Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/3424
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação - Artigo
Title: Recursos terapêuticos físicos no tratamento de lesões por pressão em pacientes com lesão medular: uma revisão sistemática
metadata.dc.creator: SANTOS, Emmanuele Celina Souza dos
ANJOS, José Francisco Dias dos
metadata.dc.contributor.advisor1: BATISTA, Keila de Nazaré Madureira
metadata.dc.contributor.advisor-co1: MORAES, Suellen Alessandra Soares de
Issue Date: 21-Dec-2020
Citation: SANTOS, Emmanuele Celina Souza dos; ANJOS, José Francisco Dias dos. Recursos terapêuticos físicos no tratamento de lesões por pressão em pacientes com lesão medular: uma revisão sistemática. Orientadora: keila de Nazaré Madureira Batista. 2020. 27 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharel em Fisioterapia) – Faculdade de Fisioterapia e Terapia Ocupacional, Instituto de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Pará, Belém, 2020. Disponível em: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/3424. Acesso em: .
metadata.dc.description.resumo: Introdução: Os recursos terapêuticos físicos incluem fototerapia, eletroterapia e termoterapia, sendo comumente descritos na literatura por promoverem resultados positivos no reparo tecidual em lesões por pressão, as quais resultam da necrose tecidual provocada pela isquemia quando uma pressão externa é aplicada por um período prolongado sobre a pele. A lesão medular é um fator de risco para o seu desenvolvimento. Objetivo: Sintetizar as evidências de intervenções dos recursos terapêuticos que podem ser utilizados como adjuvante no manejo da cicatrização em lesões por pressão em indivíduos com lesão medular. Métodos: Trata-se de uma revisão sistemática realizada nas bases de dados Pubmed, Lilacs, Cochrane, Pedro e Google Scholar com artigos publicados entre os anos 1991 a abril de 2020, nos idiomas português e inglês, utilizando os descritores: “Low level light therapy”; “Therapy ultrassonic”; “High voltage electrical stimulation”; “Radiofrequency Therapies”, “Ultraviolet Therapies” e “Microcurrent Therapy”, seguindo a diretriz PRISMA. Resultados: Foram incluídos dezenove estudos, dentre os quais foram identificados oito recursos, como: Laserterapia, LED, Ultrassom, Estimulação elétrica de alta e baixa voltagem, Radiofrequência, Ultravioleta C e Microcorrente. Discussão: Os recursos encontrados mostraram-se efetivos na cicatrização de lesões por pressão de indivíduos com lesão medular. A técnica de aplicação e o tempo de intervenção variam conforme as características das feridas, levando em conta o aspecto da borda e leito e, principalmente dimensão e estágio da lesão. Conclusão: A laserterapia e estimulação elétrica de alta voltagem apresentaram melhores resultados na taxa de cicatrização em relação ao tempo de reparo tecidual, quando comparado aos outros recursos selecionados.
Abstract: Introduction: Physical therapeutic resources include phototherapy, electrotherapy and thermotherapy, being commonly described in the literature for promoting positive results. in tissue repair in pressure injuries, which result from tissue necrosis caused by ischemia when external pressure is applied for a prolonged period on the skin. Spinal cord injury is a risk factor for its development. Objective: Synthesize the evidence of interventions of therapeutic resources that can be used as adjuvant in the management of wound healing in pressure injuries in individuals with spinal cord injury. Methods: This is a systematic review performed in Pubmed, Lilacs, Cochrane, Pedro and Google Scholar with articles published between 1991 and April 2020, in Portuguese and English, using the descriptors: “Low level light therapy”; “Therapy ultrasonic”; “High voltage electrical stimulation”; “Radiofrequency Therapies”, “Ultraviolet Therapies” and “Microcurrent Therapy”, following the PRISMA guideline. Results: Were nineteen studies were included, among which eight resources were identified, such as: Laser therapy, LED, Ultrasound, high and low voltage electrical stimulation, Radiofrequency, Ultraviolet C and Microcurrent. Discussion: The found resources have been shown to be effective in healing pressure injuries in individuals with spinal cord injury. The application technique and intervention time vary according to the characteristics of the wounds, taking into account the aspect of the edge and bed and, mainly, dimension and stage of the lesion. Conclusion: Laser therapy and high-voltage electrical stimulation presented better results in healing rate in relation to tissue repair time, when compared to the other selected features.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL
Keywords: Lesão por pressão
Lesões da medula espinhal
Cicatrização
Fototerapia
Eletroterapia
Termoterapia
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source.uri: Disponível na internet via correio eletrônico: bibsaude@ufpa.br
Appears in Collections:Faculdade de Fisioterapia e Terapia Ocupacional - FFTO/ICS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_RecursosTerapeuticosFisicos.pdf337,53 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons