Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/2707
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Estudo petrográfico das rochas hospedeiras e de isótopos de chumbo do minério aurífero do alvo Pau da Merenda, campo mineralizado do Cuiú-Cuiú, Província Aurífera do Tapajós, Estado do Pará
metadata.dc.creator: SILVA JUNIOR, Carlos Alberto dos Santos
metadata.dc.contributor.advisor1: KLEIN, Evandro Luiz
metadata.dc.contributor.advisor-co1: BORGES, Régis Munhoz Krás
Issue Date: 8-Apr-2013
Citation: SILVA JUNIOR, Carlos Alberto dos Santos. Estudo petrográfico das rochas hospedeiras e de isótopos de chumbo do minério aurífero do alvo Pau da Merenda, campo mineralizado do Cuiú-Cuiú, Província Aurífera do Tapajós, Estado do Pará. Orientador: Evandro Luiz Klein. 2013. 71 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Geologia) - Faculdade de Geologia, Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2013. Disponível em: https://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/2707. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: A Província Aurífera do Tapajós (PAT) está localizada na porção centro-sul do Cráton Amazônico, e é uma das mais importantes províncias metalogenéticas do Brasil. O campo mineralizado do Cuiú-Cuiú localiza-se aproximadamente na porção central da PAT. Esse campo mineralizado possui várias ocorrências, alvos em exploração e depósitos auríferos (Central, Raimundinha, Pau da Merenda, Guarim, Jerimum de Cima, Jerimum de Baixo, Nhô, Moreira Gomes, Babi, e outros menos conhecidos). O presente estudo objetivou definir a mineralogia sulfetada associada com a mineralização aurífera e suas relações texturais com as rochas hospedeiras, estimar a idade de cristalização dos sulfetos e investigar a fonte de Pb presente nos minerais de sulfetos no alvo Pau da Merenda. Neste alvo foram reconhecidos monzogranitos e granodioritos, brechados e hidrotermalizados, além de rochas fortemente alteradas por hidrotermalismo, de forma que não foi possível identificar o protólito, sendo assim classificadas como hidrotermalitos. Essas rochas são constituídas essencialmente por feldspato alcalino, quartzo e plagioclásio. O alto grau do hidrotermalismo originou uma assembleia de sericita, clorita, carbonato, minerais opacos e ouro. Os minerais de sulfeto identificados na microscopia por luz refletida são pirita, esfalerita, pirrotita, calcopirita e galena, em ordem decrescente de abundância. O método da lixiviação sequencial Pb-Pb foi aplicado em duas amostras de pirita. Os pontos analíticos desses lixiviados forneceram idades isocrônicas de 2120±62 Ma (MSWD = 19) e 2242±290 Ma (MSWD = 34). Dissolução total foi aplicada em quatro amostras de minerais de sulfetos, três de pirita e uma de pirrotita, indicam uma idade isocrônica 207Pb/204Pb – 206Pb/204Pb de 1978±43Ma com MSWD = 0,061. Esses resultados indicam provavelmente a idade da fonte do Pb contido nos sulfetos, o que é consistente com a localização das razões isotópicas acima da curva média de evolução do Pb. Idades modelo calculadas para todas as amostras, segundo o modelo de estágio duplo, situam-se em torno de 1,86 a 1,92 Ga. As idades em torno de 1,86 Ga são assumidas como a idade de formação do minério aurífero, o que pode estar relacionado tanto com a colocação dos granitoides da Suíte Parauari como os da Suíte Maloquinha.
Abstract: The Tapajós Gold Province (TGP) is located in the central-south portion of the Amazonian Craton and is a major metallogenic province in Brazil. The Cuiú-Cuiú goldfield is located approximately in the central sector of this province. The goldfield is composed of several showings, prospects and deposits (Central, Raimundinha, Pau da Merenda, Guarim, Jerimum de Cima, Jerimum de Baixo, Nhô, Moreira Gomes, Babi, and others of minor importance). The goals of this study were to define the sulfide mineralogy associated with gold mineralization, their textural relationships, the age of the ore-forming event and the source of Pb present in the sulfide minerals of the Pau da Merenda target. The host rocks in this target were classified as brecciated and hydrothermally-altered monzogranite and granodiorite. Some specimens are so strongly altered that the protholiths could not be clearly defined and were termed “hidrotermalitos”. All types are basically composed of alkali feldspar, quartz and plagioclase. The strong hydrothermal alteration produced an assemblage composed of chlorite, sericite, carbonate and opaque minerals. The opaque minerals are pyrite, sphalerite, pyrrhotite, chalcopyrite and galena, in decreasing amounts. Pb isotope composition of sulfide minerals was determined through the step leaching (two samples) and isotopic dilution (four samples) techniques. The step leaching results yielded isochronic ages of 2120±62 Ma (MSWD = 19) and 2242±290 Ma (MSWD = 34), whereas the isotopic dilution results produced an isochronic of 1978±43Ma (MSWD = 0,061). All ages are interpreted as reflecting the source of the Pb in the sulfides, which is consistent with the localization of the analytical points above the Pb growth curve. Model ages were calculated for all samples, according to the two-stage model, yielding ages between 1.86 Ga and 1.92 Ga. The age of 1.86 Ga is assumed as the nest approximation to the deposition age of the gold-sulfide ore is consistent with both Parauari and Maloquinha granitic events.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOLOGIA
Keywords: Mineralogia
Metalogênese
Província Aurífera
Cráton Amazônico
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Faculdade de Geologia - FAGEO/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_EstudoPetrograficoRochas.pdf4,39 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons