Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/458
Compartilhar:
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisor1BAYMA, Rafael Suzuki-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/6240525080111166pt_BR
dc.creatorMILHOMEM, Rômulo Lira-
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/5734418856768428pt_BR
dc.date.accessioned2018-05-07T17:52:04Z-
dc.date.available2018-05-07T17:52:04Z-
dc.date.issued2010-06-09-
dc.identifier.citationConstrução de uma bancada didática de processo de levitação magnética – Maglev. Orientador: Rafael Suzuki Bayma. 2010. x, 98 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Engenharia Elétrica) – Campus Universitário de Tucuruí, Universidade Federal do Pará, Tucuruí, 2010. Disponível em: http://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/458. Acesso em:.pt_BR
dc.identifier.urihttp://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/458-
dc.description.resumoA construção de experimentos é considerada uma eficiente atividade didática em cursos de engenharia, uma vez que integra esforços intelectuais e técnicos dos alunos em direção a uma meta concreta e bem definida. Esta prática tem sido desenvolvida na Universidade Federal do Pará - UFPA, inclusive em unidades avançadas do interior, como o Campus de Tucuruí. Seguindo esta metodologia, em 2007 o Grupo de Controle e Automação, formado por alunos de graduação em Engenharia Elétrica, obteve resultados significativos ao construir um protótipo de um processo de levitação magnética. O desenvolvimento deste protótipo propiciou à equipe experiência suficiente para aspirar metas mais ousadas. A partir deste momento, iniciaram-se os estudos que levaram a consolidação de outro processo de levitação magnética, mais flexível e prático que o primeiro protótipo construído. Este trabalho apresenta o desenvolvimento desta nova planta, com o objetivo de disponibilizar um equipamento com recursos de hardware necessários ao estudo do sistema. O sistema proposto nesta monografia é composto pelas seguintes partes: um eletroímã, responsável por atrair um corpo magnetizável através de forças de origem magnética que se opõem à força peso que age sobre o corpo; um sensor, que capta a posição do corpo através de um sistema óptico, realimentando a malha do sistema; um somador, que recebe o sinal de posição e de uma referência, informando o sinal de erro ao controlador, permitindo que este atue sobre o nível de corrente aplicado ao eletroímã, assim, controlando a força magnética empregada ao corpo. A construção deste processo permitiu reforçar princípios fundamentais de diversas áreas abordadas durante a graduação. Outros pontos também podem ser ressaltados, como: o desenvolvimento do hábito de pesquisa, em especial por elementos além da grade curricular; o reforço de aspectos técnicos, como instrumentação e desenvolvimento de circuitos impressos; o planejamento, em especial no momento em que foi necessário trabalhar a versatilidade do protótipo. Desta forma, pode-se considerar este sistema uma planta com características pedagógicas relevantes, no que diz respeito ao seu desenvolvimento e ao uso em aulas expositivas de Engenharia Elétrica. x O desenvolvimento deste experimento não foi uma tarefa fácil, durando cerca de dois anos. Mesmo a equipe tendo certa perícia no desenvolvimento de sistemas deste tipo, o projeto foi desafiador, pois cada componente do equipamento despendia certo grau de atenção e tempo. Para se ter uma idéia preliminar, a fabricação do eletroímã durou cerca de dois meses, entre a construção dos núcleos e o enrolamento das bobinas, sem contar o tempo que foi gasto no ajuste do controlador analógico, cerca de dois meses e meio. Além do mais, o projeto só obteve êxito devido ao empenho e dedicação da equipe. As dificuldades encontradas ao longo do trabalho foram contornadas com criatividade e um bom planejamento. Por exemplo, a estrutura do equipamento foi desenvolvida pelos próprios alunos, o que de certa forma, diminuiu os custos do projeto. Outros pontos também podem ser citados sob este aspecto: as proteções do sensor, o planejamento do layout do painel, a forma que o eletroímã foi encaixado à estrutura, o uso de diferentes compensadores na malha do sistema, além de um modo de selecionar a estratégia de controle desejada. Ao longo desta monografia serão apresentados os métodos e as diretrizes de construção utilizados na fabricação deste equipamento, denominado Bancada Didática MAGLEV, desenvolvido no Laboratório de Sistemas de Controle da UFPA, Campus de Tucuruí.pt_BR
dc.description.provenanceSubmitted by David Silva (daviddemetrio0715@gmail.com) on 2018-02-02T19:17:41Z No. of bitstreams: 2 TCC_ConstrucaoBancadaDidatica.pdf: 2273893 bytes, checksum: 655fcd63c78fe09e263fa77a7a3dcf3b (MD5) license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5)en
dc.description.provenanceApproved for entry into archive by Mayara Menezes (mayara@ufpa.br) on 2018-05-07T17:52:04Z (GMT) No. of bitstreams: 2 TCC_ConstrucaoBancadaDidatica.pdf: 2273893 bytes, checksum: 655fcd63c78fe09e263fa77a7a3dcf3b (MD5) license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5)en
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2018-05-07T17:52:04Z (GMT). No. of bitstreams: 2 TCC_ConstrucaoBancadaDidatica.pdf: 2273893 bytes, checksum: 655fcd63c78fe09e263fa77a7a3dcf3b (MD5) license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) Previous issue date: 2010-06-09en
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.source1 CD-ROMpt_BR
dc.subjectMagnetismo - Experimentospt_BR
dc.subjectLevitação magnéticapt_BR
dc.subjectBancadas didáticaspt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA ELETRICApt_BR
dc.titleConstrução de uma bancada didática de processo de levitação magnética – Maglevpt_BR
dc.typeTrabalho de Conclusão de Curso - Graduaçãopt_BR
Appears in Collections:Faculdade de Engenharia Elétrica - FEE/CAMTUC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_ConstrucaoBancadaDidatica.pdf2,22 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons