Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/2756
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Petrologia magnética dos granitóides Arqueanos de Água Azul do Norte - Província Carajás
metadata.dc.creator: SANTOS, Lucy Soares dos
metadata.dc.contributor.advisor1: OLIVEIRA, Davis Carvalho de
Issue Date: 2016
Citation: SANTOS, Lucy Soares dos. Petrologia magnética dos granitóides Arqueanos de Água Azul do Norte - Província Carajás. Orientador: Davis Carvalho de Oliveira. 2016. 74 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Geologia) - Faculdade de Geologia, Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2016. Disponível em:https://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/2756. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: A região de Água Azul do Norte está localizada na porção centro-norte da Província Carajás, compreendendo às porções sul do Domínio Carajás e norte do Domínio Rio Maria, onde afloram granitoides mesoarqueanos de naturezas distintas. São elas: i) associações Tonalítica-Trondjemítica-Granodioríticas (TTG); ii) de alto-Mg, representado pelos sanukitoides Água Azul e Água Limpa; iii) de alto Ba-Sr, formado pelo Leucogranodiorito Nova Canadá; iv) de alto-K, que agrupa as rochas do Granito Boa Sorte, Leucogranito Velha Canadá, e granitos porfiríticos indiferenciados; e v) Granodiorito Grotão que difere dos leucogranitos de alto-K por serem mais empobrecidos em elementos incompatíveis. Os valores de suscetibilidade magnética obtidos para tais granitoides variam entre 2,70x10-6 e 2,78x10-2 SIv, e que podem ser dividos em três populações magnéticas. O Granodiorito Grotão e os granitoides de alto-Mg se concentram nas populações menos magnéticas (B e C), enquanto as unidades de alto-K, alto Ba-Sr e associação TTG apresentam uma ampla distribuição com concentração mais expressiva nas populações mais magnéticas (A e B). A magnetita é o principal mineral Fe-Ti nas rochas pertencentes às populações mais magnéticas, enquanto que naquelas com os valores intermediários de SM, este mineral está associado à ilmenita e hematita, e que geralmente está ausente nas rochas com os mais baixos valores de SM. Os leucogranitos de alto-Ba-Sr, alto-K e TTG estão ligados a paragêneses compostas por uma associação de titanita (idiomórfica) + magnetita + quartzo que indicam condições de fO2 relativamente elevadas, similares às do tampão HITMQ. Processos que ocorrem em condições subsolidus (martitização) indicam um aumento de fO2, indicando que condições acima do tampão HM foram atingidas nesse estágio. Os Sanukitoides e o Granodiorito Grotão apresentam comportamentos magnéticos idênticos. Os primeiros apresentam associações mineralógicas semelhantes à Suíte Sanukitoide do Domínio Rio Maria, e admite-se que estas rochas foram formadas entre os tampões HM e FMQ. As baixas concentrações de minerais opacos e de magnetita nessas rochas, resultando nos seus baixos valores de SM, estão relacionados ao expressivo conteúdo modal de epidoto magmático, formado a partir da substituição da magnetita. Outras rochas de alto-Mg estariam relacionadas à formação da magnetita em parte substituindo o epidoto magmático, durante o evento de deformação e recristalização.
Abstract: Água Azul do Norte region is located in the northern of the Carajás Province, comprising the southern portions of the Carajás Domain and North of Rio Maria Domain, where occur Mesoarchean granitic rocks of different natures. They are: i) Tonalitic-Trondjemitic-Granodioritic associations (TTG); ii) high-Mg, represented by Água Azul and Água Limpa sanukitoides; iii) high Ba-Sr, formed by Nova Canadá Leucogranodiorite; iv) high-K, represented by rocks of the Boa Sorte Granite, Velha Canadá leucogranite and porphyritic undifferentiated granites; and v) Grotão Granodiorite which differs from high-K leucogranite for being the poorest in incompatible elements. The magnetic susceptibility values obtained for these range from granitic 2,70x10-6 and 2,78x10-2 SIv, and which can be divided into three magnetic populations. The Grotão Granodiorite and high-Mg granitic concentrated in the less magnetic population (B and C), whereas the high-K units, high Ba-Sr and TTG association have a broad distribution with more significant concentration on the magnetic populations (A and B). Magnetite is Fe-Ti main mineral in the most magnetic populations, whereas in the intermediaries SM values population besides the magnetite there is an association with ilmenite and hematite, which is usually absent in rocks with lower SM values. The high-Ba-Sr, high-K leucogranite and TTG are connected to composite parageneses by titanite (idiomorphic) + magnetite + quartz association indicate relatively high fO2 conditions similar to the HITMQ buffer. Processes that occurr in subsolidus conditions (martitization) indicate an increase fO2, showing that HM buffer above conditions were reached at this stage. The Sanukitoides and Grotão Granodiorite have identical magnetic behavior. The first, feature mineralogical associations like Sanukitoid Suit of Rio Maria Domain, and it is assumed that these rocks were formed between the buffers HM and FMQ. Low concentrations of opaque minerals and rocks such magnetite, resulting in their lower SM values are related to the significant modal content magmatic epidote, formed from the replacement of magnetite. Other high-Mg rocks are related to the formation of magnetite in part replacing the magmatic epidote, during the deformation event and recrystallization.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOLOGIA::ESTRATIGRAFIA
Keywords: Susceptibilidade Magnética
Magnetita – Carajás, Serra dos (PA)
Geologia estratigráfica - Arqueano
Granito – Carajás, Serra dos (PA)
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Faculdade de Geologia - FAGEO/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_PetrologiaMagneticaGranitoides.pdf6,24 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.