Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/2705
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Influência de aromatizante no consumo de ração em juvenis de Baryancistrus xanthellus (Siluriformes: Loricariidae)
metadata.dc.creator: ARAÚJO, Priscilla Natasha Chaves de
metadata.dc.contributor.advisor1: LEE, James Tony
Issue Date: 18-Dec-2013
Citation: ARAÚJO, Priscilla Natasha Chaves de. Influência de aromatizante no consumo de ração em juvenis de Baryancistrus xanthellus (Siluriformes: Loricariidae). Orientador: James Tony Lee. 2013. 27 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Oceanografia) - Faculdade de Oceanografia, Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2013. Disponível em: https://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/2705. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Em Altamira (PA), a captura e comercialização de peixes ornamentais do Rio Xingu é focada nas espécies da família Loricariidae estando o Baryancistrus xanthellus (Silurifomes: Loricariidae) entre as mais comercializadas e, por esse motivo, se torna necessário realizar estudos como o de alimentação para viabilizar seu cultivo em cativeiro. O ideal é que a dieta a ser oferecida seja atraente ao indivíduo, portanto, aromatizantes são adicionados à ração. Assim, conhecer o aromatizante que mais estimula a alimentação na espécie e sua concentração mais adequada se faz necessário. Portanto, o objetivo principal do presente estudo foi verificar a influência da presença de aromatizante no consumo de ração em juvenis de B. xanthellus em cativeiro. Para isso, realizaram-se dois experimentos: o primeiro para verificar a preferência do B. xanthellus a quatro tipos de rações com aromatizantes (erva, peixe, camarão e controle) ofertadas durante o período noturno e, o segundo, para verificar a preferência em termos de concentração através da oferta da ração controle e a mais escolhida no experimento anterior em baixa e alta concentração. Filmagens foram feitas durante o período noturno com o auxílio de câmeras com iluminação infravermelho. A quantificação dos comportamentos foi realizada pelo programa Jwatcher que registra a hora de início e término de cada comportamento. No presente estudo, os indivíduos da espécie B. xanthellus investigaram todas as rações com diferentes tipos e concentrações de aromatizantes de forma igual sendo este um resultado esperado, pois diversas espécies de peixes apresentam comportamento investigativo baseado em experiências vividas no ambiente natural. No experimento, o acari encontra-se em um ambiente novo, sendo necessário investigar todo o recipiente amostral para reconhecimento. Em relação à alimentação, testes estatísticos demonstraram que o B. xanthellus se alimentou igualmente de todas as rações. Isso pode ser explicado a partir da habilidade em que várias espécies de peixes possuem em compor uma dieta que reflete seus hábitos alimentares naturais. Portanto, especula-se que foram tentativas constantes do acari, em encontrar pelo olfato e, em sequência, pelo paladar uma ração que o suprisse nutricionalmente.
Abstract: The ornamental fisheries in Xingu River (Altamira, Pará State) is focused on species of the Loricariidae family, and this activity is responsible for the generation of income through the commerce with domestic and international markets. Baryancistrus xanthellus (Silurifomes: Loricariidae) is among the most traded species and, therefore, it is essential to conduct baseline studies on feeding to enable a viable cultivation. Ideally, the diet offered should be attractive to the individual, as a result, flavorings are added to the feed. Thus, knowing the flavoring that stimulates foraging the most and its appropriate concentration is necessary. Hence, the main objective of this study was to investigate the influence of flavoring in feed consumption in juvenile B. xanthellus in captivity. To achieve this, two experiments were conducted: the first to verify the preference of B. xanthellus on four diets (herbs, fish and shrimp) offered during the night and, the second, to verify the influence of fish aroma in low and high concentration chosen according the previous longest average feeding time. The quantification of behavior was performed by Jwatcher program which records the start and end time of each behavior. In the present study, individuals of B. xanthellus investigated equally all diets of different aroma and concentrations, which was an expected result. Several species of fish show investigative behavior based on experiences in the natural environment (nighttime and sometimes turbid environment). In the experiment, the acari is in a new environment and investigate all the container to recognize the surrounding. In relation of feeding, statistical tests showed that B. xanthellus fed all diets. This can be explained from ability of various species to compose a diet that reflects their natural foraging habits. Statistical tests showed that B. xanthellus has fed all diets equally. Therefore, it is speculated that the acari attempted to find by smell and subsequently by taste a ration that would supply its nutritional needs.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::OCEANOGRAFIA::OCEANOGRAFIA QUIMICA
Keywords: Peixe ornamental – Pará
Aquicultura
Preferência alimentar
Baryancistrus xanthellus (Silurifomes: Loricariidae)
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Faculdade de Oceanografia - FAOC/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_InfluenciaAromatizanteConsumo.pdf697,21 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.