Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/3190
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Religião e educação: a afinidade entre a reforma protestante, educação e a secularização da escola na modernidade
metadata.dc.creator: SILVA, Marcos Sergio Silva da
metadata.dc.contributor.advisor1: MIRANDA, Paulo Henrique Façanha de
Issue Date: 19-Dec-2018
Citation: SILVA, Marcos Sergio Silva da. Religião e educação: a afinidade entre a reforma protestante, educação e a secularização da escola na modernidade. Orientador: Paulo Henrique Façanha de Miranda. 2020. 58f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Pedagogia) – Faculdade de Educação, Instituto de Ciências da Educação, Universidade Federal do Pará, Belém, 2018. Disponível em: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/3190. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: No século XVI, a escola recebe um novo impulso: à reforma protestante. As cartas e sermões de Lutero com o fim de incentivar tanto os príncipes a criarem escolas como aos pais para mandarem seus filhos à escola além da parte pedagógica da reforma com o fim de colocar a bíblia na mão do povo colocou a escola em um novo patamar nas localidades por ela alcançadas. Organizada por Melanchthon, depois reestruturada na didática Comenius à escola no ocidente agora se amplia em seus estudos e não somente em âmbitos religiosos, mas científicos. Contudo, com o avanço da ciência e a nova ideia de “neutralidade na educação” procuraram dissolver o espaço da religião na escola. Apresentada como ideologia, a religião se reestrutura em outros ambientes pedagógicos e a escola segue seu rumo à procura de valores e autoridade fora da religião. Todavia, sua procura na era moderna de princípios próprios pode ter se configurado no mesmo que ela criticava
Abstract: In the sixteenth century, the school received a new impetus: the Protestant Reformation. Luther's letters and sermons to encourage both princes to create schools and parents to send their children to school beyond the pedagogical part of the reform in order to put the bible in the hands of the people put the school on a new level in the locations it has reached. Organized by Melanchthon, then restructured in the didactic Comenius to the school in the West now extends in its studies and not only in religious, but scientists. However, with the advancement of science and the new idea of "neutrality in education" have sought to dissolve the space of religion in school. Presented as ideology, religion restructures itself to other pedagogical environments and the school goes on the search for values and authority outside of religion. However, her quest in the modern age for her own principles may have set in the way she criticized.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::TOPICOS ESPECIFICOS DE EDUCACAO
Keywords: Reforma
Lutero
Neutralidade
Educação
Ideologia
Reformation
Luther
Neutrality
Education
Ideology
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Faculdade de Pedagogia - FAED/ICED

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_ReligiaoEducacaoAfinidade.pdf931,74 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons