Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/2970
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Protocolo de cuidados para recém-nascidos prematuros: validação de tecnologia
metadata.dc.creator: SILVA, Akyson Zidane Merca
metadata.dc.contributor.advisor1: PARENTE, Andressa Tavares
Issue Date: 9-Jul-2019
Citation: SILVA, Akyson Zidane Merca. Protocolo de cuidados para recém-nascidos prematuros: validação de tecnologia. Orientadora: Andressa Tavares Parente. 2019. 58 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Enfermagem) - Faculdade de Enfermagem, Instituto de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Pará, Belém, 2019. Disponível em:https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/2970. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Os recém-nascidos pré-termo formam um público que merece atenção especial pelos profissionais de saúde, uma vez que possuem chances muito maiores de desenvolverem comorbidades capazes de afetar sua saúde de forma permanente e até levá-los a óbito. Diante disto, o Ministério da Saúde preconiza medidas humanizadas por meio do Método Canguru, para que os neonatos recebam assistência adequada para a preservação de seu desenvolvimento. A Unidade de Terapia Intensiva Neonatal é um dos ambientes essenciais aos cuidados com este público e dispõe de equipe e materiais especializados para tal assistência. O estudo buscou validar um protocolo de cuidados para recém-nascidos prematuros, com base nas orientações do Método Canguru. Trata-se de uma pesquisa do tipo metodológica, descritiva, de natureza quali-quantitativa sobre a validação de um protocolo assistencial. Participaram da pesquisa 28 juízes, entre enfermeiros, médicos e fisioterapeutas que possuem experiência, conhecimento e atuam na área da neonatologia e do Método Canguru. Estes atenderam aos critérios de inclusão e aceitaram participar do estudo após a apresentação do TCLE. Foi entregue aos participantes o kit validação, contendo carta convite, TCLE em duas vias, o protocolo e o instrumento de avaliação da tecnologia assistencial. Entre os 28 juízes, 23 deles são enfermeiros, com média de 14 anos de atuação no ambiente neonatal. Os dados foram coletados por meio de um instrumento avaliativo composto pelo perfil profissional e avaliação do protocolo, seguindo a escala de Likert. A coleta ocorreu durante os meses de maio e junho de 2019. A pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa daFundação Santa Casa de Misericórdia do Pará, de acordo com a resolução 466/12 do Conselho Nacional de Saúde. Os dados referentes à avaliação contidos no instrumento avaliativo foram organizados em planilha através da utilização do software Microsoft Excel 2007, em seguida analisados e dispostos em tabelas. A maioria dos juízes (89,2%) eram do sexo feminino, possuiram média de 43 anos de idade, sendo 82,1% enfermeiros e 78,5% especialistas em neonatologia. Os resultados indicaram excelentes IVC em relação aos domínios, agregando o valor de 0,91 ao IVC geral da tecnologia. O domínio “Objetivos” apresentou obteve IVC de 0,94; Estrutura e Apresentação obteve 0,86 com destaques para os itens “Cientificismo” e “Referências” que apresentaram o menores índices, indicando a necessidade de revisão e possível atualização de informações cientificas contidas no protocolo; e 0,94 em Relevância, onde houveram declarações que ressaltaram a importância deste tipo de pesquisa e da criação de tecnologia para a saúde. Diversas contribuições foram realizadas a fim de melhorar o conteúdo do protocolo, que foram analisadas e serão utilizadas no aprimoramento visando sua introdução na instituição. Diante dos achados, o protocolo foi considerado válido para a utilização.
Abstract: Preterm newborns are an audience that deserves special attention from health professionals, since they are much more likely to develop comorbidities that can permanently affect their health and even cause them to die. Given this, the Ministry of Health recommends humanized measures through the Kangaroo Method, so that newborns receive adequate assistance to preserve their development. The Neonatal Intensive Care Unit is one of the essential environments for caring for this audience and has specialized staff and materials for such care. The study sought to validate a care protocol for premature newborns based on the Kangaroo Method guidelines. This is a methodological, descriptive, qualitative and quantitative research on the validation of a care protocol. Twenty-eight judges participated in the research, including nurses, doctors and physiotherapists who have experience, knowledge and work in the area of neonatology and the Kangaroo Method. They met the inclusion criteria and agreed to participate in the study after the presentation of the informed consent form. The participants were given the validation kit, containing invitation letter, two-way IC, the protocol and the assessment tool for assistive technology. Among the 28 judges, 23 of them are nurses, with an average of 14 years of experience in the neonatal environment. Data were collected through an evaluative instrument composed by the professional profile and protocol evaluation, following the Likert scale. The collection took place during the months of May and June of 2019. The research was approved by the Research Ethics Committee of the Santa Casa de Misericórdia do Pará Foundation, according to the Resolution 466/12 of the National Health Council. contained in the evaluation instrument were organized in a spreadsheet using Microsoft Excel 2007 software, then analyzed and arranged in tables. Most judges (89.2%) were female, had an average of 43 years old, 82.1% nurses and 78.5% neonatology specialists. The results indicated excellent CVI over domains, adding a value of 0.91 to the overall CVI of the technology. The domain “Objectives” presented CVI of 0.94; Structure and Presentation obtained 0.86 with highlights for the items “Scientism” and “References” that presented the lowest indexes, indicating the need for revision and possible updating of scientific information contained in the protocol; and 0.94 in Relevance, where there were statements that stressed the importance of this type of research and the creation of technology for health. Several contributions were made in order to improve the protocol content, which were analyzed and will be used in the improvement aiming at its introduction in the institution. Given the findings, the protocol was considered valid for use.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM
Keywords: Estudos de validação
Pesquisa metodológica em enfermagem
Recém-nascido prematuro
Cuidados de enfermagem
Unidades de terapia intensiva neonatal
Validation studies
Neonatal intensive care units
Nursing care
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Faculdade de Enfermagem - FAENF/ICS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_ProtocoloCuidadosRecemnascidos.pdf911,94 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons