Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/2389
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Estudo etnobotânico da planta medicinal barbatimão nas comunidades rios Doce e da Prata, município de Abaetetuba, Pará
metadata.dc.creator: SILVA, Marli Maués da
metadata.dc.contributor.advisor1: SOUSA, Ronaldo Lopes de
Issue Date: 3-Sep-2019
Citation: SILVA, Marli Maués da. Estudo etnobotânico da planta medicinal barbatimão nas comunidades rios Doce e da Prata, município de Abaetetuba, Pará. Orientador: Ronaldo Lopes de Souza. 2019. 28 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Educação do Campo – Habilitação em Ciências Naturais) – Faculdade de Formação e Desenvolvimento do Campo, Campus Universitário de Abaetetuba, Universidade Federal do Pará, Abaetetuba, 2019. Disponível em: https://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/2389. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: A utilização popular de plantas medicinais para o tratamento e cura de doenças é uma prática antiga na humanidade e seus usos está precisamente ligado a miscigenação das culturas, costumes e valores que são repassados entre as gerações. Nesse trabalho objetivou realizar um estudo etnobotânico da planta medicinal Barbatimão usada pelos moradores ribeirinhos das comunidades Rios Doce e Prata, município de Abaetetuba, Pará. A seleção dos colaboradores se deu através da metodologia “bola de neve”. Foram incluídos nessa pesquisa 61 participantes, sendo 58 do gênero feminino e três do masculino, todos alfabetizados, com faixa etária entre 33 e 99 anos de idade. Foi coletada e identificada a espécie Connarus perrottetti, a casca é a parte da planta mais utilizada para fazer chás, banho e garrafada, essas formulações são indicadas para infecção de útero, feridas na pele, câncer e corrimento vaginal, segundo os colaboradores os remédios caseiros não causam nenhum efeito indesejado e seu uso pode ser interno e externa. O barbatimão utilizado na fitoterapia dessas comunidades tem grande importância para a população, pois as formas de preparo e de usos desses remédios caseiros atendem as demandas desses moradores.
Abstract: The popular use of medicinal plants for the treatment and cure of diseases is an ancient practice in humanity and its uses are precisely linked to the miscegenation of cultures, customs and values that are passed on between generations. This study aimed to carry out an ethnobotanical study of the medicinal plant Barbatimão used by the riverine residents of the Rios Doce and Prata communities, municipality of Abaetetuba, Pará. The selection of the collaborators took place through the snowball methodology. Sixty-one participants were included in this research, 58 female and three male, all literate, aged between 33 and 99 years old. It was collected and identified the species Connarus perrottetti, the bark is the most used part of the plant to make teas, bath and bottle, these formulations are indicated for uterus infection, skin wounds, cancer and vaginal discharge, according to the collaborators. They do not cause any undesirable effects and their use may be internal and external. The barbatimão used in herbal medicine of these communities is of great importance to the population, because the ways of preparation and use of these home remedies meet the demands of these residents.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::BOTANICA
Keywords: Etnobotânica
Plantas medicinais
Comunidades tradicionais
Plantas medicinais - Abaetetuba (PA)
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Curso de Educação do Campo - CABAE

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_EstudoEtnobotanicoPlanta.pdf1,43 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons