Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/3565
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Dança, vida, vontade, mudança: a dança e a apresentação da apatia em pacientes com a doença de Parkinson
Other Titles: Dance, life, will, change: dance and the presentation of apathy in patients with Parkinson's disease
metadata.dc.creator: FURTADO, Viviane Kharine Teixeira
metadata.dc.contributor.advisor1: KREJCOVA, Lane Viana
Issue Date: 2017
Citation: FURTADO, Viviane Kharine Teixeira. Dança, vida, vontade, mudança: a dança e a apresentação da apatia em pacientes com a doença de Parkinson. Orientadora: Lane Viana Krejčová . 2017. 54 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Dança) – Escola de Teatro e Dança, Instituto de Ciências da Arte, Universidade Federal do Pará, Belém, 2017. Disponível em:. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: A Doença de Parkinson (DP) é uma doença neurodegenerativa crônica que apresenta uma gama de sintomas que podem ser classificados como motores e não motores. A apatia é um distúrbio neuropsiquiátrico que tem como característica perda de motivação, sendo um quadro com alta prevalência entre pacientes com DP. A dança é uma das práticas que vem ganhando crescente espaço no Brasil como estratégia preventiva do sedentarismo, para retardar a senilidade e promover qualidade de vida entre idosos. O presente estudo foi desenvolvido no sentido de investigar o potencial da dança na redução da apresentação dos quadros de apatia em pacientes com a DP. Pacientes com diagnóstico da DP e sob esquema farmacológico participaram regularmente em aulas de dança realizadas semanalmente, duas aulas por semana com duração de 1 hora de aula, sob protocolo de dança desenvolvido especificamente para o trabalho das necessidades específicas do paciente com Parkinson. Utilizamos a aplicação da Escala de Apatia para avaliação dos pacientes quando do ingresso no programa, seguido de reteste após seis meses de intervenção. Análises qualitativas dos depoimentos dos próprios pacientes, bem como dos cuidadores e alunos voluntários do projeto revelaram uma percepção subjetiva de melhora nos aspectos motivacionais, de qualidade de vida e motores destes pacientes. Análises quantitativas das pontuações obtidas no teste de apatia revelaram diferença significativa nas médias do grupo entre as análises realizadas antes (19.77±2.88) e depois (12.44±1.82) do período de seis meses de aulas de dança. A média de redução na pontuação referente à apatia entre os períodos foi de 37,52%. A dança, por possuir um caráter aprazível e de estimulação de diversos sistemas neurais, pode contribuir significativamente para a melhora do bem-estar e para a redução da velocidade de progressão sintomática de pacientes com DP.
Abstract: Parkinson's disease (PD) is a chronic neurodegenerative disease which presents a range of symptoms that can be classified as motor and non-motor. Apathy is a neuropsychiatric disorder that has main characteristic loss of motivation, with high prevalence among patients with PD. Dance is one of the practices that has been gaining growing space in Brazil as a preventive strategy of sedentarism, to delay senility and promote quality of life among the elderly. The present study was developed to investigate the potential of dance in reducing the presentation of apathy in patients with PD. Patients with PD diagnosis and under pharmacological scheme participated regularly in weekly dance classes, two classes per week with duration of 1 hour per session, under a protocol developed specifically for the work of the specific needs of the patient with Parkinson's. We used the Apathy Scale protocol to evaluate patients when they joined the program, followed by retest after six months of intervention. Qualitative analyses of the patients' own testimonials, as well as the caregivers and volunteer students of the project revealed a subjective perception of improvement in the motivational, quality of life and motor aspects of these patients. Quantitative analyses of the scores obtained in the apathy test revealed a significant difference in the averages of the group between the analyses performed before (19.77 ± 2.88) and after (12.44 ± 1.82) the six-month period of dance classes. The reduction in the apathy score between the periods was 37.52%. Due to its pleasant features and stimulation of several neural systems, dance can contribute significantly to the improvement of well-being and to the reduction of the rate of symptomatic progression of PD patients.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::ARTES::DANCA
Keywords: Dança - Terapia
Dança - Aspectos psicológicos
Doença de Parkinson
Dance - Therapy
Dance - Psychological Aspects
Parkinson's disease
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Curso de Dança - ETDUFPA/ICA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_DancaVidaVontade.pdf1,7 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons