Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/2665
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Investigação do potencial tecnológico de cinzas de biomassas amazônicas para finalidades agronômicas
metadata.dc.creator: GOMES, Higor Fernando Pina
metadata.dc.contributor.advisor1: PAZ, Simone Patrícia Aranha da
metadata.dc.contributor.advisor1ORCID: https://orcid.org/0000-0002-5880-7638
metadata.dc.contributor.advisor-co1: ALBUQUERQUE, Alan Rodrigo Leal de
metadata.dc.contributor.advisor-co1ORCID: https://orcid.org/0000-0002-1081-5970
Issue Date: 13-Dec-2019
Citation: GOMES, Higor Fernando Pina. Investigação do potencial tecnológico de cinzas de biomassas amazônicas para finalidades agronômicas. Orientadora: Simone Patrícia Aranha da Paz. 2019. 82 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Engenharia de Materiais) – Campus Universitário de Ananindeua, Universidade Federal do Pará, Ananindeua, 2019. Disponível em: https://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/2665. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: O Brasil é reconhecido mundialmente pela sua aptidão agrícola e florestal, porém sua baixa fertilidade de solos e insuficiência na produção de fertilizantes faz com que se recorra à importação, colocando o país entre os maiores consumidores mundiais de fertilizantes. Adicionalmente, temos a região amazônica como uma das maiores produtoras de biomassas, tal como coco e castanha-do-Pará, o que tem gerado uma grande quantidade de resíduos agrícolas. Estes resíduos apresentam grande potencial para serem utilizados na indústria como fonte de energia e seu coproduto da combustão, sob a forma de cinzas, pode ser aproveitado como fonte de nutrientes para plantas. Ao longo da história, as cinzas vegetais têm sido utilizadas como fonte alternativa de nutrientes para a agricultura, porém a sua variabilidade composicional pode limitar a sua aplicação. Neste contexto, com a finalidade de avaliar o potencial energético e fertilizante das biomassas e cinzas derivadas do endocarpo do coco-da-baía e do pericarpo (ouriço) e endocarpo da castanha-do-Pará foram aplicadas técnicas de caracterização química, mineralógica, morfológica e térmica; e para fins de comparação, caracterizou-se também a madeira do eucalipto. A análise química imediata (AQI) e poder calorífico superior (PCS) e inferior (PCI) revelaram que os resíduos das biomassas de coco-da-baía e castanha-do-Pará têm potencial para utilização industrial como fonte de energia e as suas cinzas, com rendimento entre 0,23 e 6,33, apresentam capacidade nutritiva para as plantas, pois as análises químicas e mineralógica por difração de raios X (DRX) combinadas com a análises por fluorescência de raios X (FRX) e microscopia eletrônica de varredura (MEV) demostraram que as cinzas são ricas em compostos de potássio, fósforo e cálcio. Assim, a utilização de resíduos de biomassas e suas cinzas representam uma alternativa sustentável e economicamente viável para o país, uma vez os resíduos de biomassa da indústria alimentícia podem ser um fator que venha a aumentar a matriz energética e reduzir a grande dependência da importação de matérias-primas para a produção de fertilizante.
Abstract: Brazil is recognized worldwide for its agricultural and forestry suitability, but its low soil fertility and inadequate fertilizer production make it resort to imports, placing it among the world's largest consumers of fertilizers. In addition, we have the Amazon Region as one of the largest producers of biomass, such as Brazil's coconut and Brazil nuts, which generated a large amount of agricultural waste. These wastes have great potential for use in industry as a source of energy and their ash co-combustion product can be used as a source of nutrients for plants. Throughout history, vegetable ash has been used as an alternative source of nutrients for agriculture, but its compositional variability may limit its application. In this context, with the objective of evaluating the energetic and fertilizing potential of the biomass and ashes derived from the coconut bay endocarp and the Brazil nut pericarp and endocarp, chemical, mineralogical and morphological characterization techniques were applied. and thermal, and for comparison purposes, eucalyptus wood was also characterized immediate (ICA) and upper (UHA) and lower (LHA) heat analysis revealed that the residues of coconut and Brazil nut biomass have potential for industrial use as a source of energy and ashes, with yield between 0.23 and 6.33, have nutritional capacity for plants, because chemical and mineralogical X-ray diffraction (XRD) analyzes combined with X-ray fluorescence (XRF) and scanning electron microscopy (SEM) showed that the ashes are rich in potassium, phosphorus and calcium compounds. Thus, the use of biomass residues and their ashes represents a sustainable and economically viable alternative for the country, since primary bioenergy production competes with food supply and there is a heavy dependence on the importation of raw materials for production of fertilizers.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA DE MATERIAIS E METALURGICA::MATERIAIS NAO METALICOS::EXTRACAO E TRANSFORMACAO DE MATERIAIS
Keywords: Biomassa
Cinza
Fertilizante
Biomass
Ashes
Fertilizers
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Curso de Engenharia de Materiais - CANAN

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_InvestigacaoPotencialTecnologico.pdf4,26 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons