Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/2285
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Assembleias fitoplanctônicas em uma praia estuarina amazônica (Chapéu Virado, Belém, PA): Variações nictemerais
metadata.dc.creator: REIS, Luciana Thaila Lopes
metadata.dc.contributor.advisor1: BELÚCIO, Lucinice Ferreira
Issue Date: 19-Jul-2019
Citation: REIS, Luciana Thaila Lopes. Assembleias fitoplanctônicas em uma praia estuarina amazônica (Chapéu Virado, Belém, PA): Variações nictemerais. Orientadora: Lucinice Ferreira Belúcio. 2019. 50 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Oceanografia) - Faculdade de Oceanografia, Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2019. Disponível em: https://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/2285. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: O ambiente costeiro contém comunidades biológicas diversificadas associadas em complexas redes tróficas. O fitoplâncton corresponde à base da cadeia trófica, desempenhando um papel ecológico essencial nos ecossistemas aquáticos. A variabilidade da comunidade fitoplanctônica é influenciada por fatores ambientais e interações biológicas. O presente estudo foi desenvolvido para conhecer a composição e o comportamento do fitoplâncton e avaliar a variabilidade temporal em pequena escala em uma estação fixa na praia do Chapéu Virado em Mosqueiro (Belém – Pará), durante ciclos nictemerais de anos consecutivos (2009/2010). A região é caracterizada por maré dinâmica e caráter oligohalino. As coletas foram realizadas utilizando uma rede cilíndrico-cônica de abertura 20 μm que foi arrastada horizontalmente á superfície na zona de arrebentação por 100 m em dezembro de 2009 e novembro de 2010, Parâmetros abióticos (pH, salinidade, temperatura) foram medidos in situ. A contagem das algas foi feita em câmara Palmer-Maloney, usando tantas réplicas quanto necessárias para que fossem contados no mínimo 400 indivíduos da espécie abundante. A identificação sob microscopia ótica (OLYMPUS CX41) e com auxílio de bibliografia especializada. Os índices ecológicos de diversidade de Shannon-Wiener e equitabilidade de Pielou foram calculados para a assembleia fitoplanctônica. Foram realizadas análises de abundância relativa, frequência de ocorrência. Os parâmetros abióticos: pH (6,3 a 7), temperatura (26℃ a 30℃) e salinidade (0,22 a 4,5) registraram poucas variações entre os períodos. A comunidade microfitoplactônica da praia do Chapéu Virado esteve representada por 80 táxons com predominância de Bacillariophyta, seguida de Charophyta, Chlorophyta e Cyanophyta. A espécie mais abundante em dezembro em 2009 foi Coscinodiscus sp e em novembro de 2010 Polymyxus coronalis L.W. Bailey 1862. A densidade média do microfitoplâncton variou de 18,49 org L⁻¹ a 1,13 org L⁻¹.Os maiores valores de riqueza foram registrados em dezembro de 2009 na baixamar (39) diurna e menor no mês de novembro 2010 na vazante diurna (17). A diversidade variou de alta a média com registro de 3,3 bits por indivíduo na preamar diurna do mês de novembro em 2010 a 0,47 bits por individuo em dezembro de 2009 A assembleia microfitoplanctônica da local se mostrou fortemente influenciável pelo ciclo diário.
Abstract: The coastal environment contains diverse biological communities associated with complex trophic webs. Phytoplankton constitutes the base of the trophic chain, playing an essential ecological role in aquatic ecosystems. The phytoplankton community variability is influenced by environmental factors and biological interactions. The present study was developed to access the composition and behavior of the phytoplankton and to evaluate the small-scale temporal variability in a fixed station at Chapeu Virado beach in Mosqueiro (Belém - Pará), during nictemeral cycles in consecutive years (2009/2010). The region is characterized by dynamic tide and oligohaline pattern. A 20-cm diameter cylindrical-conical shaped plankton net, 20 μm mesh, was towed on 100 meters-surface. Abiotic parameters (pH, salinity, temperature) were measured in situ. A Palmer-Maloney chamber was used for algae counting as many replicas as necessary to reach at least 400 individuals of the most abundant species. Identification was done under optical microscopy (OLYMPUS CX41) and with specialized references. Shannon-Wiener ecological indexes of diversity and Pielou evenness, Relative abundance, frequency of occurrence were calculated for the phytoplankton assemblage.. Variations in the abiotic parameters: pH (6.3 to 7), temperature (26 ℃ to 30 ℃) and salinity (0.22 to 4.5) were small between periods. The microphytoplaktonic community of Chapéu Virado beach was represented by 80 taxa, predominantly Bacillariophyta, followed by Charophyta, Chlorophyta and Cyanophyta. The most abundant taxon in December 2009 was Coscinodiscus sp and in November 2010 Polymyxus coronalis L.W. Bailey 1862. The average density of microphytoplankton ranged from 18.49 org L⁻¹ to 1.13 org L⁻¹. The highest richness values (39) were recorded in December 2009 at lowtide during daytime and the lowest in November 2010, during daytime ebb tide (17). Diversity varied from high to medium with a record of 3.3 bits per individual in the daytime daytime (November 2010) to 0.47 bits per individual (December 2009). The local microphytoplankton assemblage was strongly influenced by the daily cycle.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::OCEANOGRAFIA::OCEANOGRAFIA BIOLOGICA
Keywords: Fitoplâncton de rede
Estuário
Marés
Amazônia
Diversidade
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Faculdade de Oceanografia - FAOC/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_AssembleiasFitoplanctonicasPraia.pdf786,56 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.