Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/3422
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação - Artigo
Title: Atuação da fisioterapia pélvica nos prolapsos de órgãos pélvicos: uma revisão sistemática
Other Titles: Performance of pelvic physiotherapy in pelvic organ prolapses: a systematic review
metadata.dc.creator: MIRANDA, Larissa Santa Brígida
metadata.dc.contributor.advisor1: RODRIGUES, Cibele Nazaré Câmara
metadata.dc.contributor.advisor-co1: LEMOS, Carla Iasmin Lima
metadata.dc.contributor.advisor-co1ORCID: https://orcid.org/0000-0001-6831-4709
Issue Date: 18-Dec-2020
Citation: MIRANDA, Larissa Santa Brígida. Atuação da fisioterapia pélvica nos prolapsos de órgãos pélvicos: uma revisão sistemática. Orientadora: Cibele Nazaré Câmara Rodrigues. 2020. 21 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharel em Fisioterapia) – Faculdade de Fisioterapia e Terapia Ocupacional, Instituto de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Pará, Belém, 2020. Disponível em: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/3422. Acesso em: .
metadata.dc.description.resumo: Introdução: Prolapso de Órgãos Pélvicos (POP) é definido pela Sociedade Internacional de Continência (ICS) como descenso da parede vaginal anterior e/ou posterior assim como do ápice da vagina ou da cúpula vaginal após histerectomia. Os músculos do assoalho pélvico possuem papel na relação impeditiva de descida de órgãos pélvicos. Alterações dos tecidos acarreta aumento de tensão no sistema de suporte das paredes vaginais contribuindo significativamente para descida dos órgãos pélvicos. Portanto, a necessidade de estudos que possam edificar a influência benéfica do tratamento conservador no prolapso de órgãos pélvicos. Objetivo: verificar a influência da fisioterapia pélvica no prolapso de órgãos pélvicos Métodos: Trata-se de uma revisão sistemática de ensaio clínico controlado randomizado. As buscas foram realizadas nas bases de dados PubMed, SciELO, PEDro e MEDLINE. Foram incluídos ensaios clínicos publicados entre os anos de 2011 a 2020, na línguas inglesa, espanhola e português, sendo excluídos artigos de revisão, artigos que abordaram tratamento cirúrgico ou a fisioterapia como coadjuvante no tratamento cirúrgico, estudo em animais e artigos publicados em anais de evento. Resultados: Foram incluídos 11 artigos científicos conforme os critérios de elegibilidade. Os dados demonstraram que o tratamento conservador foi benéfico para o tratamento das necessidades clínicas apresentadas pelas pacientes. Contudo, mais pesquisas são necessárias com níveis maiores de evidência científica Conclusão: O tratamento conservador se mostrou eficiente principalmente no âmbito dos sintomas, proporcionando uma percepção de melhora de saúde e qualidade de vida das pacientes.
Abstract: Introduction: Pelvic Organs Prolapse (POP) is defined by the International Continence Society (ICS) as descending the anterior and / or posterior vaginal wall as well as the apex of the vagina or the vaginal dome after hysterectomy. The pelvic floor muscles play a role in preventing pelvic organ descent. Tissue changes cause an increase in tension in the vaginal wall support system, contributing significantly to the descent of Organs pelvic organs. Therefore, the need for studies that can build the beneficial influence of conservative treatment on pelvic organ prolapse. Objective: to verify the influence of pelvic physiotherapy in the prolapse of pelvic organs Methods: This is a systematic review of a randomized controlled clinical trial. The searches were performed in the PubMed, SciELO, PEDro and MEDLINE databases. Clinical trials published between 2011 and 2020 in English, Spanish and Portuguese were included, review articles, articles that addressed surgical treatment or physiotherapy as an adjunct to surgical treatment, studies in animals and articles published in event. Results: 11 scientific articles were included according to the eligibility criteria. The data demonstrated that conservative treatment was beneficial for the treatment of clinical needs presented by patients. However, more research is needed with higher levels of scientific evidence. Conclusion: Conservative treatment has been shown to be efficient mainly in terms of symptoms, providing a perception of improved health and quality of life for patients.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL
Keywords: Prolapso pélvico
Saúde da mulher
Fisioterapia
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source.uri: Disponível na internet via correio eletrônico: bibsaude@ufpa.br
Appears in Collections:Faculdade de Fisioterapia e Terapia Ocupacional - FFTO/ICS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_AtuacaoFisioterapiaPelvica.pdf762,61 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons