Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/3633
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Representações sociais de crianças negras sobre a cor no contexto escolar em Bragança-Pa
metadata.dc.creator: CORRÊA, Antonio Matheus do Rosário
metadata.dc.contributor.advisor1: SANTOS, Raquel Amorim dos
Issue Date: 2-Aug-2019
Citation: CORRÊA, Antonio Matheus do Rosário. Representações sociais de crianças negras sobre a cor no contexto escolar em Bragança-Pa. Orientadora: Raquel Amorim dos Santos. 2019. 82 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Pedagogia) – Faculdade de Educação. Campus Universitário de Bragança, Universidade Federal do Pará, Bragança-PA, 2019. Disponível em: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/3633. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Este estudo analisa as representações sociais de crianças negras sobre a cor no contexto escolar. A pesquisa é de abordagem qualitativa, com aplicação da pesquisa de campo por meio de observação participante (diário de campo) e entrevista com grupo focal, em que foram utilizadas a dinâmica das bonecas, contação de história e a técnica projetiva, com 17 crianças de uma escola de Bragança-PA. A análise dos dados foi realizada por meio da Teoria das Representações Sociais com base em Moscovici (1978) e no dialogismo discursivo de Bakhtin (2011). O referencial teórico se baseia em Silva (2007), Gomes (2005), Ianni (2004), Santos (2009), dentre outros, para trato das relações raciais; Feitosa (2012), Gomes e Araújo (2014), Del Priore (2012, 2015), para a discussão sobre crianças negras no Brasil. Os resultados revelam a presença de estigmas e estereótipos raciais nas representações sociais das crianças, assim como racismo no cotidiano escolar. As crianças buscam atribuir representações por autocategorização racial e gradações de cor de pele, que se apresentam nos saberes do senso comum dos grupos sociais que integram na escola. Conclui-se que as representações sociais sobre a cor no contexto escolar influenciam significativamente em atitudes e discursos das crianças, ocasionando reprodução de práticas racistas e reconhecimento de pertença a grupos raciais.
Abstract: This study analyzes the social representations of black children about color in the school context. The research is a qualitative approach, applying field research through participant observation (field diary) and focus group interview, which used the dynamics of the dolls, storytelling and projective technique, with 17 children from a school from Bragança-PA. Data analysis was performed using the Theory of Social Representations based on Moscovici (1978) and Bakhtin's discursive dialogism (2011). The theoretical framework is based on Silva (2007), Gomes (2005), Ianni (2004), Santos (2009), among others, to deal with race relations; Feitosa (2012), Gomes and Araújo (2014), Del Priore (2012, 2015), for the discussion about black children in Brazil. The results reveal the presence of racial stigmas and stereotypes in the social representations of children, as well as racism in daily school life. The children seek to assign representations by self-categorization and of skin color graduation, that is the social sense in own social groups. The conclusion in this work is the social representations about color in the school context significantly influence children's attitudes and discourses, causing reproduction of racist practices and recognition of belonging to racial groups.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Keywords: Crianças negras
Cor da pele
Representações sociais
Black children
Skin color
Social representations
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Faculdade de Educação - FACED/CBRAG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_RepresentacoesSociaisCriancas.PDF1,92 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons