Please use this identifier to cite or link to this item: https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/handle/prefix/2238
Compartilhar:
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso - Graduação
Title: Público familiar no parque zoobotânico do Museu Paraense Emílio Goeldi
metadata.dc.creator: SANTOS, Emilly Cristine Barbosa dos
metadata.dc.contributor.advisor1: COSTA, Luiz Tadeu da
Issue Date: 2014
Citation: SANTOS, Emilly Cristine Barbosa dos. Público familiar no parque zoobotânico do Museu Paraense Emílio Goeldi. Orientador: Luiz Tadeu da Costa. 2014. 78 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Museologia) - Faculdade de Artes Visuais, Instituto de Ciências da Arte, Universidade Federal do Pará, Belém, 2014. Disponível em: https://bdm.ufpa.br/jspui/handle/prefix/2238. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Dentro da cadeia de visitantes do Parque Zoobotânico Museu Paraense Emílio Goeldi destaca-se o público familiar, com o qual o Museu apresenta um forte laço. O Parque do Museu Goeldi, localizado no centro de Belém, capital do Pará, se constitui para o público familiar como um espaço de construção da identidade sociocultural. Esse processo é engendrado a partir das singularidades de um ambiente bucólico que o Parque apresenta com a fauna e flora típicas da região amazônica inserido no contexto urbano. Além disso, as ações educativas desenvolvidas desde a direção de Emílio Goeldi na instituição, as quais apresentavam como principal objetivo atrair o público geral para a visitação ao Museu também foram importantes para a construção desse vínculo. Nesse sentido, a pesquisa buscou apontar as representações do público familiar sobre o Museu Goeldi a partir das experiências de visitas, para, desse modo, compreender como as famílias percebem o Museu Goeldi. De modo geral, as entrevistas com os participantes da pesquisa possibilitaram notar como o Museu Goeldi está presente no cotidiano das famílias belenenses, constituindo-se como um lugar suscetível de múltiplas experiências e lembranças, criando, conseguintemente, múltiplos significados e representações. Apreende-se com isso que as primeiras visitas ao Parque Zoobotânico se iniciam no seio familiar, desde a infância, sendo isso, um hábito passado de geração para geração, engendrado por meio de experiências dinâmicas e espontâneas. Família, liberdade, tranquilidade, reflexão são algumas das representações atribuídas ao Museu Goeldi, a partir das quais compreende-se que as práticas de sociabilidades no Parque Zoobotânico se desenvolvem a partir do compartilhamento familiar de saberes e experiências.
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::MUSEOLOGIA
Keywords: Museu Paraense Emílio Goeldi
Público familiar
Representações
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Curso de Museologia - FAV/ICA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_PublicoFamiliarParque.pdf2,25 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons