Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/4167
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: A saúde e a condição de trabalho do professor/profissional de educação física: estado da arte nos periódicos nacionais
metadata.dc.creator: SILVA, Nayara Reis da
metadata.dc.contributor.advisor1: SANTOS JÚNIOR, Osvaldo Galdino dos
Issue Date: 17-Jun-2021
Citation: SILVA, Nayara Reis da. A saúde e a condição de trabalho do professor/profissional de educação física: estado da arte nos periódicos nacionais. Orientador: Osvaldo Galdino dos Santos Júnior. 2022.20 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Educação Física) – Faculdade de Educação Física, Instituto de Ciências da Educação, Universidade Federal do Pará, Belém, 2021. Disponível em: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/4167. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: O presente estudo analisou a temática saúde e trabalho do professor/profissional de Educação Física, a partir de um estudo de revisão de literatura, do tipo de estado da arte, que sistematizou a produção acadêmica da temática em questão nos periódicos nacionais da área, no período de 2000 a 2020. Identificamos 4 artigos em 56 revistas e evidenciamos que a produção escrita sobre a temática é ínfima. De modo geral, os artigos denunciam que os efeitos da precarização de trabalho são as seguintes patologias: dores na região lombar, indiciando a distúrbios osteomusculares, gripes, inflamações de pele olhos, câncer de pele, prevalência de Síndrome do Distúrbio Osteomuscular; e Síndrome de Burnout. Constatou-se também que as condições de trabalho dos agentes de Educação Física são campos precarizados, tendo como consequência o adoecimento desses profissionais.
Abstract: The present study analyzed the health and work theme of the Physical Education teacher / professional, based on a literature review study, of the type of state of the art, which systematized the academic production of the subject in question in the national journals in the area, in the 2000 to 2020. We identified 4 articles in 56 magazines and evidence that the written production on the theme is minimal. In general, the articles denounce that effects the effects of precariousness of work are the following pathologies: Pain in the lumbar region, indicating musculoskeletal disorders, flu, inflammation of the skin, eyes, skin cancer, prevalence of Osteomuscular Disorder Syndrome; and Burnout Syndrome. It was also found that the working conditions of Physical Education agents are precarious fields, resulting in the illness of these professionals.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::EDUCACAO FISICA
Keywords: Educação física
Saúde
Trabalho
Physical education
Health
Work
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Faculdade de Educação Física - FEF/ICED

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC-SaudeCondicaoTrabalho.pdf615,92 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons