Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/3868
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Geoprocessamento aplicado a análise espaço-temporal da Leishmaniose visceral em crianças no Estado do Pará
metadata.dc.creator: MELO, Lilia Silvana Cardoso de
metadata.dc.contributor.advisor1: COUTO, Danielle Costa Carrara
metadata.dc.contributor.advisor1ORCID: https://orcid.org/ 0000-0003-3810-1686
metadata.dc.contributor.advisor-co1: REIS, Danielle Saraiva Tuma dos
metadata.dc.contributor.advisor-co1ORCID: https://orcid.org/ 0000-0003-3966-2901
Issue Date: 17-Feb-2022
Citation: MELO, Lilia Silvana Cardoso de. Geoprocessamento aplicado a análise espaço-temporal da Leishmaniose visceral em crianças no Estado do Pará. Orientadora: Danielle Costa Carrara Couto. 2022. 64 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Tecnólogo em Geoprocessamento) – Campus Universitário de Ananindeua, Universidade Federal do Pará, Ananindeua, 2022. Disponível em: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/3868. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Apresentando ampla distribuição geográfica, a Leishmaniose Visceral discorre como um grave problema de saúde pública. Considerada como uma doença endêmica e epidêmica, afeta prin-cipalmente pessoas mais carentes, sendo as crianças as mais atingidas. O estado do Pará possui características propícias a disseminação do vetor, pelas constantes modificações sociais e am-bientais. Com isso, o trabalho objetivou realizar uma análise espaço-temporal dos casos de Leishmaniose Visceral Infantil (LVI) no estado do Pará, no período de 2015 a 2019, analisando os fatores determinantes da doença, produzindo uma cartografia temática com base nos casos de LVI. Para tanto, realizou-se a coleta dos dados no Sistema de Informação de Agravos e Notificação (SINAN), fornecidos pela Secretaria de Saúde Pública do Estado do Pará (SESPA), além da coleta de dados vetoriais da área de interesse do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Através do Sistema de Informação Geográfica (SIG), foram construídos mapas. Para confecção do mapa de localização, dos mapas coropléticos, e de autocorrelação espacial de Índice Local de Moran, relativo a propagação e óbitos da doença, utilizou-se o sof-tware ArcGis 10.8 Os mapas de Kernel, assim como o mapa de análise ambiental foram traba-lhados no software Qgis 3.16.5 Foram confeccionados gráficos e tabelas do perfil da doença e dos padrões climáticos anuais que contribuem para a disseminação da patologia. Foram confir-mados no período de 2015 a 2019, 2.155 casos de LV no Pará, desses 1.170 (54,3%) eram crianças, com maior demanda na mesorregião do Sudeste Paraense com 14,07 casos por 10 mil/habitantes, sendo a maior concentração nos municípios de Eldorado dos Carajás, Canaã dos Carajás, Pau D’Arco e Redenção. As técnicas computacionais provenientes do geoprocessa-mento, apresentaram-se para este estudo como ferramentas essenciais, permitindo estruturação de um banco de geográficos, para geração de produtos cartográficos, produzindo informações que podem auxiliar na urgência das respostas e contribuir com o planejamento e ações do poder-público.
Abstract: With a wide geographic distribution, Visceral Leishmaniasis is a serious public health problem. Considered as an endemic and epidemic disease, it mainly affects the most needy people, with children being the most affected. The state of Pará has characteristics conducive to the disse-mination of the vector, due to constant social and environmental changes. With this, the work aimed to carry out a space-time analysis of cases of Infantile Visceral Leishmaniasis in the state of Pará, from 2015 to 2019, analyzing the determining factors of the disease, producing a the-matic cartography based on the cases of LVI. For this purpose, data collection was carried out in the Information System of Diseases and Notification (SINAN), provided by the Public Health Department of the State of Pará (SESPA), in addition to the collection of vector data from the area of interest of the Brazilian Institute of Health. of Geography and Statistics (IBGE, 2020). Through the Geographic Information System (GIS), maps were built. To make the location map, the choropleth maps, and spatial autocorrelation of Moran's Local Index relative to pro-pagation and deaths of the disease, the software ArcGis 10.8 was used. The Kernel maps, as well as the map of environmental analysis were worked on the software Qgis 3.16.5 Graphs and tables of the profile of the disease and the climatic patterns were made that contribute to the spread of the pathology. In the period from 2015 to 2019, 2.155 cases of VL were confirmed in Pará, of these 1.170 (54.3%) were children, with greater demand in the mesoregion of Southeast Pará with 14,07 cases per 10 thousand/h inhabitants, with the highest concentration in the municipalities of Eldorado dos Carajás, Canaã dos Carajás, Pau D’Arco and Redenção. The computational techniques from geoprocessing were presented for this study as essential tools, allowing the structuring of a geographic database, for the generation of cartographic pro-ducts, producing information that can help in the urgency of the answers and contribute to the planning and actions of the government. public.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA::GEOGRAFIA REGIONAL::REGIONALIZACAO
Keywords: Epidemiologia
Análise espacial
Leishmaniose visceral infantil
Epidemiology
Spatial Analysis
Infantile Visceral Leishmaniasis
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Curso de Geoprocessamento - CANAN

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_GeoprocessamentoAplicadoAnalise.pdf4,54 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons