Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/2974
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Metodologia da problematização no processo ensino-aprendizagem de educação em saúde na percepção de estudantes de enfermagem
metadata.dc.creator: SANTOS, Joyce Petrina Moura
metadata.dc.contributor.advisor1: DIAS, Geyse Aline Rodrigues
Issue Date: 11-Jul-2019
Citation: SANTOS, Joyce Petrina Moura. Metodologia da problematização no processo ensino-aprendizagem de educação em saúde na percepção de estudantes de enfermagem. Orientadora: Geyse Aline Rodrigues Dias. 2019. 67 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Enfermagem) - Faculdade de Enfermagem, Instituto de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Pará, Belém, 2019. Disponível em: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/2974. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: O estudo tem como objetivo conhecer a percepção de estudantes de graduação em enfermagem sobre processo ensino-aprendizagem por meio da metodologia da Problematização no ensino de educação em saúde. O estudo é descritivo, com abordagem qualitativa, desenvolvido em universidade pública da região Norte do Brasil. A disciplina pesquisada faz parte do segundo ano do curso de enfermagem e tem como foco os Processos Educativos em Saúde. Os participantes foram 15 estudantes de graduação regulamente matriculados no quarto semestre de enfermagem do primeiro semestre de 2019. A turma escolhida para a pesquisa constituía-se de 34 estudantes e como critérios de inclusão, os estudantes deveriam estar devidamente matriculados, ter cursado a disciplina nos últimos 6 meses, possuir frequência nas aulas ≥ 75%, participação em 100% das atividades práticas da disciplina onde o método da problematização foi utilizado. A coleta de dados foi realizada através de entrevista semiestruturada. Para a análise dos dados foram utilizadas as fases de codificação aberta e axial, do método das comparações constantes (STRAUSS; CORBIN, 2008) ordenadas em versão trial do programa Atlas TI®. Ao final da codificação aberta foram gerados 21 códigos e durante a codificação axial foram gerados 6 categorias, sendo elas: “Preferências relacionadas aos estilos de aprendizagem e métodos de ensino”; “Metodologia Ativa”; “Metodologia da Problematização com o Arco de Maguerez”; “Planejamento Educativo em Saúde: Compreensão dos estudantes”; “Entraves e Desafios vivenciados pelos estudantes”; “Avaliações e proposições para melhor desenvolvimento do processo ensino-aprendizagem”. Com o estudo foi possível constatar que Arco da Problematização apresenta forte potencial para o ensino de planejamento educativo em saúde, uma vez que possui características de planejamento participativo e que corroboram para uma educação libertadora em busca da aprendizagem significativa. Nesse sentido, o processo de ensino por meio da metodologia da problematização foi efetivo, pois os acadêmicos relatam que aprenderam fazer planejamento educativo por meio do Arco de Maguerez. Além disso, também tiveram estudantes que utilizaram o Arco como instrumento direto de planejamento, relatando diretamente as etapas do método como um mecanismo de planejamento educativo participativo.
Abstract: The purpose of this study is to understand the perception of undergraduate nursing students about the teaching-learning process through the methodology of Problematization in the teaching of health education. The study is descriptive, with a qualitative approach, developed in a public university of the Northern region of Brazil. The subject searched for is part of the second year of the nursing course and focuses on the Health Education Processes. The participants were 15 undergraduate students who were regularly enrolled in the fourth semester of nursing in the first semester of 2019. The group chosen for the research, the students should be properly enrolled, have studied in the last 6 months, have attendance in classes ≥ 75%, participate in 100% of the practical activities of the discipline where the method of the problem was used . Data collection was performed through a semi-structured interview. For the analysis of the data, the open and axial coding phases of the constant comparisons method (STRAUSS; CORBIN, 2008) ordered in the trial version of the Atlas TI® program were used. At the end of the open coding were generated 21 codes and during the axial coding 6 categories were generated, being: "Preferences related to learning styles and teaching methods"; "Active Methodology"; "Methodology of the Problematization with the Arch of Maguerez"; "Health Education Planning: Understanding the students"; "Obstacles and Challenges experienced by students"; "Evaluations and propositions for better development of the teaching-learning process". With the study, it was possible to verify that the Problem Array presents a strong potential for teaching health education planning, since it has characteristics of participatory planning and that corroborate to a liberating education in search of meaningful learning. In this sense, the teaching process through the methodology of the problematization was effective, since the academics report that they learned to do educational planning through the Arch of Maguerez. In addition, they also had students who used Arco as a direct planning tool, directly reporting the steps of the method as a participatory educational planning mechanism.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM
Keywords: Enfermagem
Metodologia da problematização
Educação em saúde
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD ROM
Appears in Collections:Faculdade de Enfermagem - FAENF/ICS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_MetodologiaProblematizacaoProcesso.pdf773,15 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons