Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/2406
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Etnobotânica de plantas com atividade anti-inflamatórias: formas de preparo e usos nas comunidades Rios Doce e Prata, Abaetetuba-Pará
metadata.dc.creator: LEAL, Joelson Balieiro
metadata.dc.contributor.advisor1: SOUSA, Ronaldo Lopes de
Issue Date: 25-Jun-2019
Citation: LEAL, Joelson Balieiro. Etnobotânica de plantas com atividade anti-inflamatórias: formas de preparo e usos nas comunidades Rios Doce e Prata, Abaetetuba/Pará. Orientador: Ronaldo Lopes de Sousa. 2019. 37 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Educação do Campo – Habilitação em Ciências Naturais) – Faculdade de Formação e Desenvolvimento do Campo, Campus Universitário de Abaetetuba, Universidade Federal do Pará, Abaetetuba, 2019. Disponível em: https://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/2406. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Na Amazônia o uso de plantas medicinais está estritamente ligado a miscigenação das culturas, costumes e valores que são repassados entre as gerações. Nesse contexto, foi realizado um estudo etnobotânico das plantas medicinais usadas pelos moradores das comunidades Rios Doce e Prata com potencial anti-inflamatório no município de Abaetetuba, Pará. A seleção dos colaboradores se deu através da metodologia “bola de neve”. Essa pesquisa contou com 35 participantes, sendo 31 do gênero feminino e quatro do masculino, todos alfabetizados, acima de 30 anos de idade. Foram coletadas e identificadas 31 espécies, incluídas em 25 famílias e 25 gêneros. A fitofarmacopeia dessas comunidades tem grande importância para a população, pois as diversas formas de preparo e de usos desses remédios caseiros visam atender as demandas desses moradores principalmente em relação aos processos inflamatórios.
Abstract: In the Amazon the use of medicinal plants is strictly linked to the miscegenation of the cultures, customs and values that are passed on between generations. In this context, an ethnobotanical study of the medicinal plants used by residents of the Rios Doce and Prata communities with anti-inflammatory potential was carried out in the city of Abaetetuba, Pará. The methodology was selected using the "snowball" methodology. This research consisted of 35 participants, 31 of whom were female and four were male, all of them literate, over 30 years of age. 31 species were collected and identified, included in 25 families and 25 genera. The phytopharmacopoeia of these communities is of great importance to the population, since the various forms of preparation and use of these home remedies are intended to meet the demands of these residents, mainly in relation to inflammatory processes.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::BOTANICA
Keywords: Etnobotânica
Plantas medicinais
Anti-inflamatório
Ethnobotany
Medicinal plants
Anti-inflammatory
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Curso de Educação do Campo - CABAE

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_EtnobotanicaPlantasAtividade.pdf1,42 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons