables age, gender and mass index body (BMI), aiming to draw a morphological pattern that is a predictor for the syndrome. Methods: The charts of 26 patients diagnosed with OSAS were used. The cephalometric data found at anteroposterior facial growth, upper and lower and posterior and vertical air space of the hyoid bone. In addition to the cephalometric data, gender, age, BMI, hard palate format and facial pattern were also collected. Results: 50% of the sample was made by men and 50% by women, where the mean age and BMI were 50.5 and 27.8, respectively. Most of the patients had the facial profile and biotype classified as straight and mesocephalic, which characterizes a harmonic profile. However, according to the cephalometric data analysis, 50% of the sample presents a class II mandibular relationship. "Patients may be subjected to some type of alteration in cephalometric data." Conclusion: 1) Obstructive sleep apnea has a strong relationship with genetic alterations, especially when combined with IMC factors elevation and advanced age. 2) Most apneic patients have a class II mandibular relationship. 3) Apneic men aged 60-70 years and overweight tend to have smaller posterior airspace dimension than women. 4) Apneic women between 60-70 years of age are overweight tend to have less dimension of inferior posterior air space when compared to men.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ODONTOLOGIA::ORTODONTIA
Keywords: Cefalométrica
Padrão facial
Apneia Obstrutiva do Sono
Síndrome da Apneia Obstrutiva do Sono (SAOS)
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Faculdade de Odontologia - FOUFPA/ICS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_AnaliseMorfologicaCefalometrica.pdf368,96 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons