Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/2663
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Determinação das propriedades tecnológicas de cerâmica vermelha com adição de escória de alto-forno
metadata.dc.creator: SILVA, Clara Giovana Souza
metadata.dc.contributor.advisor1: CÂNDIDO, Verônica Scarpini
metadata.dc.contributor.advisor1ORCID: https://orcid.org/0000-0002-3926-0403
Issue Date: 2-Dec-2019
Citation: SILVA, Clara Giovana Souza. Determinação das propriedades tecnológicas de cerâmica vermelha com adição de escória de alto-forno. Orientadora: Verônica Scarpini Cândido. 2019. 64 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Engenharia de Materiais) – Campus Universitário de Ananindeua, Universidade Federal do Pará, Ananindeua, 2019. Disponível em: https://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/2663. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Com o aumento exponencial da geração de resíduos sólidos industriais e urbanos juntamente a falta de alternativas de descartes ambientalmente corretos aliados a uma indústria com alto potencial de absorver esses resíduos em grandes quantidades sem alterar ou melhorar a qualidade dos produtos, como é o caso da indústria de cerâmica vermelha, motivaram esse trabalho. Portanto, foi estudado a incorporação da escória de alto-forno, um resíduo siderúrgico, em matriz argilosa para a fabricação de cerâmica vermelha. As matérias-primas foram caracterizadas quimicamente (FRX e EDS), mineralogicamente (DRX), termicamente (TG/DTG) e morfologicamente (MEV), posteriormente foram beneficiadas e formadas composições com 5, 10 e 15% em peso de escória incorporada à matriz. Após a formulação, foram confeccionados os corpos de prova e secos a temperatura ambiente e em estufa para, então, serem queimados nas temperaturas de 850, 950 e 1050 °C. Para determinar as propriedades tecnológicas foram feitos os ensaios de absorção de água, porosidade aparente, massa específica aparente e tensão de ruptura à flexão. Além disso, as peças queimadas foram caracterizadas por DRX e MEV. Os resultados mostraram que a escória de alto-forno mantém as propriedades da cerâmica sem o resíduo, alcançando sempre valores dentro de normas.
Abstract: With the exponential increase in industrial and urban solid waste generation coupled with the lack of environmentally sound disposal alternatives coupled with an industry with high potential to absorb this waste in large quantities without altering or improving product quality, as is the case with industry. of red ceramic, motivated this work. Therefore, the incorporation of blast furnace slag, a steel waste, into a clay matrix for the manufacture of red ceramic was studied. The raw materials were characterized chemically (XRF and EDS), mineralogically (XRD), thermally (TG/DTG) and morphologically (SEM), and were later formed and compositions with 5, 10 and 15% of slag incorporated into the matrix. After formulation, the specimens were made and dried at room temperature and oven and then burned at 850, 950 and 1050 ° C. To determine the technological properties, the tests of water absorption, apparent porosity, bulk density and bending stress were performed. In addition, the burnt parts were characterized by XRD and SEM. The results showed that blast furnace slag retains the properties of ceramics without the waste, always reaching values within standards.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA DE MATERIAIS E METALURGICA::MATERIAIS NAO METALICOS::CERAMICOS
Keywords: Cerâmica vermelha
Escória
Resíduo
Red ceramic
Slag
Waste
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Curso de Engenharia de Materiais - CANAN

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_DeterminacaoPropriedadesTecnologicas.pdf4,68 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons