Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/4268
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Compósito poliéster com particulados argilosos: caracterizações mecânicas e flamabilidade
metadata.dc.creator: COELHO, Hellen Cristina Mendonça
metadata.dc.contributor.advisor1: COSTA, Deibson Silva da
metadata.dc.contributor.advisor1ORCID: https://orcid.org/0000-0002-5421-5256
metadata.dc.contributor.advisor-co1: BRANDÃO, Luis Felipe Alencar
metadata.dc.contributor.advisor-co1ORCID: https://orcid.org/ 0000-0002-5421-5256
Issue Date: 1-Jul-2022
Citation: COELHO, Hellen Cristina Mendonça. Compósito poliéster com particulados argilosos: caracterizações mecânicas e flamabilidade. Orientador: Deibson Silva da Costa. 2022. 59 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Engenharia de Materiais) – Campus Universitário de Ananindeua, Universidade Federal do Pará, Ananindeua, 2022. Disponível em: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/4268. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: A ciência está sempre buscando melhorias, relação custo benefício e sem perder a qualidade e resistência do material. Os materiais compósitos constituem um dos mais interessantes grupos de materiais atualmente utilizados, pois apresentam inúmeras vantagens em relação aos materiais convencionais. O reforço é o componente descontínuo do material, e, em geral, apresenta a maior resistência nos compósitos. Nos compósitos reforçados com argila, as propriedades mecânicas podem ser aperfeiçoadas e facilitar a processabilidade do produto manufaturado. O objetivo do trabalho se baseia em fabricar e analisar compósitos poliméricos confeccionados com argila usando uma matriz polimérica, além de caracterizá-los fisicamente, mecanicamente e estudar seu retardo à chama. Foram confeccionados materiais compósitos de matriz poliéster isoftálica, utilizado como material particulado a argila. Foi adotado o método hand lay up para a fabricação dos mesmos. Na resina foi adicionado 1,5 % (v/v) de acelerador de cobalto e 1 % (v/v) de iniciador e as proporções de argila foram: 0 %, 5 %, 10 %, 15 %, 20 % e 25 %. Os corpos de prova foram submetidos aos ensaios físicos de massa específica aparente, porosidade aparente e absorção de água seguindo a norma ASTM D792, ASTM D2734 e ASTM D570, respectivamente. Além dos ensaios de tração e flexão que seguiram as normas ASTM D3039 e ASTM D790, respectivamente. E, por fim, o ensaio de resistência à chama seguindo a norma ASTM D635. Em relação aos ensaios físicos, todas as composições ficaram com médias próximas e todas aumentaram em relação à matriz. Mecanicamente, os resultados se mostraram favoráveis onde a adição de argila afetou de forma positiva sob esforços de tração, onde o melhor resultado se deu com 21,25 MPa com 20 % de argila de Icoaraci e flexão, onde o melhor resultado se deu com 68,53 MPa com 15 % de argila de Icoaraci comparados à matriz plena. Para o ensaio de flamabilidade não houve uma diminuição tão significativa da taxa de queima, com a menor taxa sendo 20,12 mm/min com 15 % de argila de Icoaraci, no entanto os resultados permaneceram inferiores do que o exigido pelas normas ASTM D635 e CONTRAN.
Abstract: Science is always looking for improvements, cost-effectiveness and without losing the quality and strength of the material. Composite materials are one of the most interesting groups of materials currently used, as they have numerous advantages over conventional materials. Reinforcement is the discontinuous component of the material, and, in general, presents the greatest strength in composites. In clay-reinforced composites, the mechanical properties can be improved and facilitate the processability of the manufactured product. The objective of the work is based on manufacturing and analyzing polymeric composites made with clay using a polymeric matrix, in addition to physically and mechanically characterizing them and studying their flame retardancy. Composite materials of isophthalic polyester matrix were made, using clay as particulate material. The hand lay up method was adopted for their manufacture. In the resin was added 1,5 % (v/v) of cobalt accelerator and 1 % (v/v) of initiator and the proportions of clay were: 0 %, 5 %, 10 %, 15 %, 20 % and 25 %. The specimens were submitted to physical tests of apparent specific mass, apparent porosity and water absorption according to ASTM D792, ASTM D2734 and ASTM D570, respectively. In addition to the tensile and bending tests that followed the ASTM D3039 and ASTM D790 standards, respectively. And finally, the flame resistance test following the ASTM D635 standard. Regarding the physical tests, all compositions had similar averages and all increased in relation to the matrix. Mechanically, the results were favorable where the addition of clay affected positively under tensile stresses, where the best result was given with 21,25 MPa with 20 % of Icoaraci clay and bending, where the best result was given with 68,53 MPa with 15 % Icoaraci clay compared to the full matrix. For the flammability test, there was not such a significant decrease in the burning rate, with the lowest rate being 20,12 mm/min with 15 % of Icoaraci clay, however the results remained lower than required by the ASTM D635 and CONTRAN.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA DE MATERIAIS E METALURGICA::METALURGIA DE TRANSFORMACAO::TRATAMENTO TERMICOS, MECANICOS E QUIMICOS
Keywords: Compósitos
Processamento
Poliéster
Argila
Propriedades
Composites
Processing
Polyester
Clay
Properties
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: Disponível na internet via Sagitta
Appears in Collections:Curso de Engenharia de Materiais - CANAN

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_CompositoPoliesterParticulados.pdf1,77 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons