Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/3242
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Desfechos clínicos de pacientes portadores de hepatite C crônica em um serviço de referência para tratamento das doenças do fígado
metadata.dc.creator: SANTOS, Danielle Borborema Tolentino dos
SANTOS, Jéssica Seibert dos
metadata.dc.contributor.advisor1: MOIA, Lizomar de Jesus Maués Pereira
metadata.dc.contributor.advisor1ORCID: https://orcid.org/0000-0002-6755-8725
metadata.dc.contributor.advisor-co1: IASI, Márcia do Socorro Ferreira
Issue Date: 2019
Citation: SANTOS, Danielle Borborema Tolentino dos; SANTOS, Jéssica Seibert dos. Desfechos clínicos de pacientes portadores de hepatite C crônica em um serviço de referência para tratamento das doenças do fígado. 2019. 71 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Medicina) - Faculdade de Medicina, Instituto de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Pará, Belém, 2019. Disponível em: http://hdl.handle.net/prefix/3242. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Introdução: A infecção pelo vírus da hepatite C é uma das principais causas de doença hepática crônica em todo o mundo, isso por que aproximadamente 85% das infecções agudas pelo VHC evolui para a cronicidade, possuindo um curso insidioso, com uma evolução lenta e progressiva. As complicações decorrentes incluem cirrose e carcinoma hepatocelular. Assim, o objetivo da terapia medicamentosa é curar a infecção pelo VHC para evitar as complicações hepáticas e extra-hepáticas relacionadas a doença. Objetivo: Descrever o perfil epidemiológico dos pacientes portadores de Hepatite C crônica além de investigar os principais desfechos clínicos e o resultado obtido após o tratamento. Metodologia: Trata-se de um estudo observacional, transversal, avaliando os dados provenientes de prontuários. A amostra foi selecionada aleatoriamente e avaliada quanto aos critérios de inclusão e exclusão. Os dados obtidos foram registrados em Banco de dados construído no Microsoft Office Access e na análise foram aplicados métodos estatísticos descritivos e inferenciais. Resultados e Discussão: Foram 108 pacientes avaliados, havendo predomínio do sexo masculino (55,6%). Com relação a idade, a mínima e a máxima foram 35 e 85 anos, respectivamente, com média de 60,7 anos (DP +- 12,2 anos). Dessa casuística 57,4% era portador de pelo menos uma comorbidade, com maior prevalência de esteatose hepática (27,8%). Entre os genótipos virais, encontrou-se maior frequência do genótipo 1b (45,4%), seguido do G3, G1a e G2 com prevalências de 28,7%, 20,4% e 3,7 %, respectivamente. Do total, 95,4% tiveram seu grau de fibrose avaliado encontrando uma prevalência maior de fibrose grau 4 (44,4%). Nestes pacientes, as complicações encontradas foram hipertensão portal 47,9%, ascite (25%) e encefalopatia hepática (6,25%). Da casuística, 75,9% realizaram tratamento, nesses o esquema antirretroviral mais utilizado foi o Sofosbuvir + Daclatasvir (30,5%) e o tempo de tratamento mais frequente foi de 12 semanas (83%). Considerando o padrão de resposta, pode-se perceber que 76,8% não possuía PCR ao final do tratamento, porém entre os 19 casos registrados a RVS foi de 84,2%. Conclusão: Nesse estudo o perfil encontrado para os portadores de HCV foi semelhante aos disponíveis na literatura: sexo masculino, acima dos quarenta anos, com infecção pelo vírus do genótipo 1b. Entre os graus de fibrose, houve predomínio da cirrose hepática, sendo que neste grupo complicações como varizes esofágicas foram as mais comuns. Em relação ao tratamento, foram encontradas altas taxas de RVS no grupo que fez acompanhamento e realizou dosagem de PCR.
Abstract: Introduction: Hepatitis C virus infection is one of the leading causes of chronic liver disease worldwide, as approximately 85% of acute HCV infections progress to chronicity, with an insidious, slowly evolving progressive. Complications include cirrhosis and hepatocellular carcinoma. Thus, the goal of drug therapy is to cure HCV infection to prevent hepatic and extra-hepatic complications related to disease. Objective To describe the epidemiological profile of patients with chronic hepatitis C, besides investigating the main clinical outcomes and the results obtained after treatment. Methodology: It is an observational study of a historical cohort evaluating data from medical records. The sample was randomly selected and evaluated for inclusion and exclusion criteria. The data obtained were recorded in a database built in Microsoft Office Access and in the analysis were applied descriptive and inferential statistical methods. Results and Discussion: There were 108 patients evaluated, predominantly male (55.6%). Regarding age, the minimum and maximum were 35 and 85 years, respectively, with a mean of 60.7 years (SD + - 12.2 years). Of these, 57.4% had at least one comorbidity, with a higher prevalence of hepatic steatosis (27.8%). Among genotypes, genotype 1b (45.4%) was more frequent, followed by G3, G1a and G2 with prevalences of 28.7%, 20.4% and 3.7%, respectively. Of the total, 95.4% had their degree of fibrosis evaluated, finding a higher prevalence of grade 4 fibrosis (44.4%). In these patients, the complications were portal hypertension 47.9%, ascites (25%) and hepatic encephalopathy (6.25%). Of the cases, 75.9% were treated, in those patients the most used antiretroviral regimen was Sofosbuvir + Daclatasvir (30.5%) and the most frequent treatment time was 12 weeks (83%). Considering the response pattern presented, it can be seen that 76.8% did not have CRP at the end of treatment, but among the 19 cases recorded the SVR was 84.2%.Conclusion: The results obtained demonstrated similarities with the national and international literature regarding the epidemiological profile of chronic HCV patients. Regarding the treatment, in spite of the scarce data it was possible to demonstrate the high rate of SVR in the appropriately treated group and that the post-treatment follow-up with the CRP dosing.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA
Keywords: Hepatite C
Epidemiologia
Desfechos clínicos
Infecção
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD ROM
Appears in Collections:Faculdade de Medicina - FAMED/ICS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_ClinicosPacientesHepatite.pdf916,29 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons