Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/4001
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação - Artigo
Title: O impacto do tempo de formação no entendimento do tratamento da escoliose idiopática em adolescentes segundo as diretrizes internacionais da SOSORT: a survey online study
Other Titles: The impact of training time on understanding the treatment of adolescent idiopathic scoliosis according to SOSORT international guidelines: an online survey study
metadata.dc.creator: LINHARES, Natália Albim
metadata.dc.contributor.advisor1: MAGALHÃES, Mauricio Oliveira
metadata.dc.contributor.advisor1ORCID: https://orcid.org/ 0000-0002-7857-021X
Issue Date: 15-Dec-2021
Citation: LINHARES, Natália Albim. O impacto do tempo de formação no entendimento do tratamento da escoliose idiopática em adolescentes segundo as diretrizes internacionais da SOSORT: a survey online study. Orientador: Mauricio Oliveira Magalhães. 2021. 22 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Fisioterapia) - Faculdade de Fisioterapia, Instituto de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Pará, Belém, 2021. Disponível em: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/4001. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: OBJETIVO: compreender a influência do tempo de experiência profissional sobre o conhecimento de fisioterapeutas brasileiros quanto às diretrizes internacionais no tratamento da EIA. METODOLOGIA: A pesquisa foi conduzida usando um questionário online composto por 23 questões, sendo dividido em: oito questões (dados sociodemográficos) e 15 questões (com base em informações fornecidas pelas diretrizes no SOSORT 2016). Foi administrado por e-mail, whatsapp e instagram. RESULTADO: 506 fisioterapeutas entrevistados compuseram a amostra do estudo e por meio deste foi possível verificar que parece que há uma falha no aprendizado primário, que deve ser corrigido, a fim de que o processo de identificação da EIA seja mais eficiente. Isso indica que nossos fisioterapeutas brasileiros estão mal equipados para fornecer um nível satisfatório de atendimento a pacientes com escoliose na prática clínica diária. CONCLUSÃO: o tempo de experiência fez diferença no conhecimento do tratamento da escoliose idiopática. O presente estudo mostrou que o tempo de formado, de seis anos ou mais, foi satisfatório.
Abstract: OBJECTIVE: Thus, the aim of the current study was to understand the influence of length of professional experience on the knowledge of Brazilian physical therapists regarding international guidelines for the treatment of AIS. METHODS: The study was conducted using an online questionnaire consisting of 23 questions; divided into eight questions on sociodemographic data and 15 questions based on information provided by the guidelines in the SOSORT 2016. FINDINGS: 506 physiotherapists interviewed comprised the study sample and through this it was possible to verify that there seems to be a failure in primary learning, which must be corrected, so that the EIA identification process is more efficient. This indicates that our Brazilian physical therapists are ill equipped to provide a satisfactory level of care to patients with scoliosis in daily clinical practice. CONCLUSIONS: that the length of experience made a difference when considering knowledge of the treatment of idiopathic scoliosis. The present study showed that time since graduation of six years or more was satisfactory.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FISIOTERAPIA
Keywords: Escoliose
Fisioterapia
Adolescente
Conhecimento
Brasil
Scoliosis
Physiotherapy
Adolescent
Knowledge
Brazilian
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Faculdade de Fisioterapia e Terapia Ocupacional - FFTO/ICS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_EscolioseAdolescentesSosort.pdf259,73 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons