Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/2859
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Atitudes pedagógicas para estimular um aluno autista a fazer suas atividades
metadata.dc.creator: CRUZ, Suécia Adriana Vilhena
metadata.dc.contributor.advisor1: SILVA, Maria de Fátima Vilhena da
metadata.dc.contributor.advisor1ORCID: https://orcid.org/0000-0002-0800-2444
Issue Date: 9-Mar-2018
Citation: CRUZ, Suécia Adriana Vilhena. Atitudes pedagógicas para estimular um aluno autista a fazer suas atividades. 2018. 30 f. Orientadora: Maria de Fátima Vilhena da Silva. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura Integrada em Educação em Ciências, Matemática e Linguagens) – Faculdade de Educação Matemática e Científica, Instituto de Educação Matemática e Científica, Universidade Federal do Pará, Belém, 2018. Disponível em: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/2859. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: No nosso país existem leis referente ao atendimento nas escolas de pessoas com algum tipo de deficiência. Porém, tem que existir qualificação adequada de professores para acolher os alunos com dificuldades de interação. Quando se trata de pessoa com Transtorno do espectro autista - TEA- é fundamental adaptar as suas atividades posto que esse transtorno tem como uma das características o sujeito seguir regras que nem sempre são impostas na escola. Diante dessa realidade o presente trabalho tem como problema de pesquisa: Até que ponto as atitudes pedagógicas podem estimular ou restringir a pessoa com autismo para realizar as atividades escolares? O objetivo principal é analisar pedagogicamente o comportamento do aluno autista frente as propostas escolares.O aluno pesquisado na época tinha 15 anos de idade, estudava no 5º ano dos anos iniciais em uma escola estadual no bairro do Guamá, na cidade de Belém. A coleta de dados ocorreu durante um semestre no estagio de docência. Neste estudo o aluno recebe o nome fictício de Lucas, a fim de preservar sua identidade. Os dados obtidos incluíram observações do aluno e contato direto com ele e da prática da professora regente dessa turma, sendo que o aluno apesar de ser autista demonstra interesse quando está fazendo algo que gosta, como usar a criatividade fazendo suas invenções. Embora minha convivência com o aluno tenha sido em um curto período pude perceber que suas virtudes e sua inteligência não eram aproveitadas em sala de aula fazendo com que esse aluno ficasse sem atividades durante o período em que estava na escola.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::TOPICOS ESPECIFICOS DE EDUCACAO::EDUCACAO ESPECIAL
Keywords: Autismo
Inclusão Escolar
Prática de Ensino
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Faculdade de Educação Matemática e Científica - FEMCI/IEMCI

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_AtitudesPedagogicasEstimular.pdf420,68 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons