Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/2272
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Petrologia magnética e química mineral dos granitos da Suíte Planalto de Canaã dos Carajás, Província Carajás
metadata.dc.creator: CUNHA, Ingrid Roberta Viana da
metadata.dc.contributor.advisor1: DALL'AGNOL, Roberto
metadata.dc.contributor.advisor-co1: FEIO, Gilmara Regina Lima
Issue Date: 2013
Citation: CUNHA, Ingrid Roberta Viana da. Petrologia magnética e química mineral dos granitos da Suíte Planalto de Canaã dos Carajás, Província Carajás. Orientador: Roberto Dall’Agnol. 2013. 108 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Geologia) - Faculdade de Geologia, Instituto de Geociências, Universidade Federal do Pará, Belém, 2013. Disponível em: http://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/905. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: A Suíte Planalto é composta por diversos plutons graníticos de idade neoarqueana (~2.73 Ga) e caráter ferroso e afinidade tipo-A, que ocorrem no Domínio Carajás da Província Carajás. Estudos de suscetibilidade magnética (SM) realizados em 78 amostras representativas de seis diferentes plutons e de um stock, localizados na área de Canaã dos Carajás forneceram valores de SM variáveis, os quais permitiram distinguir três populações reunidas em dois grupos com base em suas características petrológicas: (1) Grupo que engloba as populações A e B que apresentam valores de SM no intervalo de 0,0102x10-3 a 0,6247x10-3 SI (Sistema Internacional); (2) Grupo formado pela população C que se distingue do anterior por apresentar os mais altos valores de SM, variando entre 0,8036x10-3 e 15,700x10-3 SI, indicativos de conteúdo significativo de magnetita em sua composição modal. Nas populações A e B, de mais baixa SM, o mineral opaco presente é ilmenita, enquanto que nas amostras da população C além da ilmenita tem-se efetivamente a ocorrência de magnetita como fase expressiva, enquanto que pirita, calcopirita e hematita (produto de martitização da magnetita) são subordinadas. Análises semiquantitativas (EDS) realizadas em anfibólios e biotitas de amostras dos dois grupos permitiram a classificação preliminar desses minerais e uma estimativa dos parâmetros de fugacidade de oxigênio atuantes durante a cristalização da Suíte Planalto. As amostras do grupo 1 se formaram em condições reduzidas, por outro lado o comportamento magnético da população C é aparentemente contraditório com a alta razão FeOt/(FeOt+MgO) > 0,9 em rocha total típica de granitos reduzidos. Entretanto, isso pode ser explicado se for admitido que as rochas do grupo 2 se formaram em condições de fugacidade de oxigênio equivalentes às do tampão FMQ ou ligeiramente acima do mesmo, enquanto que às do grupo 1 teriam formado em fugacidade inferior à do tampão FMQ. Análises por EDS em zircões nas diferentes variedades revelam altas razões Zr/Hf (~30), típicas de granitos não-especializados. Estudo comparativo entre o Complexo Granítico Estrela e a Suíte Planalto em termos de petrografia, petrologia magnética e química mineral revela que tais granitos são muito similares tendo evoluído em condições análogas.
Abstract: The Planalto Suite comprises several Neoarchean granites plutons (~2,73 Ga), ferrous character and A-type affinity, which occur in the Carajás Domain of Carajás Province. The Magnetic Susceptibility (MS) studies conducted on 78 representative samples of six different plutons and one stock, located on Canaã dos Carajás area, provide variable MS values, which allowed to distinguish three populations divided into two groups based on their distinct geological characteristics: (1) The group which includes A and B populations and it has MS values between 0,0102x10-3 and 0,6247x10-3 IS (International System); (2) The group formed by the C population which differs from first by contain the highest MS values, ranging between 0,8036x10-3 and 15,700x10-3 IS, indicative of significant magnetite content in modal composition. In populations A and B, the lowest MS values, the mineral opaque is ilmenite, whiles in the samples of the highest MS values population beyond ilmenite, there is occurrence of magnetite as expressive phase, whereas pyrite, chalcopyrite and hematite (as product martitization of magnetite) are subordinate. Semiquantitative analyzes (EDS) conducted in amphibole and biotite of samples of two groups allowed to define the preliminary classification these minerals and estimate the parameters of oxygen fugacity which acted during Planalto Suite crystallization. The samples of 1 group were formed in reduced condition, on the other hand, the magnetic behavior of the population C is apparently contradictory to the high FeOt/(FeOt+MgOt) > 0,9 ration in whole rock presented, typical of granites reduced. However, this can be explained if it is admitted that the rocks of the group 2 were formed in oxygen fugacity conditions equivalent to the buffer FMQ or slightly above it, whereas those of group 1 have been formed in fugacity conditions bellow to buffer FMQ. EDS analysis in zircon crystals in different varieties show high Zr/Hf rations (~30), typical in unspecialized granites. Besides that, a comparative study between Complexo Granítico Estrela and Planalto Suite in petrography terms, magnetic petrology and mineral chemistry shows that these granites are very similar, which evolved under similar conditions.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOLOGIA::PETROLOGIA
Keywords: Petrologia – Carajás, Província (PA)
Química mineral semiquantitativa
Suíte Planalto
Granitos Tipo-A
Arqueano
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Faculdade de Geologia - FAGEO/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_PetrologiaMagneticaQuimica.pdf5,27 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.