Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/4004
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação - Artigo
Title: Tradução e adaptação transcultural da escala de autoavaliação da doença de parkinson e incapacidade
Other Titles: Transcultural translation and adaptation of the parkinson disease and disability self-assessment scale
metadata.dc.creator: SILVA, Caio Geovanni Reis
FERREIRA, Cassio Bruno Lago
metadata.dc.contributor.advisor1: JACOB, Mellina Monteiro
metadata.dc.contributor.advisor1ORCID: https://orcid.org/ 0000-0002-0268-0332
metadata.dc.contributor.advisor-co1: KREJCOVA, Lane Viana
metadata.dc.contributor.advisor-co1ORCID: https://orcid.org/ 0000-0001-8016-5283
Issue Date: 17-Dec-2021
Citation: SILVA, Caio Geovanni Reis; FERREIRA, Cassio Bruno Lago. Tradução e adaptação transcultural da escala de autoavaliação da doença de parkinson e incapacidade. Orientadora: Mellina Monteiro Jacob. 2021. 63 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Fisioterapia) - Faculdade de Fisioterapia, Instituto de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Pará, Belém, 2021. Disponível em: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/4004. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: A doença de Parkinson (DP) é uma doença neurodegenerativa progressiva, crônica e incurável. Muitos estudos sobre a DP vêm sendo realizados, mas a doença permanece um grande desafio de pesquisa. O aumento significativo de sua incidência esperado para as próximas décadas fortalece a necessidade da construção de novos métodos e tratamentos. Os sintomas da doença induzem comprometimento progressivo da funcionalidade da pessoa acometida com redução da capacidade de execução das atividades de vida diária (AVDs). Dada a grande variabilidade de apresentação sintomática, avaliações individuais são relevantes para estratégias de intervenção no manejo da DP. Escalas, questionários e formulários são muito utilizados na prática clínica, e sua funcionalidade e qualidade psicométrica devem ser comprovadas antes de sua aplicação em larga escala. A escala de autoavaliação da doença de Parkinson e Incapacidade (SPDDS) é uma escala de autoavaliação que analisa o impacto da DP na execução das AVDs. O presente estudo objetivou traduzir, analisar e adaptar a SPDDS para subsequente validação para aplicação na população brasileira. Para tanto, etapas de tradução, análise e adaptação foram realizadas com o auxílio de participantes pertencentes a duas categorias principais: profissionais de diversas áreas relacionadas ao manejo da doença e a questões linguísticas e culturais relacionadas a traduções; e pessoas acometidas pela DP, público-alvo do instrumento em questão. Após criteriosa avaliação e análise, uma versão brasileira da escala foi construída com equivalência semântica, idiomática, experimental, cultural e conceitual. A escala seguirá para posterior validação em amostra da população brasileira.
Abstract: Parkinson's disease (PD) is a progressive, chronic and incurable neurodegenerative disease. Many studies on PD have been carried out, but the disease remains a major research challenge. The significant increase in its incidence expected for the next decades strengthens the need to build new methods and treatments. The symptoms of the disease induce a progressive impairment of the affected person's functionality, with a reduction in the ability to perform activities of daily living (ADLs). Given the wide variability of symptomatic presentation, individual assessments are relevant for intervention strategies in the management of PD. Scales, questionnaires and forms are widely used in clinical practice, and their functionality and psychometric quality must be proven before their application on a large scale. The Parkinson's Disease and Disability Self-Rating Scale (SPDDS) is a self-assessment scale that analyzes the impact of PD on the performance of ADLs. The present study aimed to translate, analyze and adapt the SPDDS for subsequent validation for application in the Brazilian population. Therefore, translation, analysis and adaptation steps were carried out with the help of participants belonging to two main categories: professionals from different areas related to disease management and linguistic and cultural issues related to translations; and people affected by PD, the target audience of the instrument in question. After careful evaluation and analysis, a Brazilian version of the scale was built with semantic, idiomatic, experimental, cultural and conceptual equivalence. The scale will continue for further validation in a sample of the Brazilian population.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FISIOTERAPIA
Keywords: Doença de Parkinson
Escala de autoavaliação - Incapacidade
SPDDS
Validação
Atividades de vida diária
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Faculdade de Fisioterapia e Terapia Ocupacional - FFTO/ICS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_TraducaoAdaptacaoParkinson368,83 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons