Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/3143
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Estudo comparativo das características de absorção sonora de painéis de fibra de açaí e juta com geometrias superficiais planas e não plana
metadata.dc.creator: LIMA, Naianny Matos
PEREIRA, Sarah Fabiana Brasil
metadata.dc.contributor.advisor1: BASTOS, Leopoldo Pacheco
Issue Date: 2019
Citation: LIMA, Naianny Matos; PEREIRA, Sarah Fabiana Brasil. Estudo comparativo das características de absorção sonora de painéis de fibra de açaí e juta com geometrias superficiais planas e não plana. Orientador: Leopoldo Pacheco Bastos. 2019. 48 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Engenharia Mecânica) – Campus Universitário de Tucuruí, Universidade Federal do Pará, Tucuruí, 2019. Disponível em: http://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/3143. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: A população urbana tem vivido em constante exposição aos ruídos devido ao crescente e quase sempre desordenado processo de urbanização. Atualmente, a poluição sonora é o terceiro tipo de poluição que mais afeta o planeta, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), atingindo cerca de 120 milhões de pessoas no mundo. Os efeitos nocivos do ruído sobre o ser humano, abrangem prejuízos ao bem-estar físico, mental e social. Outros efeitos inconvenientes são percebidos em construções nos quais os critérios acústicos relacionados à absorção, isolamento e transmissão sonora não são adequadamente considerados, como em um ambiente com tempo de reverberação excessivamente elevado ou um isolamento sonoro deficiente, levando à interferências na compreensão da fala ou privacidade. Neste sentido, a busca por novos materiais, que possuam baixo custo de aquisição e produção, que promovam maior conforto sonoro, tem se intensificado nos últimos anos. Neste cenário, destacam-se algumas fibras vegetais, as quais têm sido utilizadas como matéria-prima na fabricação de painéis que apresentam bom desempenho acústico, no que se refere à absorção sonora, e outras características vantajosas (baixo custo de aquisição, não oferecem riscos à saúde humana nem ao meio ambiente, são provenientes de fontes renováveis, somente para citar algumas) em relação a materiais tradicionais como a lã de vidro e lã de rocha. No presente trabalho, foram investigados, em câmara reverberante em escala reduzida, painéis de fibras vegetais (açaí e juta) com geometria superficial plana e não plana (com protuberâncias na superfície). Foi observado que, considerando a mesma espessura de painel, os painéis com geometria não plana apresentaram desempenho levemente superior em relação aos painéis de superfície plana, especialmente em médias e altas frequências (a partir de 1600 Hz) e isto é atribuído às protuberâncias na superficie. Finalmente, conclui-se que as alterações geométricas promovidas nos painéis com superfície não plana contribuíram para aumentar a sua área de absorção efetiva, dando origem a painéis com desempenho acústico melhorado.
Abstract: The urban population has lived in constant exposure to noise due to the growing and almost always disorderly process of urbanization. Currently, noise pollution is the third most polluting type that affects the planet, according to the World Health Organization (WHO), reaching about 120 million people worldwide. Harmful effects of noise on humans are detrimental to physical, mental and social well-being. Other disadvantageous effects are perceived in constructs in which acoustic criteria related to absorption, isolation and sound transmission are not adequately considered, such as in an environment with excessively high reverberation time or poor sound insulation, leading to interferences in speech comprehension or privacy. In this sense, the search for new materials, which have a low cost of acquisition and production, that contribute to acoustic comfort, has intensified in recent years. In this scenario, some vegetal fibers drawn attention, since they have been used as raw material in the manufacture of panels that present good acoustic performance, regarding sound absorption, and other advantageous characteristics (low acquisition cost, do not present risks to human health or to the environment, come from renewable sources, just to name but a few) in relation to traditional materials such as glass wool and rock wool. In the present work, panels of vegetable fibers (açaí and jute) with flat and non-flat (with triangular shapes) surface geometry were investigated in a scale model reverberant chamber. It was found that, for the same panel thickness, the non-planar geometry panels presented slightly superior performance relative to the flat surface panels, especially at medium and high frequencies (from 1600 Hz), and this is attributed to protuberances in surface. Finally, it is concluded that the geometric changes made in the non-flat surface panels contributed to increase its effective absorption area, giving rise to panels with improved acoustic performance.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA MECANICA
Keywords: Isolamento acústico
Fibras vegetais
Açaí
Juta
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Faculdade de Engenharia Mecânica - FEM/CAMTUC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_EstudoComparativoCaracteristicas.pdf1,5 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons