Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/prefix/3195
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Adoecimento docente: um estudo da literatura a partir das teses e dissertações no período de 2007 A 2017
metadata.dc.creator: SILVA, Evanilde Silva da
metadata.dc.contributor.advisor1: REIS, Maria Izabel Alves dos
Issue Date: 21-Dec-2018
Citation: SILVA, Evanilde Silva da. Adoecimento docente: um estudo da literatura a partir das teses e dissertações no período de 2007 A 2017. Orientadora: Maria Izabel Alves dos Reis. 2020. 60 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Pedagogia) – Faculdade de Educação, Instituto de Ciências da Educação, Universidade Federal do Pará, Belém, 2018. Disponível em: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/3195. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Este estudo verifica o que as Teses e Dissertações falam sobre o adoecimento docente, especialmente sobre a prevalência das doenças em professores da Educação Básica no Brasil, no período de 2007 a 2017, e busca identificar nessas pesquisas os fatores que contribuem para a ocorrência de patologias ocupacionais entre estes profissionais, bem como suas causas. Para isto, utilizou-se como procedimento metodológico a pesquisa bibliográfica de natureza exploratória, tendo como fonte de dados as Teses e Dissertações sobre adoecimento docente, defendidas nos Programas de Pós–Graduação das Universidades Federais, catalogadas na Base da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPES, no período mencionado. Ao final revisão bibliográfica, os resultados demonstraram que as doenças que mais têm afetado a saúde dos professores da Educação Básica brasileira são a doença mental, o distúrbio de voz e as Doenças Osteomusculares Relacionadas ao Trabalho – DORT, tendo como principais fatores determinantes do adoecimento a condição de trabalho docente, a precarização e a intensificação do trabalho, submetendo os professores ao sentimento de desvalorização profissional.
Abstract: This study verifies what the Theses and Dissertations talk about the sickness of teachers, especially about the prevalence of diseases in Basic Education teachers in Brazil, from 2007 to 2017, and seeks to identify in those studies the factors that contribute to the occurrence of pathologies among these professionals, as well as their causes. For this, a bibliographic research of an exploratory nature was used as a methodological procedure, having as a data source the Theses and Dissertations on teaching sickness, defended in the Graduate Programs of the Federal Universities, cataloged at the Coordination Base for the Improvement of Personnel of Higher Level, in the mentioned period. At the end of the literature review, the results showed that the diseases that have most affected the health of the Brazilian Basic Education teachers are mental illness, voice disorder and Work-Related Musculoskeletal Diseases – DORT. conditions of teaching work, precariousness and intensification of work, subjecting teachers to the feeling of professional devaluation.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::FUNDAMENTOS DA EDUCACAO::SOCIOLOGIA DA EDUCACAO
Keywords: Adoecimento
Trabalho docente
Educação básica
Illness
Teaching work
Basic education
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Faculdade de Pedagogia - FAED/ICED

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_AdoecimentoDocenteEstudo.pdf813,13 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons