Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/4071
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Distribuição de microplásticos ao longo da plataforma continental amazônica em um período chuvoso
metadata.dc.creator: CONCEIÇÃO, Amanda Saraiva da
metadata.dc.contributor.advisor1: MARTINELLI FILHO, José Eduardo
Issue Date: 6-Oct-2021
Citation: CONCEIÇÃO, Amanda Saraiva da. Distribuição de microplásticos ao longo da plataforma continental amazônica em um período chuvoso. Orientador: José Eduardo Martinelli Filho. 2022. 35 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciado em Ciências Biológicas) – Faculdade de Ciências Biológicas, Universidade Federal do Pará, Belém, 2022. Disponível em: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/4071. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Os microplásticos (Mps) são considerados poluentes emergentes, dado o seu potencial de dispersão e acúmulo nos compartimentos ambientais e facilidade de interação com a fauna e flora. A bacia amazônica possui a maior vazão de água fluvial em escala global e estudos recentes indicam o rio Amazonas como o segundo rio mais poluído por plásticos do mundo. Embora existam dados da ocorrência de microplásticos em plataformas continentais, existem poucas estimativas dessa poluição em águas da Plataforma Continental Brasileira, especialmente no extremo norte do país. Assim, o presente trabalho objetivou caracterizar a distribuição de microplásticos em águas superficiais da Plataforma Continental Amazônica (PCA). A amostragem foi realizada em março de 2018, no qual foram coletadas amostras em 25 estações ao longo da Plataforma, através da captação da água superficial e filtração em uma rede de plâncton com malha de 64 μm. Os resultados estimados de abundância de Mps na coluna d’água variaram de 1.567 a 13.200 MPs.m-³. As fibras foram o tipo predominante de partículas encontradas, correspondendo a 56%, seguidas por fragmentos, com 44%. As fibras transparentes e os fragmentos azuis foram as partículas mais abundantes na PCA. Não foi encontrado correlação entre a quantidade de microplástico nas estações de amostragem e a distância da costa ou às variáveis ambientais da plataforma. Este é primeiro estudo que avalia a poluição por microplásticos em águas da PCA, e além de registrar valores inéditos para regiões adjacentes, demostra que as estações próximas à bacia de São Marcos e à foz do rio Pará e do rio Amazonas são, expressivamente, as áreas mais poluídas da plataforma.
Abstract: Microplastics (MPs) are considered emerging pollutants, given their potential for dispersion and accumulation in environmental compartments and ease of interaction with fauna and flora. The Amazon basin has the largest riverine flow on a global scale and recent studies indicate the Amazon River as the second river most polluted by plastics in the world. Although there are data on the occurrence of microplastics on continental shelves, there are few estimates of this pollution in waters on the Brazilian Continental Shelf, for the far north of the country data is inexistent. Thus, this work aims to analyze the distribution of microplastics in the surface waters of the Amazon Continental Shelf (PCA). Sampling was carried out in March 2018.Samples were collected at 25 stations along the Platform, through the capture of surface water and filtration in a plankton net with a 64 μm mesh. The estimated particle density in the water column ranged from 1.567 to 13.200 MPs.m-³. Fibers were the predominant type of particles found, corresponding to 56% of the total, followed by fragments, with 44%. Transparent fibers and blue fragments were the most abundant particles in PCA. No correlation was found between the amount of microplastic in the sampling stations and the distance from the coast or platform environmental variables. This is the first study to assess microplastic pollution in PCA waters, and, in addition to recording unprecedented values for adjacent regions, it demonstrates that stations near the Bay of São Marcos, the mouth of the Pará river and the mouth Amazon river are, expressively, the most polluted areas on the platform.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA
Keywords: Poluição de rios - Amazônia
Microplásticos
Poluentes ambientais
Estuários
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: bibbiologicas@ufpa.br
Appears in Collections:Faculdade de Ciências Biológicas - FCBIO/ICB

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_DistribuicaoMicroplásticosLongo.pdf1,01 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons