Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/747
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Tambor de crioula: liberdade, cultura e resistência negra no grupo Filhos e amigos de Cururupu – Belém-PA
metadata.dc.creator: SILVA, Thamirys Monteiro
metadata.dc.contributor.advisor1: JASTES, Éder Robson Mendes
Issue Date: 2017
Citation: SILVA, Thamirys Monteiro. Tambor de crioula: liberdade, cultura e resistência negra no grupo Filhos e amigos de Cururupu – Belém-PA. Orientador: Éder Robson Mendes Jastes. 2017. 72 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Dança) – Escola de Teatro e Dança, Instituto de Ciências da Arte, Universidade Federal do Pará, Belém, 2017. Disponível em: http://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/747. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Esta pesquisa teve como indutor a manifestação popular Tambor de Crioula; pensar nessa pratica é se remeter a história, a cultura, a manifestação negra, a liberdade/alegria. Deste modo o trabalho visa abordar, por meio do sujeito pesquisado, sobre a população negra, sua história; cultura, assim como ponderar sobre sua resistência e ensinamentos. A manifestação mostra-se rica de ensinos, reflexões e sentimentos. A Priore, esta pratica seria conhecida e realizada apenas no estado do Maranhão, contudo surge em Belém/PA um grupo de Tambor de Crioula (criado por maranhenses) intitulado “filhos e amigos de Cururupu” ao qual vem manifestando-se no Estado á mais de seis anos. Deste modo o trabalho também tem o enfoque de registrar a existência deste grupo, assim como refletir sobre o seu processo de afirmação no estado; sendo esta a questão-indutora da pesquisa - saber como o grupo/manifestação se firma na metropolitana de Belém. Utilizo a etnopesquisa para refletir sobre todos os pontos citados uma vez que enquanto pesquisadora encontro-me, totalmente, relacionada como o tema. Para tanto utilizo o autor Sérgio Ferreti (obras, 1979 e 2010) para refletir sobre o tambor de crioula, Jorge Sabino (2011) sobre matriz africada; Antonio Montenegro (1989) e outros sobre resistência e afirmação negra; assim como depoimentos dos próprios praticantes da manifestação. Para melhor empoderamento da pesquisa.
Abstract: This research had as indoctor The popular manifestation “Tambor de Crioula”. Think about this practice its to make a reference to history,culture, the black manifestation, freedom and joy. Thought the object of research,this project will expose The Black People culture and history, demonstrating the richness of teachings, reflections and feelings. Firstly, this practice its known and common in the State of Maranhao,however in Belem/PA there’s a group of Tambor de Crioula. “Filhos e amigos de Curupu was a dance group created by people that was born in Maranhao, änd then Has been in full activity in the state of Para for more than six years. This research have the object the activity record of this group,as well the refletion about the process of affirmation in the State. Being this question the point of the research: The group/Popular Manifestation Will establish itself in the region. I use a Ethnicity Research to reflect about all aspect cited since Researcher im related to the theme of this profect. To explain the subject I use the author Sergio Ferreti (1979,2010),to reflect about the “Tambor de Crioula”Jorge Sabino (2010) about African Root Antonio Montenegro(1989).I use other author to export about Resistance and Black affirmation as Testimonials of the members of the dance group to further deepen and understand the research.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::ARTES
Keywords: Negros - Condições sociais - Pará
Quilombos - Pará
Cultos afro-brasileiros - Pará
Danças afro-brasileiras
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Curso de Dança - ETDUFPA/ICA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_TamborCrioulaLiberdade.pdf1 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons