Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/4257
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: O zooplâncton da praia do Chapéu Virado, Ilha de Mosqueiro(Belém, Pará): caracterização em períodos de baixa pluviosidade
metadata.dc.creator: MORAIS, Luana Souza de
metadata.dc.contributor.advisor1: BELÚCIO, Lucinice Ferreira
Issue Date: 8-Feb-2022
Citation: MORAIS, Luana Souza de. O zooplâncton da praia do Chapéu Virado, Ilha de Mosqueiro(Belém, Pará): caracterização em períodos de baixa pluviosidade. Orientador: Lucinice Ferreira Belúcio . 2022 . 59 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Oceanografia) – Faculdade de Oceanografia, Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2022 . Disponível em:https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/4257.Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: O zooplâncton é composto por organismos heterotróficos, que possuemum papel importante no transporte de energia para os níveis tróficos superiores. Este trabalho teve como objetivo conhecer a estrutura da comunidade zooplanctônica da praia do Chapéu Virado na ilha de Mosqueiro (Belém, Pará), durante períodos de baixa pluviosidade (novembro e dezembro), e avaliar a importância dos fatores abióticos sobre possíveis diferenças nos parâmetros ecológicos registrados. A ilha de Mosqueiro é caracterizada por praias estuarinas, dominadas por marés semidiurnas e com amplitudes de 3,60 m, sujeitas à forte hidrodinâmica. As amostras utilizadas fazem parte da coleção do Laboratório de Biologia Aquática (BIOAQUA/ICB/UFPA) e foram obtidas, em quatro anos consecutivos (2009 a 2012), através de coletas realizadas no curso das marés de um ciclo nictemeral a cada ano. As amostragens foram realizadas por arrastos horizontais subsuperficiais, com uma rede de plâncton cilíndrico-cônica (150 μm). Os horários de coleta foram selecionados de acordo com as Tábuas de Marés (Diretoria de Hidrografia de Navegação, Marinha do Brasil) para a região. Temperatura, pH e condutividade/salinidade foram medidos in situ. As análises quali e quantitativas do material biológico foram realizadas sob microscopia estereoscópica. As variáveis abióticas tiveram comportamento estável durante as coletas a cada ano, porém com variações mais acentuadas entre anos diferentes, com destaque para a condutividade e o pH. Foram contabilizados 39 táxons a nível específico, sendo que a grande maioria das espécies pertenceu ao subfilo Crustacea. Dentre as quais se destacaram, em densidade, Cirripedia sp. e espécies de copépodes das famílias Pseudodiaptomidae, Oithonidae, Acartiidae e Oncaeidae. Os copépodes foram os mais frequentes em todas as ocasiões anuais de coleta. Diferenças temporais de curta duração foram observadas, sendo a riqueza mais elevada nas baixa-mares e vazantes diurnas (2009 e 2011). Em relação as diferenças de média duração, riqueza e densidade foram mais elevadas em 2009 e 2011. As correlações aferidas entre parâmetros abióticos e índices ecológicos foram baixas e não significativas. Os fatores abióticos podem afetar a distribuição do zooplâncton, mas seus efeitos mostraram-se diluídos. Pode-se considerar que as baixas salinidades afetam a ocorrência das espécies, determinando o domínio de espécies oligohalinas. Há necessidade de intensificar as pesquisas e avaliar melhor os efeitos dos fatores abióticos sobre a comunidade do zooplâncton tanto a médio, como a longo prazo. Palavras-chave: praias estuarinas; zooplâncton; ciclo de maré; fatores abióticos.
Abstract: Zooplankton consists of heterotrophic organisms, which play an important role in transferring energy to higher trophic levels. This study aimed to investigate the structure of the zooplankton community at Chapeu Virado beach on the island of Mosqueiro (Belém, Pará), during periods of low rainfall (November and December), and to assess the importance of abiotic factors on possible differences in the recorded ecological parameters. The island of Mosqueiro encompass estuarine beaches, which are dominated by semi-diurnal tides with 3.60 m amplitude, subject to strong hydrodynamics. The samples used came from the collection held by the Laboratory of Aquatic Biology (BIOAQUA/ICB/UFPA). They were taken in four consecutive years (2009 to 2012), through the tidal course of a diel cycle each year. Sampling was carried out through subsurface horizontal tows, with a cylindrical-conical plankton net (150 μm).Sampling occasions and periods were decidedbased on the tides compiled from the tide tables (Directorate of Navigation Hydrography, Brazilian Navy) for the region. Temperature, pH and conductivity/salinity were measuredin situ. Qualitative and quantitative analyzes of the biological material were done under stereoscopic microscopy. The abiotic variables had a stable behavior during the sampling period in each year, but with more accentuated variations between different years, notably conductivity and pH. Thirty-nine taxa were recorded at a specific level, with the vast majority of species belonging to the subphylum Crustacea. Among which, in terms of density, Cirripedia sp. and the families of Copepoda, Acartiidae, Paracalinidae, Pseudodiaptomidae, Oithonidae, Oncaeidae, Tachidiidae, Sergestidae, Bosminidae and Moinidaewere noteworthy. Copepods were the most frequent and dominant in all annual sampling occasions. Short-term temporal differences were observed, with the highest richness at low tides and diurnal ebbs (2009 and 2011). In relation to the differences of medium duration, richness and density were higher in 2009 and 2011. The correlations measured between abiotic parameters and ecological indices were low and not significant. Abiotic factors can affect zooplankton distribution, but their effects were diluted. Low salinities can affect the occurrence of species, determining the dominance of oligohaline species. There is a need to intensify research and better assess the effects of abiotic factors on the zooplankton community both considering medium and long term. Key words: estuarine beaches; zooplankton; tide fluctuations; abiotic factors.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::OCEANOGRAFIA
Keywords: Praias estuarinas
Zooplâncton
Ciclo de maré
Fatores abióticos
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD ROM
Appears in Collections:Faculdade de Oceanografia - FAOC/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_ZooplanctonChapeuVirado.pdf2,5 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons