Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/2922
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Avaliação da biomassa e produção secundária das apendiculárias (UROCHORDATA:APPENDICULARIA) na plataforma continental amazônica
metadata.dc.creator: MENDES, Haresson Elias Pampolha de Siqueira
metadata.dc.contributor.advisor1: MARTINELLI FILHO, José Eduardo
Issue Date: 11-Jul-2019
Citation: MENDES, Haresson Elias Pampolha de Siqueira. Avaliação da Biomassa e Produção secundária das apendiculárias (UROCHORDATA:APPENDICULARIA) na plataforma continental amazônica. Orientador: José Eduardo Martinelli Filho. 2019. 36 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Oceanografia) - Faculdade de Oceanografia, Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2019. Disponível em: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/2922. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: As apendiculárias são invertebrados cordados pertecentes a classe Appendicularia e são amplamente distribuídos como componente do zooplâncton marinho e estuarino ao redor do mundo.Seu corpo é divido em duas partes: tronco e cauda e produzem um revestimento gelatinoso capaz de filtrar diversos tamanhos de partículas presente nos ecossistemas pelágicos. Este estudo objetivou analisar a influência das variáveis ambientais presentes na plataforma continental amazônica (PCA) sobre essa comunidade sujeita a sazonalidade da região. A amostragem foi realizada ao longo de um transecto perpendicular a linha de costa, abrangendo os meses de março (período chuvoso) e outubro (período seco) de 2018, totalizando 29 estações de coleta. As apendiculárias foram coletadas por meio de arrastos oblíquos com auxílio de rede cilíndrico-cônica (200μm) e um fluxômetro acoplado a mesma e as variáveis ambientais temperatura (ºC) e salinidade foram medidas com uma sonda multiparâmetro, enquanto que a concentração de clorofila-a foi calculada com base no método espectrofotométrico. Foram determinadas a composição específica, densidade, frequência de ocorrência (%), biomassa, taxa de crescimento e produção secundária para a assembléia de apendiculárias.Foram encontrados 11 táxons de apendiculárias e Oikopleura longicauda foi a espécie com maior representatividade, tanto em termos de densidade, quanto de biomassa e produção secundária durante os dois períodos.A salinidade foi a principal varíavel condicionante na delimitação da área de influência da pluma e oceânica, sendopossível observar um padrão de distribuição crescente no sentido costa-oceano em termos de densidade, biomassa e produção secundária intimamente relacionado a área de influencia pluma. As taxas de crescimento foram cerca de duas vezes menores em relação ao observado no sudeste do país, possivelmente como reflexo das elevadas temperaturas na PCA. Além disso, observou-se que a distribuição das espécies pode estar diretamente relacionada as suas adaptações diante das oscilações de salinidade intermediada pela pluma, sendo afetada pelas condições hidrológicas da região e influenciando diretamente os valores de biomassa e produção secundária.A sazonalidade apresentou grande influência sobre a distribuição da comunidade de apendiculários da PCA, principalmente impulsionada pela ação da pluma.
Abstract: Appendicularians are cordate invertebrates belonging to the Appendicularia class and are widely distributed on the world’s marine and estuarine zooplankton. Its body is divided in two parts: the trunk and the tail and they produce a gelatinous house which is capable of filtering a large spectra of particle sizes available at the pelagic ecosystem. The objective os this study was to analyze the influence of environmental parameters over the appendicularian community subjected to the high variability of the Amazon Continental Shelf (ACS). Sampling was perfomed over a transect perpendicular to the shelf during both rainy (March) and dry (October) seasons, 2018 with a total of 29 sampling stations. Appendicularians were collected by oblique tows using conical plankton nets (200μm) coupled to a mechanical flowmeter. Temperature and salinity were measurde by a multiparameter sensor, while clorophyll-a concentration was calculated by spectometry. Species composition, density, frequency of occurrence, biomass, growth rates and secondary production were calculated for the appendicularians assembly. A total of 11 species were found and Oikopleura dioica was the most representative for density, biomass and secondary production during both periods. Salinity was the main variable related to the river plume area of influence and can observe an icreasing distribution pattern in terms of density, biomass and secondary production probably related by the river plume. Growth rates were about two times smaller than observed for the southeastern Brazilia coast, possibly due to the high temperatures at the ACS.It was observed that species distribution may be closely related to its adaptation to sanily variation caused by hydrological conditions directly affecting the biomass and secondary production. Seasonality had a expressive influence over the appendicularian community at the ACS, mainly drived by the river plume movement trhough time and the salinity as the main factor on the distribution and occurrence of the species.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::OCEANOGRAFIA::OCEANOGRAFIA BIOLOGICA
Keywords: Zooplâncton
Appendicularia
Pluma estuarina
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD ROM
Appears in Collections:Faculdade de Oceanografia - FAOC/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AvaliacaoBiomassaProducao.pdf1,21 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.