Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/3946
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Dança e surdez: uma análise da produção de conhecimento acerca da pessoa surda a partir do sapateado
metadata.dc.creator: SOUSA, Hellen de Paula Santos
metadata.dc.contributor.advisor1: GOMES, Uisis Paula da Silva
Issue Date: 2018
Citation: SOUSA, Hellen de Paula Santos. Dança e surdez: uma análise da produção de conhecimento acerca da pessoa surda a partir do sapateado. Orientadora: Uisis Paula da Silva Gomes . 2018. 42 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Dança) – Escola de Teatro e Dança, Instituto de Ciências da Arte, Universidade Federal do Pará, Belém, 2018. Disponível em: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/3946. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Esta monografia teve por objetivo perpetrar uma análise da produção de conhecimento acerca da pessoa surda a partir do sapateado. Sendo desenvolvida com 6 (seis) adultos surdos na faixa etária de 18 a 29 anos de idade. A metodologia teve caráter qualitativo com base na pesquisa-ação, onde os instrumentos de análise a observação e as cinco dinâmicas aplicadas, que surgiram a partir do projeto A Surdez e o Sapateado: Estudo Neurológico dos Distúrbios das Vias Auditivas e o Desenvolvimento de Técnicas e Estratégias de Ensino do Sapateado para Surdos. Para um melhor entendimento desta pesquisa, discorre dialogando com autores como: Alpendre (2008) que defende a surdez como sendo uma diferença cultural e não como uma deficiência, Garcia e Hass (2006) referendam à dança como linguagem universal capaz de proporcionar benefícios aos seus praticantes. As conclusões do estudo mostram que a técnica do sapateado para surdo, mostrou que conhecer o corpo e seus limites são fatores importantes.
Abstract: This monograph aimed to carry out an analysis of the production of knowledge about the deaf person from the tap dance. Being developed with 6 (six) deaf adults in the age group of 18 to 29 years of age. The methodology was qualitative based on action research, where the instruments of observation analysis and the five dynamics applied, which emerged from the project A Deafness and Pattaya: Neurological Study of Hearing Disorders and Development of Techniques and Teaching Strategies of Tapping for the Deaf. For a better understanding of this research, he discusses dialogues with authors such as: Alpendre (2008) who advocates deafness as a cultural difference and not as a disability, Garcia and Hass (2006) refer to dance as a universal language capable of providing benefits to its practitioners. The findings of the study show that the tap-to-deaf technique showed that knowing the body and its limits are important factors.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::ARTES::DANCA
Keywords: Dança
Surdez
Sapateado
Experimentações
Dance
Deafness
Tap dance
Experiments
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Curso de Dança - ETDUFPA/ICA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_ DançaSurdezAnalise.pdf810,49 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons