Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/3436
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Manejo florestal não madeireiro das famílias extrativistas da reserva extrativista Mapuá, comunidade santíssima trindade, Rio Aramã, Breves (PA)
metadata.dc.creator: SILVA, Alberis Gomes da
metadata.dc.contributor.advisor1: FOPPA, Carina Catiana
Issue Date: 10-Dec-2020
Citation: SILVA, Alberis Gomes da. Manejo florestal não madeireiro das famílias extrativistas da reserva extrativista Mapuá, comunidade santíssima trindade, Rio Aramã, Breves (PA). Orientadora: Carina Catiana Foppa. 2020. 56 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Etnodesenvolvimento) - Faculdade de Etnodiversidade, Universidade Federal do Pará, Altamira. 2020. Disponível em: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/3436. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Este Plano de Ação foi construído coletivamente, a partir das demandas da Comunidade Santíssima Trindade Breves- PA e se efetiva pelo diálogo de saberes entre povos e comunidades tradicionais e a academia. O objetivo é fortalecer o Manejo Não Madeireiro sustentável realizado pelas famílias extrativistas da Comunidade, como caminho para sustentabilidade e busca refletir sobre a contribuição que a Reserva Extrativista (RESEX) tem com os Povos das Florestas. O Plano de Ação foi estruturado a partir das pesquisas dos Tempos Comunidades (TC) com contribuições e discussões levantadas no decorrer do estudo e pesquisas participativas e com o Tempo Universidade (TU) de acordo com o que está previsto no Projeto Político Pedagógico (PPC) do curso de Licenciatura e Bacharelado em Etnodesenvolvimento da Universidade Federal do Pará (UFPA). Nesse sentido, os diálogos e pesquisas tiveram a participação direta e coletiva da comunidade e trouxe a importância e contribuição das RESEXs para a conservação e proteção da floresta, após 30 anos de assassinato do idealizador, sindicalista e ativista Chico Mendes. Os Produtos Florestais Não Madeireiros (PFNM) são os principais provedores de renda na Comunidade Santíssima Trindade. Por isso, este Plano de Ação priorizou dialogar com a comunidade sobre os entraves e problemáticas existentes nas Reservas Extrativistas, os “grandes empreendimentos” e estratégias do agronegócio que atingem as Resex e Povos Tradicionais, bem como trabalhar as ferramentas de resistências, a necessidade de autonomia e organização enquanto Comunidades Tradicionais. A autonomia comunitária local é primordial para os processos sociais.
Abstract: This Action Plan was built collectively, based on the demands of the Santissima Trindade Breves Community, Pará state (Amazon region, Brazil) and is effective through the dialogue of knowledge between traditional peoples, communities and academia. The objective is to strengthen the sustainable non-timber management carried out by extractive families in the community, as a path to sustainability and seeks to reflect on the contribution that the Extractive Reserve (RESEX) has to the Forest’s People. The Action Plan was structured from the research of the Communities Times with contributions and discussions raised in the course of the study and participatory research and with the University Time according to what is foreseen in the Pedagogical Political Project undergraduate and bachelor's degree in Ethnodevelopment from the Federal University of Pará (UFPA). In this sense, the dialogues and research had the direct and collective participation of the community and brought the importance and contribution of RESEXs to the conservation and protection of the forest, after 30 years of murder of the creator, unionist and activist Chico Mendes. Non-Timber Forest Products are the main income providers in the Santíssima Trindade Community. For this reason, this Action Plan prioritized dialogue with the community about the obstacles and problems existing in the Extractive Reserves, the “large enterprises” and agribusiness strategies that affect the Resex and Traditional Peoples, as well as working with the resistance tools, the need for autonomy and organization as Traditional Communities. Local community autonomy is fundamental for social processes.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::TOPICOS ESPECIFICOS DE EDUCACAO::EDUCACAO RURAL
Keywords: Povos e comunidades tradicionais
Autonomia
Reserva extrativista - RESEX
Etnodesenvolvimento
Traditional people and communities
Autonomy
Extractive reserve
Ethnodevelopment
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source.uri: Disponível na internet via correio eletrônico: bibaltamira@ufpa.br
Appears in Collections:Faculdade de Etnodiversidade - CALTA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_ManejoFlorestalNao.pdf2,71 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons