Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/813
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Efeitos da aplicação de alongamento passivo em atletas amadores de beisebol e softbol
metadata.dc.creator: ALVINO, Helenise Satiko Takashima
metadata.dc.contributor.advisor1: BARRETO, Josafá Gonçalves
metadata.dc.contributor.advisor-co1: TAKASHIMA, Tássia Toyoi Gomes
Issue Date: 12-Jul-2018
Citation: ALVINO, Helenise Satiko Takashima. Efeitos da aplicação de alongamento passivo em atletas amadores de beisebol e softbol. 2018. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Educação Física) -- Campus Universitário de Castanhal, Universidade Federal do Pará, Castanhal, 2018. Disponível em: http://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/813. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: O alongamento em todas as suas formas e maneiras de execução proporciona a sensação de bem-estar, melhora na mobilidade e flexibilidade, ganho na amplitude e prevenção ou tratamento de lesões. Desta forma, objetivou-se analisar os efeitos de um programa de alongamentos passivos sobre a dor e função do ombro de praticantes de beisebol e softbol. A coleta de dados foi realizada por meio da aplicação de dois questionários estruturados, incluindo questão aberta sobre a sensação pessoal do atleta, sendo dividida em dois momentos. O primeiro, consistiu em um momento antecedente à intervenção de exercício de alongamento passivo, com auxílio de um profissional de educação física, sendo neste momento, aplicados os questionários SPADI-Brasil e EROE; o segundo momento, posterior à execução da intervenção, aplicou-se somente o EROE (Escala de Avaliação dos Resultados do Ombro do Esportista) e a questão aberta sobre a sensação pessoal do atleta após à intervenção para 21 atletas amadores do time de beisebol masculino adulto e softbol feminino, vinculados à Associação Cultural Nipo-Brasileira de Castanhal. Observou-se que quase a totalidade dos atletas (90,5%) não apresentaram dificuldade ou leve dificuldade ao realizar as atividades diárias e 15 dos 21 atletas não possuíram dores ou apresentavam leves dores ao realizar atividades do dia a dia. Com a aplicação da EROE, observou-se que dos 21 atletas, 7 deles apresentaram melhora após a intervenção, 11 atletas mantiveram a classificação e 3 atletas relataram piora após a intervenção. Conclui-se que o programa com alongamentos passivos sobre a dor e função do ombro de praticantes de beisebol e softbol apresentou resultados bastante variáveis, havendo a necessidade de novos estudos para identificar as características dos sujeitos ou da técnica que podem interferir no sucesso desta intervenção.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
Keywords: Alongamento (Fisiologia)
Ombros
Atletas
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Faculdade de Educação Física - FAEF/CCAST

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_EfeitosAplicacaoAlongamento.pdf1,12 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons