Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/3902
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Adsorção do chumbo na Manihot Esculenta (mandioca) exposta ao rio cateté-pa contaminado por metais pesados
metadata.dc.creator: COSTA, Juliana Socorro Barbosa da
metadata.dc.contributor.advisor1: PAIVA, Reginaldo Sabóia de
metadata.dc.contributor.advisor-co1: NEVES, Alacid do Socorro Siqueira
Issue Date: 11-Feb-2022
Citation: COSTA, Juliana Socorro Barbosa da. Adsorção do chumbo na Manihot Esculenta (mandioca) exposta ao rio cateté-pa contaminado por metais pesados. Orientador: Reginaldo Sabóia de Paiva. 2022. 96 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Engenharia de Materiais) – Campus Universitário de Ananindeua, Universidade Federal do Pará, Ananindeua, 2022. Disponível em: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/3902. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Neste trabalho, aborda-se um caso real de contaminação pelo metal pesado chumbo, devido o lançamento de efluentes do empreendimento minerário localizado próximo ao Rio Cateté, que pertence a região de Carajás, Sudeste do Estado do Pará. Ao longo deste rio foram escolhido dois pontos para serem estudados, o porto da Aldeia Indígena Cateté e o porto da Aldeia Indígena Djudjeko. Com isso, investigando a rotina da população que habita essa aréa e se utiliza desse porto, percebeu-se que é uma característica dos índios da região utilizarem o rio para produção de farinha de mandioca (manihot esculenta), alimento muito consumido por eles. No entanto, as análises químicas da água do Rio Cateté, do lodo das margens do rio e da própria mandioca, apontaram que estes se encontram contaminados por chumbo. O estudo em questão aborda o fenômeno da adsorção que ocorre na etapa de produção da farinha exercida com o auxílio do rio, onde a mandioca é imersa nas águas do rio, por um determinado período, para o seu amolecimento. Diante disso, este trabalho propõe-se a traduzir este fenômeno através do desenvolvimento de um modelo matemático que descreve numericamente o processo de adsorção de chumbo pela mandioca exposta ao Rio Cateté. Para as análises químicas, foram preparadas amostras da água do rio, mandioca, farinha de mandioca e do lodo formado na margem do rio. Em seguida, após a identificação dos teores de chumbo nessas amostras, foi criado um modelo algébrico em que foi aplicado a união do modelo sigmoidal e o da transformada de Laplace para resolver o balanço de carga iônica. Com isso, foram realizadas simulações para ambos os modelos, inclusive a simulação de extrapolação, em que é possível observar o ponto máximo de adsorção. Por fim, o modelo obtido atendeu ao objetivo proposto neste trabalho, sendo capaz de caracterizar e representar o fenômeno de adsorção do chumbo na contaminação da mandioca (manihot esculenta) exposta a água do Rio Cateté, concluindo que a contaminação do tubérculo ocorre pela concentração de chumbo depositado no lodo das margens do rio.
Abstract: In this work, the study site is monitored by an environmental monitoring group, due to the release of effluents from the mining enterprise located near the Cateté River, which belongs to the region of Carajás, Southeast of the State of Pará, where along this river were chosen two points to be studied, the port of the Cateté Indigenous Village and the port of the Djudjeko Indigenous Village. With this, investigating the routine of the population that inhabits this area and uses this port, it was noticed that it is a characteristic of the Indians of the region to use the river for the production of cassava flour (manihot esculenta), food very consumed by them. However, from the confirmations of analyzes of the waters of the Cateté River, carried out by the monitoring team, they indicate that it is contaminated by lead. The study in question addresses the phenomenon that occurs in the stage of production of flour carried out with the aid of the river, the stage of softening, where the cassava is immersed in the waters of the river for a certain period for its softening. Therefore, this work proposes to translate this phenomenon through the development of a mathematical model that numerically describes the process of adsorption of lead by cassava exposed to the Cateté River. For chemical analyses, samples of river water, cassava, cassava flour and sludge formed on the river bank were prepared. Then, after identifying the lead levels in these samples, an algebraic model was created in which the union of the sigmoidal model and the Laplace transform was applied to solve the ionic charge balance. Thereby, simulations were performed for both models, including the extrapolation simulation, in which it is possible to observe the maximum adsorption point. Finally, the model obtained met the objective proposed in this work, being able to characterize and represent the phenomenon of adsorption of lead in the contamination of cassava (manihot esculenta) exposed to water from the Cateté River, concluding that the contamination of the tuber occurs by the concentration of lead deposited in the sludge on the banks of the river.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA DE MATERIAIS E METALURGICA::METALURGIA DE TRANSFORMACAO::TRATAMENTO TERMICOS, MECANICOS E QUIMICOS
Keywords: Modelo Matemático
Adsorção
Chumbo
Mathematical Model
Adsorption
Lead
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: Sagitta
Appears in Collections:Curso de Engenharia de Materiais - CANAN

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_AdsorcaoChumboManihot.pdf2,58 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons