Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/2875
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: A intervenção docente no processo de produção textual: uma análise sobre as práticas de professores em formação inicial do curso de Língua Portuguesa
Other Titles: The teaching intervention in the textual production process: an analysis of the practices of teachers in initial formation of the Portuguese Language course
metadata.dc.creator: BARBOSA, Patrícia Negrão
metadata.dc.contributor.advisor1: PAIVA, Zilda Laura Ramalho
Issue Date: 29-Sep-2017
Citation: BARBOSA, Patrícia Negrão. A intervenção docente no processo de produção textual: uma análise sobre as práticas de professores em formação inicial do curso de Língua Portuguesa. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Letras - Língua Portuguesa) -- Campus Universitário de Castanhal, Universidade Federal do Pará, Castanhal, 2017. Disponível em: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/2875. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Há muito tempo, estudantes do ensino básico vem demonstrando dificuldades em utilizar a língua escrita para expressar-se, no entanto, essa dificuldade relacionada à escrita não é só dos alunos, também o professor encontra dificuldades, mas do outro lado do processo textual, isto é, no processo de correção dos textos produzidos em sala de aula. Nesse sentido, para compreender como o professor em formação inicial intervém nos textos dos alunos, realizamos uma pesquisa qualitativo-interpretativa de cunho etnográfico e de natureza aplicada, cujo objetivo geral é “refletir sobre o processo de produção textual a partir das intervenções dos mediadores, professores em formação”; os objetivos específicos são: identificar os tipos de intervenção realizados nos textos dos alunos; verificar que modificações são realizadas pelos alunos a partir das intervenções; e verificar a linguagem utilizada pelos corretores durante a intervenção. Para alcançar nossos objetivos, desenvolvemos, durante a disciplina de Estágio Supervisionado do Ensino Médio, a aplicação de uma Sequência Didática (SD) em formato de Minicurso, em uma escola Estadual da cidade de Castanhal-Pa. No decorrer da aplicação, realizamos observações e anotações acerca das atividades em sala, referentes às atividades da SD, as conversas com alunos e professores, além de selecionarmos os textos para análise. Como referencial teórico, tomamos Bakhtin (2014), Geraldi (2012), Passarelii (2012), Ruiz (2015), Sercundes (2004), Travaglia (1996), Menegassi (2010), entre outros autores. A partir das tipologias de correção apresentadas por Ruiz (2015), observamos, durante a análise de dados, que os professores utilizaram em maior frequência a correção indicativa; quanto à resposta dos alunos às intervenções no processo de reescrita, na maioria dos dados os alunos buscaram seguir as correções, mas demonstraram dificuldades ao reescrever o texto deixando alguns problemas sem correção, cometendo novos erros na reescrita. O que nos levou a refletir que a dificuldade na reescrita está relacionada ao tipo de linguagem utilizada pelos professores no processo da correção, visto que, as informações acrescentadas nos textos estavam voltadas para os termos gramaticais.
Abstract: For a long time primary and high school students have shown difficulties in using written language to express themselves. However, this difficulty to write is not only the students‟. The teacher also encounters difficulties, but on the other side of the writing process. This is, in the process of correction of texts produced in the classroom. In this sense, to understand how teachers in training intervene in the texts of the students, we performed a qualitative-interpretative research of ethnographic and applied nature, whose general objective was "to reflect on the process of textual production intervened by the mediators, teachers in training " and the specific objectives were: to identify the types of intervention carried out in the students‟ texts; verify that the modifications were made by the students after the interventions; and check the language used by the teachers in training during the intervention. In order to achieve our objectives, we developed, during the discipline of Supervised Internship in High School, the application of a Didactic Sequence (DS) in a mini-course format, in a state school in Castanhal city, Pará. During the application, we made observations and notes about classroom activities related to DS activities, conversations with students and teachers, and selected texts for analysis. As a theoretical reference, we used Bakhtin (2014), Geraldi (2012), Passarelii (2012), Ruiz (2015), Sercundes (2004), Travaglia (1996), Menegassi (2010) as a base, among other authors. From the correction typologies presented by Ruiz (2015), we observed, during the data analysis, that the teachers used the indicative correction more frequently. As for the students' responses to the rewriting process, in most of the data the students sought to follow the corrections, but they showed difficulties in rewriting the text, leaving some problems uncorrected and made new errors in the rewritten texts. This led us to the conclusion that the difficulty in rewriting was related to the type of language used by the teachers in the correction process, since most of the information added in the texts were grammatical terms.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES
Keywords: Prática de ensino
Professores - Formação
Aprendizagem
Textos
Student teaching
Teachers, Training of
Learning
Texts
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Faculdade de Língua Portuguesa - CCAST

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_IntervencaoDocenteProcesso.pdf5,03 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons