Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/2750
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Fácies deposicionais e geologia estrutural do arenito Guamá nas regiões de Irituia e São Miguel do Guamá, Estado do Pará
metadata.dc.creator: MARTINS, Taynara Cristina Matos
metadata.dc.contributor.advisor1: SOARES, Joelson Lima
Issue Date: 4-Nov-2016
Citation: MARTINS, Taynara Cristina Matos. Fácies deposicionais e geologia estrutural do arenito Guamá nas regiões de Irituia e São Miguel do Guamá, Estado do Pará. Orientador: Joelson Lima Soares. 2016. 62 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Geologia) - Faculdade de Geologia, Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2016. Disponível em: https://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/2750. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: O Arenito Guamá é uma unidade sedimentar que ocorre de forma muito restrita na Plataforma Bragantina, principalmente nas regiões de São Miguel do Guamá e Irituia no nordeste do estado do Pará e que ainda carece de um melhor detalhamento geológico. É caracterizado por espessas camadas de quartzo-arenito com granulometria média, bem arredondados, bem selecionada e alto grau de maturidade textural e composicional. Devido suas características petrográficas, faciológicas e seu conteúdo icnológico serem semelhantes aos dos arenitos quartzosos das formações Nhamundá (Bacia do Amazonas) e Ipu (Bacia do Parnaíba), se tem sugerido uma idade siluriana para o Arenito Guamá. Em geral as camadas apresentam aspecto maciço e poucas estruturas sedimentares primárias preservadas o que dificultam a interpretação paleoambiental. Foram descritas quatro fácies deposicionais: 1) Arenito maciço com acamamento de megamarcas onduladas; 2) Arenito maciço com bioturbações; 3) Arenito com laminação ondulada e planar e 4) Arenito com estratificação cruzada tabular com areia grossa no foreset e seixos dispersos. A associação de fácies indica que os depósitos estudados se formaram em uma região costeira arenosa que abrangia as zonas de foreshore e shoreface. Na geologia estrutural foi observado três famílias de fraturas, encontradas em todas as fácies estudadas e distribuídas de forma homogênea apresentando direção preferencial N-S, NE-SW e NW-SE; essas famílias de fraturas têm características extensionais e ortogonais entre si. No Arenito Guamá foram identificados os icnogêneros Planolites e Skolithos que comumente compõem uma mistura das icnofácies Cruziana e Skolithos. Planolites e Skolithos são traços fósseis produzidos geralmente por organismos vermeformes durante atividades de alimentação e habitação, respectivamente. A baixa icnodiversidade e alta abundância de icnofósseis sugerem condições estressantes durante o período deposicional. A presença da mistura das icnofácies Skolithos-Cruziana pode estar relacionada a ambientes deposicionais de águas salobras influenciadas por águas de degelo, onde a mistura de água doce de degelo e marinha causariam variações de salinidade e afetariam a vida bentônica. A presença de icnofácies Cruziana-Skolithos no Arenito Guamá é semelhante ao que é observado nos arenitos da Formação Nhamundá. Dessa forma, estas duas unidades são o registro de depósitos costeiros arenosos influenciados pelas glaciações que afetaram a região Amazônica durante o Siluriano Inferior.
Abstract: The Guamá Sandstone is a sedimentary unit, limited extent in Bragantina Platform, especially in the regions of São Miguel do Guamá and Irituia in northeast Pará state and still require a better geological detail. It is characterized by thick layers of quartz-sandstone with average particle size, well rounded, well selected and high degree of textural and compositional maturity. Owing to their petrographic features, facies and its ichnological content are similar to those of quartz sandstones of Nhamundá (The Amazon Basin) and Ipu (Parnaíba Basin) formations, it has been suggested a Silurian age for Guamá Sandstone. In general, the layers have massive aspect and few primary sedimentary structures preserved which hinder paleoenvironmental interpretation. Four depositional facies have been described: 1) Massive sandstone with megaripple bedded ; 2) Massive sandstone with bioturbations; 3) Sandstone with wavy and planar lamination and 4) Sandstone with tabular cross bedding with coarse sand in foreset and scattered pebbles. The facies association indicates that the studied deposits were formed on a sandy coastal region covering foreshore and shoreface areas. In structural geology was observed three families of fractures, found in all studied facies and distributed homogeneously, presenting preferred direction N-S, NE-SW and NW-SE; these families fractures have extensional and orthogonal features between each other. In Guamá Sandstone ichnogenera Planolites and Skolithos were identified and commonly comprise a mixture of ichnofacies Cruziana and Skolithos. Planolites and Skolithos are trace fossils usually produced by vermeformes organisms during feeding and housing activities, respectively. Low ichnodiversidade and high abundance of trace fossils suggest stressful conditions during the depositional period. The presence of Skolithos-Cruziana icnofácies mixture may be related to depositional environments of brackish water influenced by defrost water where defrosting fresh water and marine mixture cause salinity variations and affect benthic life. The presence of icnofácies Cruziana-Skolithos in Guamá Sandstone is similar to what is observed in the Nhamundá Formation. Thus, these two units are the record of sandy coastal deposits influenced by glaciations that affected the Amazon region during the Lower Silurian.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOLOGIA::ESTRATIGRAFIA
Keywords: Arenito - Pará
Geologia estratigráfica – Siluriano
Fácies (Geologia) - Pará
Traços fósseis – Pará
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Faculdade de Geologia - FAGEO/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_FaciesDeposicionaisGeologia.pdf5,1 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.