Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/3458
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Estudo de viabilidade de implantação de travessia de pedestres em diagonal. Estudo de caso: cruzamento da Av. Presidente Vargas com a Rua Carlos Gomes em Belém-PA
Other Titles: Feasibility study for the implementation of diagonal pedestrian crossing. Case study: intersection of Avenida Presidente Vargas with Rua Carlos Gomes in Belém-PA
metadata.dc.creator: ALMEIDA, Marivana Figueredo de
metadata.dc.contributor.advisor1: AGUIAR, Marcelo Figueredo Massulo
Issue Date: 16-Jun-2021
Citation: ALMEIDA, Marivana Figueredo de. Estudo de viabilidade de implantação de travessia de pedestres em diagonal. Estudo de caso: cruzamento da Av. Presidente Vargas com a Rua Carlos Gomes em Belém-PA. Orientador: Marcelo Figueiredo Massulo Aguiar. 2021. 84 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Engenharia Civil) – Faculdade de Engenharia Civil, Instituto de Tecnologia, Universidade Federal do Pará, Belém, 2021. Disponível em: . Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: A Política Nacional de Mobilidade Urbana, Lei Federal 12.587/2012, estabelece como uma de suas diretrizes a prioridade do transporte não motorizado sobre o transporte motorizado. Acontece que essa prioridade nem sempre é observada no dia-a-dia das cidades brasileiras. Sendo assim, o objetivo desse trabalho é investigar a viabilidade da implantação de uma travessia de pedestres em X no cruzamento da Av. Presidente Vargas com a Rua Carlos Gomes, no centro de Belém, medida que favoreceria a segurança e fluidez do tráfego de transeuntes no local. Para tanto, foram realizadas contagens dos fluxos de pedestres e de veículos no cruzamento, além da medição das dimensões das vias. O dimensionamento da programação semafórica foi feito segundo as recomendações do Manual do DENATRAN e a sinalização da travessia em X norteou-se nas preconizações da CET-SP. Os principais resultados foram: Constatação de que o semáforo atual não foi dimensionado segundo o Manual do DENATRAN, pois não apresenta o vermelho geral. Fluxo elevado de pessoas, da ordem de cerca de 800 pedestre/hora em uma travessia, que justifica implantação de semáforo de pedestres. Aumento no tempo de ciclo, passando de 105 s para 116 s, aumento de 7% no tempo permitido aos pedestres, redução de 20,35% nos tempos de verde da P. Vargas e de 3% para a C. Gomes. Para o cenário 1 analisado, verificou-se que a redução das faixas de travessia tem um impacto pequeno no tempo perdido para travessia de pedestre e para o cenário 2, foi feito uma programação que prioriza a o pedestre e que é realizável, com 21,9% de redução no tempo de verde para a Presidente Vargas e 4,8% de redução no tempo de verde para a Carlos Gomes. Por fim, recomenda-se a implantação da travessia em X na confluência da Presidente Vargas x Carlos Gomes, devidamente amparada em ações de educação para o trânsito.
Abstract: The National Urban Mobility Policy, Federal Law 12587/2012, establishes as one of its guidelines the priority of non-motorized transport over motorized transport. It turns out that this priority is not always observed in the daily life of Brazilian cities. Therefore, the objective of this work is to investigate the feasibility of implementing an X-shaped pedestrian crossing at the intersection of Avenida Presidente Vargas and Rua Carlos Gomes, in the center of Belém, a measure that would favor the safety and fluidity of the traffic of pedestrians in the city. local. To this end, counts of pedestrian and vehicle flows at the intersection were carried out, in addition to measuring the dimensions of the roads. The dimensioning of the traffic light programming was done according to the recommendations of the DENATRAN Manual and the crossing signaling in X was guided by the recommendations of CET-SP. The main results were: Verification that the current traffic light was not dimensioned according to the DENATRAN Manual, as it does not have the general red. High flow of people, on the order of around 800 pedestrians/hour in a crossing, which justifies the implementation of pedestrian traffic lights. Increased cycle time, from 105 s to 116 s, 7% increase in time allowed for pedestrians, 20.35% reduction in P. Vargas' green time and 3% for C. Gomes. For scenario 1 analyzed, it was found that the reduction of crossing lanes has a small impact on the time lost for pedestrian crossing and for scenario 2, a schedule was made that prioritizes the pedestrian and is achievable, with 21.9 % reduction in time to green for Presidente Vargas and 4.8% reduction in time to green for Carlos Gomes. Finally, it is recommended to implement the crossing in X at the confluence of Presidente Vargas x Carlos Gomes, duly supported by traffic education actions.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA CIVIL::INFRA-ESTRUTURA DE TRANSPORTES
Keywords: Travessia em X
Transporte a pé
Política Nacional de Mobilidade Urbana
Programação semafórica
Crossing in X
National Urban Mobility Policy
Semaphore programming
Transport on foot
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Faculdade de Engenharia Civil - FEC/ITEC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_EstudoViabilidadeImplantacao.pdf2,67 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.