Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/3607
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: A importância do diálogo na relação escola-comunidade
metadata.dc.creator: SANTOS, Ismael Ramos dos
metadata.dc.contributor.advisor1: LOPES, Ana Débora da Silva
metadata.dc.contributor.advisor1ORCID: https://orcid.org/0000-0001-9442-8558
Issue Date: 6-Jun-2019
Citation: SANTOS, Ismael Ramos dos. A importância do diálogo na relação escola-comunidade. Orientadora: Ana Débora da Silva Lopes. 2019. 28 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Educação do Campo) - Faculdade de Etnodiversidade, Universidade Federal do Pará, Anapu, 2019. Disponível em: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/3607. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: O presente artigo reflete sobre a importância do diálogo na relação escola-comunidade como instrumento de planejamento coletivo para a promoção de uma educação que faça sentido aos sujeitos do campo. O objetivo do texto é considerar a proposta da Educação do campo, desde os marcos e amparos legais, bem como a sua história para compreender a dificuldade de diálogo enfrentada na escola e a comunidade em seu entorno no município de Anapu-PA, e utilizar o exemplo da Casa Familiar Rural – CFR do município como possibilidade de algumas experiências que podem ser replicadas pelas escolas do campo, levando em consideração que a mesma tem um papel importante na representatividade local. A escola pode contribuir para o fortalecimento dos povos do campo e é, a partir de contribuição dos vários autores, como, Caldart (2009, 2007), Coelho (2011), Hage, et al (2017), Bezerra et al (2010), Zirmmermann: Vendruscolo e Dorneles (2013), dentre outros, que se propõem possibilidades de desenvolver uma educação diferenciada, que respeite as especificidades do campo, utilizando o saber local no diálogo com a escola como contribuição para fortalecer a qualidade do ensino a partir da identidade das populações que vivem no campo. A metodologia utilizada para a coleta de dados foi a observação participante e entrevistas com uso de questionários semiestruturados. As entrevistas aconteceram em momentos de participação coletiva e individual, feitas com pais, mães, avós, alunos, professores e representes da comunidade e esse material está disponível nos relatórios de Tempo Comunidade. Ficou evidente que é possível avançar, no sentido de alcançar uma relação que fortaleça o processo da aprendizagem que valorize a cultura local, se permitindo ao diálogo, onde todos tenham poder de voz e de decisão, e que o bem comum prevaleça, no caminho de se educar para o exercício da cidadania.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::TOPICOS ESPECIFICOS DE EDUCACAO::EDUCACAO RURAL
Keywords: Relação escola-comunidade
Casa familiar rural
Educação do campo
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source.uri: Disponível na internet via correio eletrônico: bibaltamira@ufpa.br
Appears in Collections:Faculdade de Etnodiversidade - CALTA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_ ImportanciaDialogoRelacao.pdf665,51 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons