Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/2762
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Utilização de produtos de sensores remotos para detecção de coberturas lateríticas na região de Canaã dos Carajás (PA), através da classificação orientada a objeto
metadata.dc.creator: CONCEIÇÂO, Raimundo Almir Costa da
metadata.dc.contributor.advisor1: SILVA, Arnaldo de Queiroz da
Issue Date: Sep-2013
Citation: CONCEIÇÃO, Raimundo Almir Costa da. Utilização de produtos de sensores remotos para detecção de coberturas lateríticas na região de Canaã dos Carajás (PA), através da classificação orientada a objeto. Orientador: Arnaldo de Queiroz da Silva. 2013. 61 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Geologia) - Faculdade de Geologia, Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2013. Disponível em: https://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/2762. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Este trabalho apresenta os resultados obtidos na utilização de imagens Landsat-5/TM, PALSAR/ALOS e Modelo Digital de Elevação (MDE) aplicados ao mapeamento de coberturas lateríticas, no município de Canaã dos Carajas-PA, através da classificação orientada ao objeto. As coberturas lateríticas de regiões tropicais úmidas são unidades geológicas de interesse à prospecção mineral e o desenvolvimento do sensoriamento remoto possibilita que essas coberturas possam ser mapeadas de forma mais sistemática e acelerada. Para mapear as coberturas lateríticas e avaliar os produtos sensores viáveis no estabelecimento de uma metodologia de classificação, foram utilizadas as bandas 3, 4, 5 do satélite Landsat-5/TM, o Índice de Vegetação por Diferença Normalizada (NDVI), as bandas HH e HV do satélite PALSAR/ALOS e o MDE-SRTM. À essas imagens, após pré-processamento, foi aplicada a classificação orientada a objeto, que utiliza a técnica de segmentação para transformar a imagem em objetos (segmentos), dentro dos quais os pixels tem as mesmas características espectrais. O processo de classificação das imagens Landsat-5/TM, foi realizado através de níveis. No nível 1, se deu a classificação da vegetação e não vegetação. No nível 2, separou-se a não vegetação em área construída, complexo mineiro e solo. No nível 3, se deu a discriminação das coberturas lateríticas a partir do solo. Os descritores e limiares utilizados para a classificação das lateritas foram: o brilho médio (42 a 83,88), reflectância média da banda 3 (32 a 57) e a média do NDVI (0,2 a 0,42). A partir do MDE, verificou-se que as lateritas encontram-se em relevo plano a ondulado (entre 200 e 300 m de altitude), o que pode indicar tratar-se de lateritas imaturas (Pleistoceno). Outras, menos representativas na área, encontram-se no topo de algumas serras em altitudes maiores (600 a 738m). Essas, por sua vez, podem ser relacionadas com lateritas maturas mais antigas (Eoceno-Oligoceno). Apesar de conter erros de classificação e confusão com outras classes, a classificação foi considerada satisfatório e a técnica orientada a objeto se mostrou promissora na discriminação das coberturas lateríticas.
Abstract: This work presents the results obtained from the use of Landsat-5/TM, PALSAR/ALOS and Digital Elevation Model (DEM) images, applied to the mapping of lateritic covers in the town of Canaã dos Carajas - PA, through object oriented classification. Lateritic covers of humid tropical regions are geological units of interest for mineral prospecting and the development of remote sensing enables these coverages to be mapped in a more systematic and accelerated way. To map lateritic covers and evaluate viable sensors products for the establishment of a methodology of classification were used bands 3, 4, 5 from Landsat-5/TM satellite, the Normalized Difference Vegetation Index (NDVI), the HH and HV bands from PALSAR/ALOS satellite and SRTM-DEM. Were applied in these images the object oriented classification, which uses the segmentation technique to transform images in objects (segments), in which pixels have the same spectral characteristics. The classification process of Landsat-5/TM images was performed through levels. At level 1, occurred the classification of vegetation and no vegetation. At level 2 it was separated non vegetation in constructed area, mining complex and soil. At level 3, it was gave a breakdown of lateritic coverages from soil. Descriptors and thresholds used for the classification of laterites were: average brightness (42 to 83.88), mean reflectance of band 3 (32-57) and mean NDVI (0.2 to 0.42). From the DEM, it was found that laterites show values between 100 and 200 meters in elevation, plan to wavy relief, indicating the presence of immature laterites (Pleistocene). Others, less representative in area, are at higher altitudes (600 to 738m) at the top of some ridges. These, in turn, can be related with older mature laterites (Eoceno - Oligocene). Although it may contain classification errors and confusion with other classes, the classification was considered satisfactory and the object oriented classification technique has shown considerable promise in the differentiation of lateritic cover.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOLOGIA
Keywords: Sensoriamento remoto
Classificação Orientada a Objeto
Lateritas
Canaã dos Carajás - PA
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Faculdade de Geologia - FAGEO/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_UtilizacaoProdutosSensores.pdf6,19 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons