Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/4062
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Prevalência de sífilis em mulheres profissionais do sexo do município de Macapá, Estado do Amapá
metadata.dc.creator: SILVA, Raissa da Silva e
metadata.dc.contributor.advisor1: MACHADO, Luiz Fernando Almeida
metadata.dc.contributor.advisor1ORCID: https://orcid.org/0000-0002-4571-4715
Issue Date: 8-Feb-2022
Citation: SILVA, Raissa Silva e. Prevalência de sífilis em mulheres profissionais do sexo do município de Macapá, Estado do Amapá. Orientador: Luiz Fernando Almeida Machado. 2022. 22 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciado em Ciências Biológicas) – Faculdade de Ciências Biológicas, Universidade Federal do Pará, Belém, 2022. Disponível em: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/4062. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: A sífilis é um importante problema de saúde pública mundial e as mulheres profissionais do sexo ainda são altamente vulneráveis à infecção pelo Treponema pallidum. Este estudo tem como objetivo verificar a soroprevalência da sífilis,bem como os principais fatores de risco para a aquisição de infecções sexualmente transmissíveis (IST), em mulheres profissionais do sexo do município de Macapá do Estado do Amapá. As participantes foram entrevistadas e, em seguida, foi colhida uma mostra de sangue para a realização de testes treponêmico (ELISA) e não treponêmico (VDRL) para a investigação da existência do T.pallidum, agente causador da sífilis. Do total de 161 mulheres, a taxa de exposição ao T.pallidum foi de 18,6%, sendo que a maioria das participantes expostas tinham entre 23 e 40 anos de idade, com apenas o 1º grau (completo ou incompleto), eram solteiras e ganhavam mais de um salário por mês, que relataram usar preservativos nas relações sexuais e tinham histórico de IST. A prevalência de mulheres profissionais do sexo que já tiveram contato com o T.pallidum foi alta em Macapá e traz um alerta para as autoridades da secretaria de saúde estadual e municipal para o maior combate à sífilis nesta populações específica.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::MICROBIOLOGIA::BIOLOGIA E FISIOLOGIA DOS MICROORGANISMOS::VIROLOGIA
Keywords: Doenças sexualmente transmissíveis
Sífilis
Trabalhadores do sexo
Doenças transmissíveis - epidemiologia
Saúde sexual
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: bibbiologicas@ufpa.br
Appears in Collections:Faculdade de Ciências Biológicas - FCBIO/ICB

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
1. TCC_PrevalenciaSifilisMulheres.pdf454,01 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons