Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/2616
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação - Artigo
Title: Percepção sobre animais de estimação silvestres em uma população urbana: uma contribuição para ações de conservação
metadata.dc.creator: VIÉGAS, João Miguel Alencar
metadata.dc.contributor.advisor1: SILVA, Maria Luísa da
metadata.dc.contributor.advisor1ORCID: https://orcid.org/0000-0002-8949-5622
Issue Date: 5-Jul-2019
Citation: VIÉGAS, João Miguel Alencar. Percepção sobre animais de estimação silvestres em uma população urbana: uma contribuição para ações de conservação. Orientador: Maria Luisa da Silva. 2019. 25 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Ciências Biológicas) – Faculdade de Ciências Biológicas, Universidade Federal do Pará, Belém, 2019. Disponível em: . Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: A avifauna é uma grande vítima de ações antrópicas, a exemplo do tráfico de animais silvestres e da destruição de hábitats. Manter aves silvestres em cativeiro é uma ação que incentiva o comércio ilegal de animais descrito como o terceiro maior do mundo. Neste cenário, buscamos analisar parâmetros que informem as motivações para a população urbana manter aves silvestres em ambiente doméstico, através de questionários compartilhados em redes sociais. Sessenta e uma pessoas participaram da pesquisa, a maioria de Belém-PA, Ananindeua-PA e São Paulo-SP, Brasil. Trinta e sete pessoas afirmaram não ter uma ave silvestre de estimação, enquanto 24 informaram já as terem possuído. Entre os possuidores de aves silvestres, 15 possuem ou já possuíram um psitacídeo nativo. Quanto à alimentação fornecida em cativeiro, a maioria informou que suas aves têm preferência por sementes, castanhas e afins. Informaram ainda que na natureza as aves devem buscar o mesmo tipo de alimentação. Dessa forma é necessária a realização de trabalhos que envolvam a educação ambiental para a conscientização da população
Abstract: Birds are the major victim of anthropic actions, such as traffick and habitat destruction. Wild birds kept in captive encourages the illegal trade in animals described as the third largest in the world. In this scenario, we seek to analyze parameters that inform the motivations for the urban population to keep wild birds in the domestic environment. We shared questionnaires on social networks and sixty-one (61) people participated in the survey, most from Belém-PA, Ananindeua-PA and São Paulo-SP, Brazil. From the total of our sample, 24 reported to keep a bird specie in captivity. Among wild bird keepers, 15 have nowadays or have owned a native parrot. Most of the birds in captivity had a preference for seeds, nuts and similar food. They also informed that in the wild birds should seek the same type of food. Thus it is necessary to carry out work that includes environmental education to raise awareness of the welfare of wild animals and their maintenance in the natural environment.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA
Keywords: Aves - Conservação
Animais silvestres em cativeiro7
Educação ambiental
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Faculdade de Ciências Biológicas - FCBIO/ICB

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC João Miguel Alencar Viégas (FINAL) ÚLTIMA VERSÃO.pdf265,98 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons