Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/2603
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Perfil químico e atividade Leishmanicida de extratos de fungos endofíticos isolados de Aspidosperma excelsum Benth.
metadata.dc.creator: LUZ, Layana Agnes Souza da
metadata.dc.contributor.advisor1: MARINHO, Andrey Moacir do Rosário
metadata.dc.contributor.advisor-co1: CARVALHO, Josiwander Miranda
Issue Date: 9-Feb-2018
Citation: LUZ, Layana Agnes Souza da. Perfil químico e atividade Leishmanicida de extratos de fungos endofíticos isolados de Aspidosperma excelsum Benth. Orientador: Andrey Moacir do Rosário Marinho. 2018. 39 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Química Industrial) – Faculdade de Química, Instituto de Ciências Exatas e Naturais, Universidade Federal do Pará, Belém, 2018. Disponível em: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/2603. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: O clima tropical na Amazônia brasileira proporciona a proliferação de uma variedade de micro-organismo, entre eles, os fungos endofíticos. A obtenção de micoterápicos dos extratos de fungos endofíticos é uma fonte útil, versátil e renovável de substâncias potencialmente úteis à humanidade, tornando-se de grande importância para combater doenças negligenciadas como a leishmaniose. Leishmanioses são doenças tropicais causadas por protozoários do gênero Leishmania. Estas infectam em torno de 12 milhões de pessoas em 80 países do mundo e é estimado que existam 3 milhões de novos casos por ano. Os tratamentos medicamentosos disponíveis para as leishmanioses são à base de remédios antimoniais pentavalentes, como o Pentostan® e Glucantime®, que são tóxicos e nem sempre efetivos. Dessa forma, o presente trabalho teve como objetivo avaliar o perfil químico dos extratos de fungos isolados da planta Aspidosperma excelsum, espécies do gênero Aspidosperma que tem como importante característica a produção de alcaloides indólicos, em sua maioria monoterpênicos, os quais possuem uma variedade de atividades biológicas, dentre elas a atividade leishmanicida. Inicialmente foram isolados 26 fungos da matriz vegetal, após ser analisado o perfil químico por cromatografia líquida de alta eficiência, selecionou-se 6 (com os seguintes códigos, AEC 02, AEC 08, AEC 09, AEC 11, AEC 12, AEC 14) que apresentavam em seus espectros de ultravioleta padrão espectral semelhante ao de alcaloides indólicos. Os ensaios leishmanicida foram realizados in vitro com as formas promastigotas de Leishmania amazonensis, sendo os extratos que apresentaram melhores resultados foram os de código AEC 11 e AEC 12 com CI50 = 6,539 μg/mL e CI50 = 3,820 μg/mL, respectivamente.
Abstract: The tropical climate in the Brazilian Amazon provides the proliferation of a variety of microorganisms, including endophytic fungi. The acquisition of myco-therapeutics from the extracts of endophytic fungi is a useful, versatile and renewable source of substances potentially useful to mankind, and may be of great importance to combat neglected diseases such as leishmaniasis. Leishmaniasis is a tropical disease caused by protozoa of the genus Leishmania. These infect around 12 million people in 80 countries around the world and it is estimated that there are 3 million new cases per year. The drug treatments available for leishmaniasis are based on pentavalent antimonial medicines, such as Pentostan® and Glucantime®, which are toxic and not always effective. Thus, the present work had as objective to evaluate the chemical profile of fungi extracts isolated from the plant Aspidosperma excelsum, species of the genus Aspidosperma that has as important characteristic production of indole alkaloids, mostly monoterpenes, which have a variety of biological activities, among them leishmanicidal activity. Initially, 26 fungi of the plant matrix were isolated, after analyzing the chemical profile by high performance liquid chromatography, 6 (with the following codes, AEC 02, AEC 08, AEC 09, AEC 11, AEC 12, AEC 14) were selected that presented in their spectra of ultraviolet spectral pattern similar to the one of indole alkaloids. The leishmanicide assays were performed in vitro with the Leishmania promastigote forms of Amazons, being the estracts tat presented better results with code AEC 11 and AEC 12 with CI-50 = 6.539 μg / mL and CI-50 = 6.539, respectively.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::QUIMICA::QUIMICA ORGANICA::QUIMICA DOS PRODUTOS NATURAIS
Keywords: Fungos endofíticos
Atividade leishmanicida
Perfil químico
Aspidosperma excelsum
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Faculdade de Química - FAQUI/ICEN

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_PerfilQuimicoAtividade.pdf1,59 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons