Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/2923
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Efeito do tamanho da malha de redes de plâncton sobre os parâmetros ecológicos de rotíferos do gênero KERATELLA
metadata.dc.creator: REIS, Thayane Portos
metadata.dc.contributor.advisor1: MARTINELLI FILHO, José Eduardo
metadata.dc.contributor.advisor-co1: LEITE, Alysson Antônio da Costa
Issue Date: 17-Jul-2019
Citation: REIS, Thayane Porto. Efeito do tamanho da malha de redes de plâncton sobre os parâmetros ecológicos de rotíferos do gênero KERATELLA. Orientador: José Eduardo Martinelli Filho. Coorientador: Alysson Antônio da Costa Leite. 2019. 36 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Oceanografia) - Faculdade de Oceanografia, Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2019. Disponível em: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/2923. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: O zooplâncton é um dos principais componentes das comunidades aquáticas, representados principalmente por microcrustáceos e rotíferos. Dentre os grupos do zooplâncton, os rotíferos destacam-se por sua alta diversidade, abundância e um elevado número de espécies, além de seu pequeno tamanho. Colocando-o em uma posição diferenciada em relação aos microcrustáceos, geralmente maiores e facilmente capturados por redes de plâncton convencionais. Portanto, os rotíferos podem ter seus parâmetros ecológicos subestimados, em virtude de uma seleção equivocada do tamanho da abertura da malha da rede de plâncton. Dessa forma, o trabalho avaliou o efeito de duas redes de coleta de plâncton sobre o tamanho, densidade e biomassa de espécies dominantes do gênero Keratella no reservatório de Tucuruí (PA). As coletas ocorreram durante o ano de 2015, em períodos de menor e maior precipitação. A amostragem ocorreu em 12 pontos de coleta, divididos ao longo do reservatório, por meio de arrastos verticais concomitantes com redes de malha de 20 e 64 μm. Em laboratório, um mínimo de 30 indivíduos foi mensurado para cada amostra. Os valores de densidade foram calculados por meio da análise de alíquotas da amostra total e fórmulas matemáticas e a biomassa segundo o método descrito por Ruttner-Kolisko. As principais análises estatísticas realizadas foram teste de Mann-Whitney e a PERMANOVA. No total foram analisadas 48 amostras. Para a rede de 64 μm, os maiores valores de densidade (1.861 ± 1.582 org.m-³) e biomassa (7,026 ± 6,145 μgPS.m-³) ocorreram durante o período chuvoso, como possível consequência do processo de lixiviação. Para a rede de 20 μm, entretanto, os maiores valores de densidade (2.346 ± 4.286 org.m-³) e biomassa (8,021 ± 14,111 μgPS.m-³) ocorreram durante o período seco. Na montante foram observados os maiores valores de densidade e biomassa, o que pode ser consequência de atributos do sistema lêntico e mesmo a eutrofização, pois nessa região existem municípios sem tratamento de esgoto. Indivíduos menores de ambas K. americana e K. cochlearis ocorreram na rede de 20 μm. Sendo assim, a rede de 20 μm selecionou organismos menores, e a rede de 64 μm selecionou organismos maiores. Contudo, a variação na sazonalidade e entre os compartimentos do reservatório foi mais importante sobre a densidade e biomassa do gênero Keratella, do que as redes de malha.
Abstract: Zooplankton is one of the main ecological compartments of an aquatic community and is composed mainly by microcrustaceans and rotiferans. Between the zooplanktonic groups, the rotifers are highlighted due to its high diversity, abundance and richness, as well as its small size in relation to the microcrustaceans, which are larger and easily catch by conventional plankton nets. As a consequence, rotifers may have some ecological parameters underestimated due to inadequate plankton net mesh sizes. This study analyzed the effect of two plankton net mesh over the size, density and biomass of the dominant species from the Keratella genus in the Tucuruí reservoir (Pará state, Brazil). Sampling was performed during 2015, at the rainy and dry seasons and over 12 sampling stations along the reservoir, by concomitant vertical tows with 20 and 64 μm plankton nets. During the laboratory analysis, a minimum of 30 specimens were measured at each sample. Density was estimated through the analysis of sample aliquots and the biomass through the method described by Ruttner-Kolisko. The main statistical testes applied were the Mann-Whtiney test and the PERMANOVA. A total of 48 samples were analyzed. The highest density (1,861 ± 1,582 org.m-³) and biomass (7.026 ± 6.145 μgPS.m-³) values occurred during the rainy season for the 64 μm mesh, as possible consequence of continental nutrient input. For the 20 μm net, the highest density (2,346 ± 4,286 org.m-³) and biomass (8.021 ± 14.111 μgPS.m-³) values were described during the dry season. The upstream stations showed higher density and biomass in relation to the downstream stations, as a possible consequence of the lentic system attributes, or even eutrophication, since small cities without sewage treatment are located at the margins of the reservoirs. Smaller specimens of both K. americana and K. cochlearis occurred at the smaller mesh net. Thus, the 20 μm mesh net selected smaller organisms, and the 64 μm network selected larger organisms. However, seasonality and spatial variability were more important to explain the variations on density and biomass of the Keratella genus, than mesh nets.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::OCEANOGRAFIA::OCEANOGRAFIA BIOLOGICA
Keywords: Zooplâncton
Reservatório Tropical
Seleção
Amazônia
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD ROM
Appears in Collections:Faculdade de Oceanografia - FAOC/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_EfeitoTamanhoMalha.pdf666,14 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.