Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/3842
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Representações sociais de professoras sobre as relações étnico-raciais na educação infantil em Bragança-PA
metadata.dc.creator: REIS, Maiara da Silva
metadata.dc.contributor.advisor1: SANTOS, Raquel Amorim dos
Issue Date: 26-Jan-2021
Citation: REIS, Maiara da Silva. Representações sociais de professoras sobre as relações étnico-raciais na educação infantil em Bragança-PA. Orientadora: Raquel Amorim dos Santos. 2021. 61 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Pedagogia) – Faculdade de Educação. Campus Universitário de Bragança, Universidade Federal do Pará, Bragança-PA, 2021. Disponível em: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/3842. Acesso em: .
metadata.dc.description.resumo: Este estudo analisa as Representações Sociais de professoras sobre as Relações Étnico-Raciais na Educação infantil em Bragança-PA. Esta pesquisa fundamentou-se no referencial teórico metodológico baseado na Teoria das Representações Sociais de Moscovici (1978) e no dialogismo discursivo de BAKHTIN (2011). Para discussão acerca das Relações Étnico-Raciais e Educação Infantil dialogamos com Silva (2007), Gomes (2005), Santos (2009), Cavalleiro (2006), Corrêa (2019), Munanga (2001) para a discussão sobre relações raciais e Piaget (1994), Ariés (1981), Kramer 1999), Oliveira (1993) para a incursão sobre Educação Infantil. O estudo é uma pesquisa de abordagem qualitativa na qual utilizamos como instrumento de coleta de dados questionário e observação, dos quais participaram quatro professoras, que lecionam na Educação Infantil em uma escola da rede pública de ensino do Município de Bragança/PA. Segundo a Tridimensionalidade de Moscovi (1978) na dimensão “Imagem” as objetivações das professoras revelam uma imagem estereotipada da criança negra, ligada a uma classe social desfavorecida que inferiorizam e colocam-nas em uma posição irrelevante em relação a criança branca. Na dimensão “Informação” o campo representacional das professoras revela pouco conhecimento para o trato das Relações Étnico-Raciais na Educação Infantil o que culmina na banalização do racismo na escola, dificultando a construção da identidade dos alunos negros. A dimensão “Atitude”, revela que as professoras e a própria escola não oferecem para os alunos uma educação diversificada baseada nas relações étnico raciais, as professoras tem dificuldade e falta de informação para reverter situações de racismo entre os alunos o que revela a importância da inserção de estudos para as Relações-Étnico-Raciais promovendo uma educação diversificada e multicultural. Conclui-se que as professoras não reconhecem que as crianças nesse nível de ensino percebam as diferenças no seu pertencimento racial, ocultando uma realidade que é exposta nos seus próprios comportamentos, atitudes e palavras. O que demostra que as professoras ainda não têm o conhecimento devido para o trato das Relações Étnico-Raciais, para contribuir com a subversão de práticas discriminatórias na educação Infantil. Para isso, é necessário além da formação regular na área pedagógica, a continuação de estudos específicos aprofundados sobre as relações étnico-raciais, para que os professores de Educação Básica estejam melhor informados sobre as leis e políticas públicas que implicam no exercício do seu trabalho. Dessa maneira, o professor terá um melhor direcionamento para suas práticas em sala de aula, com seu material pedagógico mais desenvolvido, podendo assim direcionar seus alunos a uma educação culturalmente e verdadeiramente diversificada.
Abstract: This study analyzes the Social Representations of teachers on Ethnic-Racial Relations in Early Childhood Education in Bragança-PA. This research was based on the theoreticalmethodological framework based on the Theory of Social Representations of Moscovici (1978) and on the discursive dialogism of BAKHTIN (2011). For a discussion about Ethnic-Racial Relations and Early Childhood Education we spoke with Silva (2007), Gomes (2005), Santos (2009), Cavalleiro (2006), Corrêa (2019), Munanga (2001), for the discussion of race relations and Piaget (1994), Ariés (1981), Kramer 1999), Oliveira (1993) for the foray on Early Childhood Education. The study is a research with a qualitative approach in which we used questionnaire and observation data collection instrument, in which four teachers participated, who teach in Early Childhood Education in a public school in the city of Bragança / PA. According to the Moscovi Tridimensionality (1978) in the “Image” dimension, the teachers' objectifications reveal a stereotyped image of the black child, linked to a disadvantaged social class that they inferiorize and place them in an irrelevant position in relation to the white child. In the “Information” dimension, the teachers' representational field reveals little knowledge for dealing with Ethnic-Racial Relations in Early Childhood Education, which culminates in the trivialization of racism at school, making it difficult to build the identity of black students. The “Attitude” dimension reveals that teachers and the school itself do not offer students a diversified education based on ethnic-racial relations, teachers have difficulty and lack of information to reverse situations of racism among students, which reveals the importance the insertion of studies for Ethnic-Racial Relations promoting a diversified and multicultural education. It is concluded that teachers do not recognize that children at this level of education perceive the differences in their racial belonging, hiding a reality that is exposed in their own behaviors, attitudes and words. This shows that teachers still do not have the necessary knowledge to deal with Ethnic-Racial Relations, to contribute to the subversion of discriminatory practices in early childhood education. For this, it is necessary in addition to regular training in the pedagogical area, the continuation of specific in-depth studies on ethnicracial relations, so that Basic Education teachers are better informed about the laws and public policies that imply in the exercise of their work. In this way, the teacher will have a better direction for his practices in the classroom, with his pedagogical material more developed, thus being able to direct his students to a culturally and truly diversified education.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Keywords: Representações sociais
Relações étnico-raciais
Educação Infantil
Social representations
Ethnic-racial relations
Child education
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Faculdade de Educação - FACED/CBRAG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_RepresentacoesSociaisProfessoras.pdf615,65 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons